Copom se reunirá esta semana para definir Selic

A pauta econômica terá na semana de 18 a 22 de janeiro a primeira reunião de 2021 do Copom (Comitê de Política Monetária do Banco Central) na terça e quarta-feira para decidir a nova Taxa Básica de Juros, a Selic, hoje em 2% ao ano. O mercado aguarda a manutenção da taxa atual. Se a Selic aumentar, os juros cobrados nos financiamentos, empréstimos e cartões de crédito ficam mais altos, o que seria terrível no momento atual.

A taxa atual foi definida no dia 5 de agosto de 2020 pelo Copom, que decidiu abaixar a taxa de 2,25% para 2% – e se manteve assim até a última reunião do Copom, em 9 de dezembro.

A Selic é a taxa básica de juros da economia. É o principal instrumento de política monetária utilizado pelo Banco Central para controlar a inflação. Ela influencia todas as taxas de juros do país, como as taxas de juros dos empréstimos, dos financiamentos e das aplicações financeiras. A taxa Selic refere-se à taxa de juros apurada nas operações de empréstimos de um dia entre as instituições financeiras que utilizam títulos públicos federais como garantia.

Para o fim de 2021, estima-se que a taxa básica chegue a 2,75% ao ano.

O calendário do Copom em 2021 inclui as seguintes reuniões: 19 e 20 de janeiro; 16 e 17 de março; 4 e 5 de maio; 15 e 16 de junho; 3 e 4 de agosto; 21 e 22 de setembro; 26 e 27 de outubro; e 7 e 8 de dezembro.

Na última quarta-feira (13) a Diretoria Colegiada do Banco Central aprovou uma mudança no Regulamento do Comitê de Política Monetária (Copom). A partir de agora, as decisões do colegiado sobre a Selic (a taxa básica de juros) serão sempre divulgadas a partir das 18h30. Além disso, o segundo dia de reuniões do Copom começará às 14h30. Até então, as decisões eram anunciadas a partir das 18 horas, após o fechamento do mercado financeiro.

Quando o horário do mercado mudava, encerrando mais tarde, o BC costumava fazer o mesmo com o Copom, adiando as decisões sobre a Selic também para mais tarde. Depois, a divulgação da Selic voltava a ser feito após as 18 horas. Com a decisão a Diretoria Colegiada, todas as divulgações ocorrerão após as 18h30, ainda que o mercado esteja fechado às 18 horas.

 

Artigos Relacionados

Oferta secundária das debêntures da Vale já tem preço

A Vale informou ao mercado nesta terça-feira que recebeu comunicado do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) sobre precificação da oferta secundária...

Empréstimo de R$ 370 milhões para indústria açucareira em SP

Recursos serão aplicados na modernização e aquisição de materiais para processo de cultivo O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) apoiará a modernização...

Mudanças no câmbio abrem caminho para o Pix internacional

Propostas da Consulta pública são os primeiros passos para colocar em prática o sistema de transferências instantâneas com o exterior.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Rádios FM poderão antecipar aumento de potência e área de cobertura

Antes, emissoras só podiam solicitar mudança a cada dois anos e de forma gradual.

Mudanças no câmbio abrem caminho para o Pix internacional

Propostas da Consulta pública são os primeiros passos para colocar em prática o sistema de transferências instantâneas com o exterior.

Taxa de empréstimo pessoal tem pequena alta em abril

Segundo o Procon-SP, a taxa média de empréstimo pessoal foi de 6,1% ao mês.

Mercados com poucas oscilações

PEC fura-teto preocupa.

Por preços de combustíveis, IPCA deve desacelerar

Por outro lado, os preços dos serviços devem continuar em patamares baixos, influenciados pelas medidas de restrição e pelas fracas condições do mercado de trabalho.