Coração bate forte

O comércio lojista carioca está otimista com as vendas no Dia dos Namorados. A expectativa é de um aumento das vendas de 7% em relação a 2008. Pesquisa do Clube de Diretores Lojistas (CDL-Rio), que ouviu 500 empresários do setor da cidade, mostra que os lojistas acreditam que calçados (33,3%), jóias e bijuterias (27,8%), roupas (25%) e perfumes (22,2%) devem ser os presentes mais vendidos.

Amor em parcelas
O preço médio dos presentes por pessoa no Dia dos Namorados deve ser de R$ 80 e o cartão de crédito parcelado deverá ser o meio mais utilizado como forma de pagamento, seguido do cheque parcelado, crediário e finalmente dinheiro e cartão de débito. “Os empresários estão fazendo muitas promoções, diversificando planos de pagamento e criando formas de crediário mais fácil”, diz o presidente do CDL-Rio, Aldo Gonçalves.

Românticos
Segundo os dados do CDL-Rio, os homens são os que mais presenteiam.

Mata é vida
A Nova Cedae – companhia estatal de saneamento do Rio – é a empresa vencedora da primeira edição do Prêmio ACRJ de Sustentabilidade 2009. “A Cedae foi escolhida pelos resultados efetivamente alcançados nesse campo, com o programa de reflorestamento Replantando Vida”, declarou o vice-presidente do Conselho de Meio Ambiente da Associação Comercial do Rio de Janeiro, Joper Padrão. Este projeto visa à recomposição das matas ciliares dos rios Guandu e Macacu e prevê o replantio de mudas com a participação de estudantes das redes pública e privada e de detentos do regime aberto e semi-aberto.
A solenidade de entrega será realizada nesta quarta-feira, às 10h, na sede da associação (R. da Candelária, 9/12º andar, Centro), aproveitando a Semana Mundial do Meio Ambiente e como parte da comemoração dos 200 anos da ACRJ.

Empregos
A Caixa Econômica Federal vai liberar R$ 20 milhões para os pequenos e médios fabricantes de refrigerante brasileiros aplicarem em melhorias no setor. Além de acesso às linhas de crédito, os empresários disporão de produtos de captação por meio de fundos exclusivos. Segundo o presidente da Associação dos Fabricantes de Refrigerantes do Brasil, Fernando Rodrigues de Bairros, “o setor gera cerca de 21 mil empregos e outros serão gerados a partir dessa iniciativa, e a Caixa possui um forte compromisso social”.

No sábado
Esta coluna acreditou que o Dia do Geólogo seria comemorado nesta terça-feira. Na verdade, foi dia 30 de maio.

Chutometria
A imprecisão dos dados manuseados por alguns economistas foi internalizada de tal forma pelo jornalismo econômico que nenhum órgão de comunicação estranhou a informação divulgada pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), domingo, durante o anúncio das 12 cidades sedes da Copa do Mundo, de que o evento geraria 3,6 milhões de empregos por ano até 2014. Da mesma forma, a retificação feita pela FGV, um dia depois, de que o número projetado, na verdade, refere-se ao total de vagas a serem produzidas, ou seja, 600 mil por ano, tampouco mereceu maior espanto. Pelo visto, no país da bola, são os economistas, com a cobertura do jornalismo acrítico, os maiores chutadores.

Público&privado
A confusão entre interesse público e morbidez social é um debate antigo no jornalismo, atravessado cada vez mais pelos constantes atropelos à ética que pauta grande parte da mídia contemporânea mais preocupada com seu$ interesse$ financeiro$. Por isso, apesar do caráter trágico do evento e das angústias e ansiedades compreensíveis que causou, a decisão da Air France de liberar publicamente os nomes dos passageiros apenas após informar às respectivas famílias deve ser considerado um paradigma importante para casos similares. Na mesma direção, insere-se a postura da empresa de excluir da relação os nomes daqueles cujas famílias optaram por não expor seus entes à curiosidade do público.

Artigo anteriorEspeculação dupla
Próximo artigoConquista
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

No privatizado Texas, falta luz no inverno e no verão

Apagões servem de alerta para quem insistem em privatizar a Eletrobras.

A rota do ‘Titanic’: ameaça de apagão não é de agora

‘Por incrível que pareça, no Brasil, térmicas caras esvaziam reservatórios!’

TCU confirma que União paga R$ 3,8 bi de juros e amortização por dia

Mais de ¼ dos títulos da dívida pública vencem em 12 meses.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Objetos do Coração ajuda o Pró Criança Cardíaca

E-commerce que vende objetos para casa e decoração exclusivamente em formato ou com estampa de coração vai doar 10% da venda de produtos selecionados...

Empresa Fácil oferece estudo de viabilidade a novos empreendedores  

Sistema permite a emissão do Alvará Provisório em 24h.

Fatores comportamentais podem influenciar nos acidentes de trabalho

Psicóloga e uma assistente social e também técnica de segurança do trabalho criaram o jogo Conversa Segura.

Reclamações sobre serviços de telecom caem 28,4% em maio

O número de reclamações de usuários dos serviços de telecomunicações caiu 28,4% em maio de 2021 na comparação com maio do ano passado, segundo...

EMS explica faturamento com o ‘kit Covid’

farmacêutica brasileira EMS informou à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia que faturou R$ 142 milhões com medicamentos do kit Covid-19 em 2020,...