Coronavírus ‘made in USA’?

China usa suas redes para colocar em dúvida origem do Covid-19.

Fatos e Comentários / 18:50 - 13 de mar de 2020

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

Em uma pandemia, a guerra de informações parece fazer tantos estragos quanto a doença em si. Os chineses foram demonizados por ter sido lá que tudo – aparentemente – começou e pela acusação de demora em divulgar o problema. Mas agora a China parte para o contra-ataque. Um vídeo postado no Diário do Povo, órgão oficial do PC chinês, mostra Robert Redfield, diretor dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA, em audiência no Congresso dos Estados Unidos. Perguntado se pode ter havido mortes atribuídas à influenza que poderiam realmente ter sido o resultado do Covid-19, Redfield responde afirmativamente: “Alguns casos foram realmente diagnosticados dessa maneira nos Estados Unidos hoje.”

Foi o estopim para que o questionamento sobre a origem do coronavírus se tornasse um dos tópicos mais comentados do Weibo, espécie de Twitter da China. A tentativa é de empurrar para os EUA a responsabilidade. “Os EUA finalmente reconheceram que entre os que haviam morrido da gripe anteriormente havia casos de coronavírus. A verdadeira fonte do vírus foram os EUA!” disse um comentarista, segundo relata o jornal britânico The Guardian. “Coronavírus norte-americano”, escreveu outro.

O respeitado epidemiologista Zhong Nanshan disse, em entrevista coletiva em 27 de fevereiro, que, embora o vírus tenha sido detectado pela primeira vez na China, pode não ter se originado lá. Nesta semana, a China intensificou seus esforços para demonstrar que agiu rapidamente e de forma transparente, rebatendo acusações vindas dos EUA. Matéria no Diário do Povo relata que, de acordo com a recente declaração da Organização Mundial da Saúde (OMS), países como Cingapura e Coreia do Sul tomaram medidas necessárias e colocaram a epidemia sob controle porque “fizeram pleno uso desse precioso tempo que a China conseguiu para o mundo”. “Se os EUA aproveitaram esta janela para melhorar a preparação, não comentamos, mas acredito que o fato é testemunhado por todos na América e em todo o mundo”, disse o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores chinês, Geng Shuang.

 

Quinto dia

Os fiscais de renda do Município de Belford Roxo (RJ) obtiveram na justiça, nesta quinta-feira, sentença que determinou o pagamento de seus salários até o quinto dia útil do mês subsequente ao de referência. Trata-se de uma reivindicação antiga, na medida em que o Município não vem cumprindo esta data que está fixada em lei municipal.

Esta decisão é um importante marco não apenas para a categoria, mas para todos os servidores públicos do Estado do Rio de janeiro, em especial de municípios que se encontram em difícil situação financeira e, sob este argumento, vêm atrasando salários e comprometendo a vida destas pessoas e suas famílias”, avalia o advogado Carlos Henrique Jund, autor da ação.

 

Voo livre

Em tempo de nuvens pesadas na aviação, as companhias se viram como podem. A Air France permitirá alterar a data, bem como o destino, em reservas feitas até 31 de março de 2020 para viagens até 31 de maio de 2020 (o que mostra um certo otimismo com a crise em torno do coronavírus).

 

Voto livre

Assegurar o direito de votar aos presos provisórios e aos adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa é o objetivo de um termo de cooperação técnica assinado na tarde desta quarta-feira pelo Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), TRE/MG, MP e outras entidades mineiras.

 

Pedalada

Ao defender antecipar pagamentos do próximo ano para o ano atual, fazendo uma pequena ginástica fiscal, para driblar a decisão do Congresso de mudar o BPC, o secretário Mansueto Almeida, da equipe de Guedes, está defendendo uma espécie de pedalada fiscal?

 

Rápidas

A Associação Comercial de Santos (ACS) terá novo comando nos próximos três anos: Mauro Sammarco foi eleito por aclamação na última terça-feira *** A publicação inglesa Top Ranked Chambers Global 2020 premiou o escritório Di Blasi, Parente & Associados e o sócio Gabriel Di Blasi como profissional referência na área *** A Universidade Corporativa do Administrador (UCAdm) recebe nova palestra do ciclo “Café da Manhã em Debate”, dia 19, com Wagner Siqueira, com o tema “Liderança situacional versus estilo ideal de liderança”. Inscrições aqui.

 

 

 

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor