Correios arrecadam R$ 52 milhões com leilões de veículos usados

Ainda no 1º semestre, os Correios vão leiloar cerca de 6 mil veículos.

O leilão de motocicletas, furgões, vans e caminhões que faziam parte da frota dos Correios e alcançaram o tempo de vida útil, teve em 2021 um resultado expressivo. Segundo balanço divulgado pelos Correios, somente no ano passado, a empresa arrecadou cerca de R$ 52 milhões com a alienação 6.714 veículos. O número é bem superior aos 4.004 leiloados entre os anos de 2017 e 2020.

Com os recursos, a estatal vem substituindo tais veículos por novas viaturas. A política corporativa de renovação prevê a substituição de 100% de toda a frota própria da empresa até 2023. A ação começou em 2020 e, somente no ano passado, os Correios receberam 1.505 furgões, totalizando R$ 93 milhões em investimentos. O tempo médio útil da frota nos Correios é de três anos para motocicletas, até sete anos para furgões e dez anos para caminhões.

“Grande parte desse resultado deve-se à Operação Limpa Pátio, organizada pela empresa para reduzir o quantitativo de bens móveis em desuso armazenados em depósitos para, assim, desonerar esses ativos. O projeto promoveu melhoria no processo de alienação, tornando-o mais célere, ao simplificar procedimentos e atividades”, diz nota divulgada pela estatal.

Segundo os Correios, o destaque é o uso de uma plataforma eletrônica para a venda desses veículos, em um processo que permite “maior abrangência de participantes, uma vez que as propostas não dependem mais de presença física no certame”.

Leilões em 2022

Neste ano, só no primeiro semestre, os Correios vão leiloar cerca de 6 mil veículos. As licitações são feitas por meio eletrônico, os editais estão no site da estatal, e os leilões são realizados na plataforma Licitações-e.

Podem participar pessoas físicas ou jurídicas, desde que atendam às condições fixadas no edital. Em 2022, 1.764 veículos já foram vendidos em leilões.

Os certames continuam sendo realizados em todas as superintendências dos Correios nos estados.

Com Agência Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Bolsonaro demonstra estabilidade e Lula consolida liderança

Segundo pesquisa Modalmais/AP Exata divulgada hoje, ambos têm dificuldades em buscar eleitores fora das suas bolhas de apoiadores.

Abastecimento d’água cresceu, mas esgotamento sanitário não acompanhou

Dados do SNIS mostram que esgoto chega a 55% da população; alta de casos de norovírus na Bahia evidencia a falta de acesso à água potável.

Inadimplência no varejo de moda cresceu cerca de 20% em abril

Indicador aponta que 9,59% das parcelas do crediário do setor estavam atrasadas em até 90 dias no encerramento do mês, ante 7,75% em março.

Últimas Notícias

Otimismo dos comerciantes melhora em maio

Segundo a CNC, é o maior nível desde dezembro de 2021.

A nova era do mercado financeiro

Por Alexandre Lodi.

Gasolina a R$ 4 é possível? Sim

Três etapas a serem seguidas para o combustível chegar a um preço justo.

Bolsonaro demonstra estabilidade e Lula consolida liderança

Segundo pesquisa Modalmais/AP Exata divulgada hoje, ambos têm dificuldades em buscar eleitores fora das suas bolhas de apoiadores.