31.6 C
Rio de Janeiro
sábado, janeiro 23, 2021

Covid-19 pode influenciar eleição municipal

Os marqueteiros têm mais uma preocupação nas eleições municipais deste ano: o efeito Covid-19. O assunto atinge diretamente os prefeitos candidatos à reeleição, mas afetam também os demais postulantes. Saúde, Educação, Segurança e Transportes sempre foram assuntos quentes no período eleitoral. Agora há uma subdivisão na saúde que pode influenciar o voto. Candidatos serão julgados pelo eleitor pelo que fizeram e pelo que deixaram de fazer durante a pandemia.

André Ceciliano

Alerj manteve funcionamento durante a pandemia

A pandemia do coronavírus não paralisou os trabalhos na Alerj. Pelo contrário, a Casa adotou todos os protocolos de segurança em saúde e seguiu com suas sessões de votação, aprovando medidas importantes para o combate à doença no estado. Sob a presidência do deputado André Ceciliano (PT), a Alerj adorou o sistema de sessão virtual em 31 de março. Desde então, a Casa realizou 320 sessões: 68 ordinárias e 252 extraordinárias. Nelas foram discutidos 779 projetos de lei relacionados ao coronavírus. Segundo Ceciliano, a primeira preocupação foi manter o Parlamento funcionando normalmente, sem que o isolamento social fosse desrespeitado.

 

TJ expediu mais 1,2 milhão de sentenças

O Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro também manteve sua produção durante os meses de confinamento social mais rígido. Do dia 16 de março, quando teve início o Regime Diferenciado de Atendimento de Urgência (RDAU) no TJ-RJ, até o último domingo (20/9) foram expedidas 1.283.652 sentenças, 1.243.784 decisões, 3.333.087 despachos e 36.389.502 atos cumpridos por servidores. Uma produção que, se somada, passa de 42 milhões de movimentações (42.250.025).

 

Barcas como antes da pandemia

A superlotação nas barcas da travessia Rio-Niterói e de Paquetá levou o vice-presidente da Alerj, deputado Jair Bittencourt (PP), a enviar ofício ao governador em exercício, Cláudio Castro (PSC), pedindo fiscalizações nos horários de maior movimento das barcas. Ele quer a retomada dos horários de saída das embarcações que vigoravam antes do período de isolamento social.

 

Autoescolas podem ter aulas teóricas online

As autoescolas poderão dar aulas teóricas online enquanto durar o estado de calamidade pública decretado em virtude da pandemia de Covid-19. É o que estabelece a lei, de autoria do deputado Marcus Vinícius (PTB), sancionada pelo governador em exercício Cláudio Castro (PSC) esta semana. De acordo com a lei, autoescolas poderão contratar empresas terceirizadas para prestar os serviços de aulas digitais à distância desde que elas estejam cadastradas no Detran-RJ.

 

Grego assume segurança na Alerj

O ex-deputado estadual Zaqueu Teixeira (PSD) deixou o cargo de subdiretor-geral de segurança da Alerj para disputar a vaga de prefeito de Queimados, na Baixada Fluminense. Assumiu no seu lugar o funcionário da Casa Hermogênes Barbosa, 34 anos, conhecido como Grego, que já trabalhava no setor de segurança no Palácio Tiradentes.

Artigos Relacionados

Deputadas querem evitar reajuste nos trens

Aumento previsto de 25% a partir de 2 de fevereiro no Rio.

Alerj: novos deputados mudam composição da Mesa

Houve mudança na representatividade dos partidos.

Alerj com vaga garantida para André Ceciliano

Eleição da Mesa Diretora ocorrerá no primeiro dia de fevereiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Copom está alinhado com maioria da expectativa do mercado

Considerando foco na inflação de 2022, estamos considerando agora que BC começará a aumentar Selic em maio e não em agosto.

Primeira prévia dos PMI’s e avanço da Covid-19

Bolsa brasileira sucumbe ao terceiro dia de queda, mediante aos temores fiscais.

Exterior em baixa

Queda acontece em meio às preocupações com problemas para obtenções de vacinas.

Más notícias persistem

Petróleo negociado em NY mostrava queda de 2,60% (afetando a Petrobras), com o barril cotado a US$ 51,75.

Mercado reagirá ao Copom e problemas internos

Na Europa, Londres teve alta de 0,41%. Frankfurt teve elevação de 0,77%. Paris teve ganhos de 0,53%.