Covid: dos bebês de até 2 anos que morreram, 32,5% não foram para UTI

Um dos dados estarrecedores é a alta concentração de mortes nos primeiros meses de vida: 55% delas está concentrada até no terceiro mês.

Os primeiros 1.000 dias de vida da criança é o período compreendido entre a concepção até os dois primeiros anos de vida (270 dias de gestação e 730 dias de vida da criança). Este é o intervalo de ouro que determina todo o futuro da criança no âmbito biológico (crescimento e desenvolvimento), intelectual e social. Este termo decorre de uma série de estudos publicados na revista de medicina inglesa “Lancet”, entre 2008 e 2013, que analisou os primeiros mil dias do ciclo de vida, demonstrando que o cuidado se inicia com a mãe durante a gravidez. A falta de políticas públicas de saúde comprometidas com a saúde integral da gestante e da criança desencadeia consequências irreparáveis que impactam diretamente na mortalidade infantil nesta faixa etária.

O OOBr Covid-19 1.000 dias divulga a atualização sobre situação de crianças até dois anos com Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) notificada desde o início da pandemia atual.

Desde o início da pandemia, são 10.436 casos de SRAG confirmados por Covid em crianças até dois anos e 862 mortes. Um destaque é a alta concentração de mortes nos primeiros meses de vida do bebê: 55% delas está concentrada até no terceiro mês (477 óbitos).

Dos bebês que morreram por Covid nessa faixa etária, 32,5% não foram para UTI e 38,4% não passaram por intubação, recursos importantes nessas situações.

Se considerarmos todos os casos de SRAG nesse público infantil, foram 33.415 registros e 1.690 mortes em 2020. Neste ano, são 38.421 casos e 979 óbitos. Em 2019 (ano anterior à pademia) foram 19.142 casos de SRAG e 576 mortes nessa faixa etária.

Em 2020, a porcentagem de desconhecimento do agente causador da SRAG é de 78% e essa porcentagem é de 74% em 2021. O problema não é novo, mas se agravou na pandemia. Em 2019, por exemplo, 58% tinham agente etiológico desconhecido.

Dentre os casos com agente etiológico conhecido, o coronavírus responde a 73,3% dos registros em 2020 e mais de 50% em 2021. O restante fica por conta dos vírus que tradicionalmente afetam as crianças pequenas, como o adenovírus.

A cidade do Rio de Janeiro retoma hoje a aplicação da primeira dose da vacina contra a Covid-19. Segundo a prefeitura, a suspensão, que começou na sexta-feira, ocorreu em razão da falta de estoques do imunizante.

Com o envio de novas remessas pelo Ministério da Saúde na última segunda-feira, a Secretaria Municipal de Saúde anunciou a retomada do calendário. Recebem hoje a primeira dose mulheres de 34 anos, pela manhã, e, na parte da tarde, será a vez dos homens da mesma idade. Amanhã, serão as mulheres de 33 anos, mais a repescagem para quem tem 34 anos ou mais, e, na sexta-feira, começam a ser imunizados os homens de 33 anos. Está mantida a previsão para agosto de vacinação com escalonamento apenas por idade até o dia 18, quando serão imunizados jovens de 18 anos. Os adolescentes começam a receber a primeira dose no dia 23 de agosto, com as meninas de 17 anos, e no dia 24, os meninos dessa idade. O calendário termina no dia 10 de setembro com os meninos de 12 anos.

Até o momento, segundo o painel de vacinação da prefeitura, receberam as duas doses ou a dose única 23,7% da população total da cidade, com 1,6 milhão de pessoas. A primeira dose foi aplicada em 56,6% da população, com 3,7 milhões de pessoas imunizadas parcialmente.

 

Com informações da Agência Brasil

Leia também:

Covid: uma em cinco gestantes e puérperas mortas não tem acesso a UTI

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

PIB dos EUA cai mais que previsto, porém inflação perde ritmo

Recessão não está descartada, segundo analistas.

Queda na indústria atinge todos os grupos de intensidade tecnológica

Perdas no primeiro trimestre de 2022 vão de 2,3% a 8,7%.

Otimismo dos comerciantes melhora em maio

Segundo a CNC, é o maior nível desde dezembro de 2021.

Últimas Notícias

B 3 lança novos produtos para negociação de estratégias de juros

Operações são estruturadas de contratos futuros de DI, DAP e FRC

JBS tem governança fraca, mas perfil de negócio forte

JBS tem governança fraca, mas perfil de negócio forte

Brasil corre risco de desabastecimento de diesel

Alerta foi feito inclusive pela direção da Petrobras

Lucros das empresas subiram 55% no primeiro trimestre

Em abril, quase metade das categorias de trabalhadores não conseguiu repor inflação.

PIB dos EUA cai mais que previsto, porém inflação perde ritmo

Recessão não está descartada, segundo analistas.