CPI dos Trens garante que governo não fiscaliza a SuperVia

Ninguém sabe onde foi aplicado R$ 1,4 bilhão.

A CPI dos Trens, da Alerj, descobriu o que todo mundo já sabia: o governo não tem conhecimento dos problemas que afetam diariamente milhões de passageiros da SuperVia. Os membros da Comissão foram informados que o governo investiu mais de R$ 1,4 bilhão no modal, mas não sabe como o dinheiro foi gasto porque nem a Secretaria Estadual de Transportes, nem a Agetransp, a agência reguladora, fiscalizaram o uso da verba. Os parlamentares também ficaram sabendo que, das 104 estações existentes, apenas 23 têm acessibilidade e só 21 possuem banheiros.

Marcus Vinicius (foto de Julia Passos)
Marcus Vinicius (foto de Julia Passos)

Audiência pública em Petrópolis

O relator da comissão especial da Alerj criada para acompanhar e fiscalizar os desdobramentos da tragédia de Petrópolis, o deputado estadual Marcus Vinícius (PTB), quer fazer uma audiência pública na cidade para ouvir representantes do município e do Governo do Estado para saber o que cada órgão municipal e estadual está fazendo para recuperar a cidade e dar moradia aos perderam tudo com as chuvas de março. A ideia do deputado é fazer uma espécie de acareação e acabar com o jogo de empurra entre as entidades.

 

Samba em pauta

Aproveitando a semana de Carnaval fora de época, o deputado Coronel Jairo (SDD) protocolou um projeto de lei na Alerj para tornar o Grêmio Recreativo Escola de Samba Unidos de Padre Miguel Patrimônio Cultural e Imaterial do Estado do Rio de Janeiro.

Anderson Moraes (foto divulgação, Alerj)
Anderson Moraes (foto divulgação Alerj)

Mais controle sobre dados da Saúde

O deputado Anderson Moraes (PL) protocolou um projeto de lei na Alerj para evitar que informações sobre saúde sejam divulgadas por órgãos, entidades e empresas prestadoras de serviços públicos sem o devido aval da Secretaria Estadual de Saúde. O parlamentar quer impedir que cidadãos recebam conteúdos sobre saúde pública sem a análise do órgão competente.

 

Menos um na briga por vaga no TCE

As recentes acusações de nepotismo contra o deputado Márcio Pacheco (PSC) minaram sua candidatura a uma vaga de conselheiro do TCE. Seguem no páreo agora apenas dois parlamentares, Rosenverg Reis (MDB) e Val Ceasa (Patriota). A Alerj ainda não definiu quando será a escolha do substituto do conselheiro Aloysio Neves, que se aposentou mês passado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Alta dos preços leva a aumento de protestos

Agitação em países onde manifestações eram raras preocupa FMI.

Interlagos vai sediar feira de motos e carros

Eventos priorizam testes para clientes e potenciais compradores.

Últimas Notícias

Venda de álcool em gel cai pela metade

Relaxamento de medidas restritivas causou queda em produtos de limpeza; já material de higiene pessoal cresceu 4,8% de janeiro a abril.

Mundo pode ter 1 milhão de pessoas jogadas na pobreza extrema em 2022

Segundo Oxfam, bilionários lucraram durante a pandemia às custas de milhões.

Doria desiste da corrida presidencial

Em seu discurso, tucano diz que 'o PSDB saberá tomar a melhor decisão no seu posicionamento para as eleições deste ano.'

Ministério quer explicações da TecToy sobre carregador

Produto não tem autorização para ser vendido no mercado brasileiro.