Crédito para empreendimento: 3 em 10 são de gente entre 18 a 34 anos

O empreendedorismo ganha cada vez mais espaço no Brasil, especialmente entre os jovens. São cerca de 52 milhões de donos de negócios próprios por todo o território nacional e aproximadamente 22% deles têm entre 18 e 24 anos, faixa etária com a maior taxa de desemprego no país. Os dados são de pesquisa do Global Entrepeneurship Monitor (GEM) e são similares aos revelados por levantamento realizado pela BizCapital.

O estudo revela que 31% de seus clientes que buscam crédito para empreender são jovens entre os 18 e 34 anos e 72% das solicitações partem de homens. A empresa identificou, ainda, aumento de 127% nos pedidos, de janeiro a dezembro de 2019, em relação ao mesmo período do ano passado.

Outros dados revelados se referem aos setores que mais solicitam créditos. O varejo lidera o ranking, com 25%, seguido de serviços de alojamento e gastronomia, com 8%, e serviços administrativos, com 5%. As principais motivações incluem o desejo ampliar o capital de giro (35%), compra de equipamentos (15%) e aquisição de estoque (14%).

Artigos Relacionados

Anvisa não lê na cartilha de Bolsonaro

Ao prestar depoimento nesta terça-feira à CPI da Pandemia no Senado, que investiga as ações e omissões do governo federal no combate à Covid-19,...

Presidente da Anvisa ataca dogmas neoliberais

Contra-almirante bate de frente com posições defendidas por Bolsonaro.

Pagamentos com cartões crescem 17% no 1º trimestre

Pagamentos totalizaram R$ 558,3 bilhões nos primeiros três meses do ano.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Conteúdo online voltado para o ensino e para ganhar dinheiro

Cada vez é mais possível aproveitar o conteúdo online para avanços desde a fluência do inglês das crianças a até aprender a operar como trader na bolsa.

Queda de faturamento atinge 82% dos MEI

Em Minas, 60% dos microempreendedores individuais formalizados na pandemia abriram o negócio por oportunidade.

Inflação oficial fica em 0,31% em abril

Grupo com alta relevante no mês foi alimentação e bebidas (0,40%), devido ao comportamento de alguns itens.

Manhã de hoje é negativa em quase todo o mundo

Em Nova Iorque, Dow Jones e S&P futuros cediam 0,10% e 1,04%, respectivamente.

Projeção da Selic é de 5% no final deste ano

Para o ano que vem, analista projeta 6,5%, dado o alerta do Copom sobre o ritmo de normalização após reunião de junho.