Crédito para financiamento imobiliário anima seguro habitacional

Em agosto de 2021, o Banco Central contabilizou R$ 17,6 bilhões em concessões de crédito para financiamento imobiliário – maior valor desde o início da série, em março de 2011 (em termos nominais). Este montante representa um expressivo avanço de 38,3% em relação a agosto de 2020 e, no ano, já acumula um total de R$ 120,1 bilhões, isto é, avanço de 60,0% em relação aos oito primeiros meses do ano passado.
Segundo a Confederação Nacional das Seguradoras (CNseg), esta movimentação recorde tem efeito positivo sobre o setor de seguros. O Habitacional, seguro responsável por garantir, entre outras coberturas, a morte ou invalidez permanente do segurado, mediante a quitação do saldo devedor do imóvel financiado.
Em agosto deste ano, o produto avançou 12,6% acima do observado no mesmo mês do ano antecipado, arrecadando R$ 428,7 milhões em prêmios – maior valor mensal desde o início da série histórica, em janeiro de 2007 (em termos nominais). Ao longo de 2021, o Habitacional apresentou taxas de crescimento a dois dígitos para todos os meses do ano, acumulando um total de R$ 3,3 bilhões em prêmio, uma evolução de 12,3% em relação a 2020.”

Prestamista: R$ 10 bi no ano

O seguro Prestamista – modalidade que tem como objetivo a quitação total ou parcial de dívida contraída pelo segurado em caso de impossibilidade de honrar o pagamento de crédito ou financiamento em decorrência de evento coberto – morte, invalidez, doença grave, perda de renda etc. – voltou a crescer em agosto após uma ligeira retração no mês anterior (-2,9%). Com R$ 1,4 bilhão em prêmios no mês, o produto avançou expressivos 17,3% sobre o montante observado em agosto do ano passado. No ano, já ultrapassou os R$ 10 bilhões em arrecadação, configurando um avanço de 14,7% em relação aos primeiros oito meses de 2020.
Na avaliação da CNseg, a referida evolução pode ser atribuída ao avanço nas concessões de créditos para pessoa física que, segundo dados do Banco Central, em agosto de 2021, foi 29,9% superior ao montante observado no mesmo mês do ano passado, com um total de R$ 237,0 bilhões – maior valor mensal desde o início da série histórica, em março de 2011 (em termos nominais).

Transporte: procura cresce 30%

O grupo dos seguros de Transporte, em agosto, arrecadou R$ 327,9 milhões em prêmios de seguro, montante 33,8% superior àquele do mesmo período de 2020. Ao longo do ano, os seguros de Transportes vêm apresentando taxas superlativas de avanço na comparação mensal interanual, com menor resultado em janeiro (17,5%) e, maior, em junho (58,4%).
A base de comparação mais depreciada em 2020 pode influenciar diretamente este resultado – entre março e agosto de 2020 o referido grupo apresentou um resultado médio mensal em torno de -9,0% em relação aos mesmos meses de 2019. Na avaliação da Confederação Nacional das Seguradoras – CNseg, com as atenções voltadas aos seguros de Transportes e às empresas de gerenciamento de risco, é esperado que a procura por estes produtos cresça cerca de 30% em relação a 2020.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Fitch Ratings atualiza metodologia de Rating de Seguros

A Fitch Ratings, agência de classificação de risco, publicou nesta sexta-feira relatório de atualização de sua Metodologia de Rating de Seguros. Segundo a agência,...

Seguros: 3º trimestre fecha com alta acumulada de 13,4%

O setor segurador encerrou o terceiro trimestre em alta, com taxa acumulada no ano de 13,4%. “Os dados dos nove primeiros meses de 2021...

Qualicorp fecha pareceria com o grupo Orthopride

A fim de ampliar o relacionamento com os clientes, a Qualicorp fechou uma parceria comercial com o grupo Orthopride, a maior rede de clínicas...

Últimas Notícias

Nova pandemia alerta turismo e a compra de moeda estrangeira

Turistas devem planejar bem o momento de comprar.

Brasil tem 63,4 milhões de inadimplentes e dívidas chegam a R$ 253 bi

Bancos e cartões de crédito encabeçam ranking das contas responsáveis pela inadimplência.

Gilberto Gil torna-se imortal da Academia Brasileira de Letras

O grande cantor, compositor e ex-ministro da Cultura Gilberto Gil foi eleito recentemente para a cadeira número 20 da Academia Brasileira de Letras (ABL).

Embaixador: A China é muito importante para Chile

“Queremos mostrar ao mundo, principalmente à China, que mesmo Chile sendo um país pequeno na costeira da América do Sul e na borda do mundo, está bem perto da China”, disse em uma entrevista Luis Schmidt Montes, Embaixador Chileno na China.

Caixa e BB são destaques em governança mas Guedes quer privatizar

Estatais converteram prejuízo de R$ 35 bi em 2015 para superávit de R$ 135 mi em 2021.