Cresce exportação de carne de pato

Houve expansão nas vendas tanto em receita como em volume; Arábia Saudita é o principal importador do produto

71
Contêineres (Foto: Markus Distelrath/Pixabay)
Contêineres (Foto: Markus Distelrath/Pixabay)

As exportações brasileiras de carne de pato cresceram 24,4% em receita em 2023 sobre 2022, para um total de US$ 13,7 milhões. Em volumes, foram embarcadas 3.507 toneladas, com elevação de 18,9% sobre 2022, de acordo com dados do setor divulgados pela Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) nesta quinta-feira).

O principal cliente de carne de pato do Brasil foi a Arábia Saudita, que importou 986 toneladas no ano passado, com redução de 2% em comparação aos volumes comprados em 2022. Os Emirados Árabes Unidos importaram 916 toneladas, volume que superou em 32% o de 2022. Para o Catar, outro destaque do setor, segundo a ABPA, foram embarcadas 422 toneladas, com crescimento de 38% sobre 2022. México e Japão também compraram mais carne de pato em 2023.

O presidente da ABPA, Ricardo Santin, afirmou, em nota da instituição, que têm sido realizadas ações de promoção da carne de pato no exterior por meio do projeto setorial Brazilian Duck, uma parceria da ABPA com a Agência Brasileira de Promoção de Exportação e Investimentos (ApexBrasil) e que o crescimento das vendas externas deste segmento “de alto valor agregado e de produtos premium” tem influência direta deste plano.

Com informações da Agência de Notícias Brasil-Árabe

Espaço Publicitáriocnseg

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui