Crise pode virar institucional

Garfield, o gato dos quadrinhos, detestava as segundas-feiras (aliás, nos demais dias da semana, ele também preferia ficar descansando solenemente). Mas neste início da semana ocorreu de tudo, menos a tranquilidade que o personagem de Jim Davis tanto apreciava. A decisão do presidente interino da Câmara, Waldir Maranhão (PP-MA) de anular a sessão que admitiu o processo de impeachment da presidente Dilma atingiu em cheio Brasília. A especulação se ele fez apenas a pedido do governo, ou se haveria a mão do deputado afastado Eduardo Cunha, para mostrar que ainda domina a Câmara, é menos importante que a preocupação com a judicialização – de vez – de uma crise política e econômica que ameaça descambar para uma crise institucional.

Poucos petistas mais ingênuos acreditam que o Supremo, se chamado a se pronunciar, favoreceria Dilma, ainda que a decisão de Maranhão fosse legal. Porém, jogar para a justiça a decisão que deveria ser do Congresso só faz crescer o déficit de legitimidade de Michel Temer. Este, cada vez mais espremido entre os compromissos assumidos com a grande mídia e a elite paulista e a realidade do parlamento, poderia ver seu governo se evaporar com a mesma rapidez que ocorreu na Argentina com De La Rua.

A solução, como esta coluna já defendeu mais de uma vez, é a realização de eleições, forma de chamar as ruas – que tanto se manifestaram – a dar legitimidade a um novo governo, que abrace a mudança na política econômica e a garantia dos direitos sociais conquistados. A renovação teria que incluir o Congresso, pois – como se vê – de onde menos se espera, dali é que não sairá coisa nenhuma. Com o fim do financiamento eleitoral por empresas, com as empreiteiras de farolo baixo devido à Lava Jato e se a justiça eleitoral exercer um mínimo de fiscalização – agindo contra abusos do caixa dois e contra a presença ativa da mídia e das igrejas – o Brasil pode sair fortalecido.

Não me deixem só

Quanto a Cunha, este esbravejou, em nota divulgada na sua conta no Facebook, contra a decisão “absurda, irresponsável, antirregimental”. Acrescentou que o corpo técnico da Casa já tinha manifestado a posição de negar conhecimento ao recurso, “cuja assinatura eu iria apor na quinta-feira (5), data do meu afastamento”.Seria um recado de que, com ele no comando, o impeachment não sofreria revés?

Façam seu jogo

Em tempos de mudanças em Brasília, até a regulamentação de jogos de azar no país será debatida. Polícia Federal, Coaf, Câmara, Senado e Caixa confirmaram presença no 2º Brazilian Gaming Congress – BgC 2016, encontro que acontece em 11 e 12 de maio, no Hotel Windsor Plaza. Haverá até oficina com um passo a passo para as empresas que pretendem entrar no negócio.

Um dos destaques do primeiro dia é o debate “Identificando os principais desafios e apresentando soluções para a legalização de jogos no Brasil”. No segundo, a “Regulamentação, Controle e Tributação dos Jogos Online”.

Pelo nome do congresso, já se vê que o interesse estrangeiro em explorar jogos de azar no Brasil é grande. Ganha mil fichas para jogar na roleta quem conseguir encontrar um benefício para o país.

Rápidas

O Centro de Medicina Nuclear da Guanabara (CMNG) vai investir R$ 2 milhões na unidade de Nova Iguaçu até o fim do ano. “Há um crescimento de demanda por serviços de saúde na Baixada Fluminense. Em 2015, o número de mamografias na unidade cresceu 30%, e o de tomografia computadorizada, 35%”, explica o fundador e diretor da rede de diagnósticos, Antonio Fernando da Rocha. Somente no primeiro trimestre de 2016, a filial aumentou em 15% o número de atendimentos comparado com o mesmo período do ano passado *** O NEA (Núcleo de Estudos Avançados) do Brasillis Idiomas realiza palestras trimestrais online sobre temas ligados a tradução e interpretação. A próxima será em 8 de junho, das 19h15 às 20h30, com o tema “O mercado de tradução e interpretação ontem e hoje”. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo e-mail [email protected] *** O Instituto Confúcio na Unesp, em parceria com a Associação das Empresas Chinesas no Brasil (Abec), realiza no próximo dia 21, em São Paulo, a Feira de Recrutamento para Empresas Chinesas no Brasil. Até o momento, confirmaram a presença nove empresas, incluindo as gigantes XCMG, ZTE, State Grid e Huawei, com mais de 50 vagas de trabalho em várias áreas. Os interessados devem preencher o formulário em www.institutoconfucio.com.br até 17 de maio *** Com o objetivo de promover a troca de experiências e debater sobre carreira e liderança no cenário corporativo atual, a Anhanguera de Passo Fundo (RS) realiza nesta terça, às 19h30, um encontro com gestores das áreas de Recursos Humanos, com a participação do psicólogo e consultor Waldez Ludwig. Inscrições pelo portal anhanguera.com/aperfeicoar *** O Museu do Café de Santos, aproveitando a 14ª Semana Nacional de Museus, realiza em maio eventos culturais relacionados ao produto que o batiza. Serão palestras, bate-papos e caminhada pelo Centro Histórico de Santos. Informações pelo e-mail [email protected]

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Taxa de carbono vai custar quase € 800 mi à Turquia

Os exportadores turcos de produtos com alto consumo de energia, como cimento, aço e alumínio, poderão enfrentar custos adicionais exorbitantes quando as propostas legislativas...

Sonho da casa própria fica mais distante

Contratação de moradias com recursos do FGTS cai ano após ano.

Moeda chinesa na mira dos bancos centrais

Participação como reserva internacional ainda é baixa… por enquanto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Mercado de TI é alavancado pela pandemia

Tetris IT, empresa que desenvolve projetos de inovação digital, cresceu 300% em 2020.

Ações da ClearSale valorizam mais de 20% na estreia na B3

A ClearSale (ticker CLSA3) concluiu nesta sexta-feira a sua oferta pública inicial (IPO) na B3. A oferta movimentou R$ 1,3 bilhão sendo que, apenas...

Edital da Oferta Permanente inclui 377 blocos

A Agência Nacional de Petróleo e Gás Natural (ANP) publicou nesta sexta-feira nova versão do edital da Oferta Permanente, com a inclusão de 377...

Multa de R$ 500 mil para ‘fake’ sobre eleição

Uma multa de R$ 500 mil, caso repita as manifestações que questionem os últimos pleitos presidenciais realizados no país, faz parte uma ação que...

Bacia de Campos recua com redução drástica de investimentos

A Bacia de Campos, atualmente a segunda maior região produtora de petróleo do Brasil, registrou em junho a sua menor produção média dos últimos...