Crise é coisa do passado

A queda no volume de conversão de carros para rodarem com gás natural, a partir de 2006, parece ter acabado em março, quando houve um crescimento de 10%, segundo o Sindicato da Indústria de Reparação de Veículos e Acessórios do Estado do Rio.

Retorno
Se os aumentos dos valores diários de exportações e importações registrados em março forem mantidos nos 188 dias úteis restantes no ano, as exportações fechariam 2008 em US$ 145 bilhões, as importações em US$ 135 bilhões e o saldo comercial seria de apenas US$ 10 bilhões. O alerta é do Iedi, que diz que, apesar das reservas, “sendo mantido o baixo resultado comercial a médio e longo prazo, estaremos construindo o caminho de volta do Brasil à situação de vulnerabilidade externa que tanto afetou negativamente o crescimento de sua economia entre os anos de 1997 a 2003.”

Verbas a rodo
Mais de R$150 milhões serão investidos na qualificação de 200 mil beneficiários do Bolsa Família para trabalhar nas obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) em 13 regiões metropolitanas. O problema é a fiscalização das entidades que vão receber a verba para dar o treinamento. Esse tipo de distribuição é alvo de investigações do Ministério Público e do TCU, e em muitos casos fez a festa de ONGs montadas só para arrecadar dinheiro e oferecer 10% do treinamento contratado.
Outro problema é o cronograma: do jeito que vai, quando as pessoas estiverem capacitadas, as obras já terão terminado. O que chama a atenção para o caráter eleitoreiro dos cadastros para trabalhar no PAC. Não há nenhuma garantia de que as empreiteiras que vão participar da construção contratarão essas pessoas.

Há vagas
Quem procura de uma oportunidade de trabalho não pode perder a Feira de Estágio e Trainee da UFRJ, nos dias 15, 16 e 17 de abril no Campus Praia Vermelha (próximo ao Shopping Rio Sul). Oi, IBM, Souza Cruz, Lojas Americanas, KPMG, Unibanco e Mongeral são algumas das empresas participantes. Serão oferecidas mais de 2 mil oportunidades. A feira acontecerá entre 12h e 19h. Mais informações em www.talentosufrj.com.br

Dose dupla
O Portal Doméstica Legal (www.domesticalegal.com.br) encaminhou pedido ao Ministério Público Federal do Rio de Janeiro para que obrigue a Receita Federal a cumprir a Lei 11.324, que permite ao empregador doméstico deduzir na declaração de Imposto de Renda a contribuição ao INSS recolhida de sua empregada doméstica. Segundo o Portal, a Receita não reconhece que a empregada tem direito a dois períodos de férias por ano. Com essa recusa, o limite de dedução este ano é de R$ 593,60, contra R$ 608,80 – mais R$ 15,20 por empregador doméstico – caso valesse o entendimento da lei defendido pelo Portal.

Correção já
Estimando em 40 mil o número de empregadores que podem estar nessa situação, o Portal calcula que o recolhimento a mais para o Leão pode chegar a até R$ 1,185 milhão, considerando as perdas dos anos-base 2006 e 2007. O presidente do Portal, Mario Avelino, pediu na denúncia que a Receita corrija, ainda este ano, o limite da dedução do INSS do empregador para R$ 608,80. O MP encaminhou o pedido para a Procuradoria Geral da República em Brasília.

Sorvete em alta
A rede de lojas de sorvetes Cremeria Nestlé teve crescimento de mais de 15% em volume ano passado e espera repetir a dose este ano, com a inauguração da segunda loja no Estado do Rio de Janeiro, localizada no Rio Plaza Shopping. A Cremeria permite a personalização de sobremesas, além de comercializar o café Nespresso. A outra loja no Rio está no Shopping Leblon; em São Paulo, são 12 estabelecimentos.

Império
A grande mídia ocidental reforça o cerco aos Jogos Olímpicos de Beijing. O mais novo ataque é ao atraso (delay) nas transmissões ao vivo na televisão, que seria praticado pelo governo chinês. Que, aliás, não está sozinho: nos EUA, desde que Janet Jackson forneceu a desculpa e mostrou acidentalmente o seio na abertura de uma transmissão esportiva, nenhuma cerimônia vai ao ar sem ao vivo sem delay.

Marcos de Oliveira e Sérgio Souto

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorÔnus
Próximo artigoSenha

Artigos Relacionados

Falta de servidores traz prejuízo, inclusive financeiro

Fila de segurados no INSS vai engrossar precatórios em R$ 11 bilhões.

Desmonte do Estado se dá pelas beiradas

Miçangas e espelhos empurram reformas administrativas nos municípios.

O que vale pros precatórios vale pra dívida interna?

Se calotes são defensáveis, poderiam ser estendidos para os títulos públicos.

Últimas Notícias

Distribuição comercial: quais cláusulas e condições mais importantes?

Por Marina Rossit Timm e Letícia Fontes Lage.

Mercado corre do risco em momento de estresse

Se tem uma coisa que o mercado é previsível é com relação ao seu comportamento em momentos de estresse é aversão ao risco. “Nessa...

Petrobras: mais prazo de inscrição no novo Marco Legal das Startups

Interessados em participar do primeiro edital da Petrobras baseado no novo Marco Legal das Startups (MSL) poderão inscrever-se até o dia 12 de dezembro....

Canal oficial para investidor pessoa física na B3

A partir desta sexta-feira, a nova área logada do investidor da B3, lançada em junho, passa a ser o canal que centraliza todas as...

Fitch Ratings atualiza metodologia de Rating de Seguros

A Fitch Ratings, agência de classificação de risco, publicou nesta sexta-feira relatório de atualização de sua Metodologia de Rating de Seguros. Segundo a agência,...