CSN investirá US$ 9 bilhões em quatro anos

A Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) investirá US$ 9 bilhões em quatro anos, destinados à construção de novas unidades, uma delas na região Nordeste. A afirmação foi feita pelo presidente da companhia, Benjamin Steinbruch.
De acordo com o executivo, o estado ainda não foi definido, mas adiantou que a unidade do Nordeste terá capacidade de 4,5 milhões de toneladas. As outras duas unidades a serem construídas, em Itaguaí (RJ) e Casa de Pedra, em Congonhas (MG) também terão 4,5 milhões de toneladas cada. Haverá três alto-fornos em cada fábrica, com capacidade individual de 1,5 milhão de toneladas.
A Baosteel não será parceira da CSN no projeto de Itaguaí, tendo em vista o fechamento do acordo entre a siderúrgica chinesa e a Companhia Vale do Rio Doce (CVRD) para a construção de unidade no Espírito Santo. A CSN e Baosteel negociavam parceria de 25% da chinesa em Itaguaí. No entanto, segundo Steinbruch, o memorando de entendimento da empresa e da Baosteel ainda não foi desfeito.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorIlusionismo
Próximo artigoDeflação

Artigos Relacionados

Qual a parcela de culpa da Ericsson no terrorismo?

Multi sueca é processada por pagar propina no Iraque que teria chegado ao Estado Islâmico.

BC eleva juros, mas inflação segue disseminada

Remédio errado a partir de diagnóstico equivocado.

Ainda é a economia

Redução dos preços coloca algum combustível na campanha de Bolsonaro.

Últimas Notícias

Seis milhões de empresas inadimplentes e o custo da dívida sobe 391%

Alta da Selic coloca empresas que possuem financiamentos e empréstimos em situação crítica.

Burocracia bancária faz sete em cada 10 brasileiros perderem dinheiro

Já Pix alcança o segundo lugar no ranking de meios de pagamento aceitos pelo comércio eletrônico.

‘Americano’?

Por Eduardo Marinho.

Jô Soares, eterno em nossos corações e mentes

Por Paulo Alonso.

Microcrédito para taxistas será votado na terça

Projeto de André Ceciliano abre linha de até R$ 80 mil para renovar frota.