Custo

O ministro da Fazenda quantificou em R$ 5 bilhões anuais o custo para o Tesouro das operações de empréstimos ao BNDES, já que os juros pagos pelo Tesouro na dívida interna são bem maiores que aqueles pagos pelas empresas ao BNDES.. “Na realidade, tal custo apenas existe porque o setor financeiro privado não quer financiar o setor produtivo a longo prazo e a juros baixos, pois pode ganhar as maiores taxas de juros do mundo aplicando em títulos da dívida interna, sem correr risco”, analisa Rodrigo Ávila, economista ligado à Auditoria Cidadã da Dívida.

Quem é contra o pré-sal?
Época de eleição, a cobertura política da grande mídia é tomada por intrigas e futricas. Enquanto isso, os grandes debates são jogados, de forma escamoteada, para outras páginas, apresentados como verdades absolutas a serem empurradas goela abaixo dos candidatos – quaisquer que sejam – e do eleitorado.
Exemplo é o bombardeio em cima do BNDES e, mais ainda, sobre o pré-sal (o financiamento à Petrobras para investimentos na exploração da nova fronteira petrolífera é um dos principais desembolsos do banco, não por acaso).
Reproduzindo – como de costume – ditames vindos das publicações do exterior, a grande mídia “brasileira” pretende obstar a produção de petróleo na área do pré-sal. Como “gancho”, o vazamento no Golfo do México, obra da incúria ou inépcia da BP.
Esquecendo a longa experiência do Brasil – leia-se da Petrobras – em exploração de águas profundas sem acidentes, assim como as de outros países, procuram colocar todos no mesmo balaio, aproveitando a justa suspensão de atividades nos EUA.
Pois a produção em águas profundas prossegue não só no Brasil, mas em países como Canadá, Nigéria e Angola. Com todos os cuidados e tecnologias necessários. Querer deter a expansão para o pré-sal não tem motivação ambiental. “É a economia, estúpido”, diria um assessor norte-americano. Busca-se adiar a exploração para, quem sabe, num futuro de fragilidade institucional ou econômica no Brasil possa ser novamente imposta a política favorável às Grandes Irmãs petroleiras, política que manchou um passado nem tão distante.

Piratas cibernéticos
Entre janeiro e junho deste ano foram encontrados 24.365 links que permitiam download completo de obras literárias de diversas editoras sem autorização dos autores. Desse total, 22.524 já foram retirados da web, mostra balanço do primeiro semestre do Departamento de Combate à Pirataria Digital, da Associação Brasileira dos Direitos Reprográficos (ABDR), com apoio do Sindicato Nacional dos Editores de Livros (SNEL).

Agenda
O Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social se reúne nesta quinta-feira no Rio de Janeiro, na Associação Comercial, para debater a Agenda para o Novo Ciclo de Desenvolvimento , apresentada ao presidente Lula, em junho. A reunião, que começará às 14h30, será presidida pelo ministro-chefe das Relações Institucionais, Alexandre Padilha.

Mil na Maratona
Mais de mil microempreendedores individuais do município de São Paulo se legalizaram, menos de três meses após a realização da 1ª Maratona do MEI, promovida pelo banco de microcrédito São Paulo Confia, da prefeitura. A legalização passa pela obtenção do CNPJ, possibilita a contribuição ao INSS e permite registrar empregado.

Essencial
Apontadas pela mídia retrógrada como fatores de risco para o equilíbrio das contas públicas do país, as políticas previdenciária e de assistência social cumprem um papel de destaque no sistema brasileiro de proteção social, mostra estudo do Ipea que será divulgado nesta quinta-feira. O trabalho mostra ainda que o peso das transferências de renda para as famílias está concentrado em apenas três estados do Sudeste (São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais), que absorvem 48,1% do total das transferências de renda das políticas de previdência e assistência social do Brasil.

Desenvolvimento com qualidade
Um conceito de desenvolvimento perverso e superado aprisiona a humanidade. Este é um dos temas que estarão em debate no seminário Crescimento Econômico e Justiça Social, que será realizado na próxima segunda-feira, no BNDES. Um dos palestrantes será Sandro Sacchet de Carvalho, que mostrará o Índice de Qualidade do Desenvolvimento (IQD), do Ipea. O evento, que conta com patrocínio da Petrobras, Estaleiro Atlântico Sul e Cedae, começará às 9h.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorBC na contramão
Próximo artigoErro

Artigos Relacionados

Alta dos preços leva a aumento de protestos

Agitação em países onde manifestações eram raras preocupa FMI.

Montadoras não vieram; demissões, sim

Promessas de Doria e Bolsonaro para fábrica da Ford não passaram de conversa para gado dormir.

Ganhos de motoristas de app desabam

Renda média é de pouco mais de 1,5 salário mínimo.

Últimas Notícias

Câmara deve colocar em votação PL que desonera tarifas de energia

Em 2021, o Brasil passou pela pior crise hídrica em mais de 90 anos

Metodologia para participação de investidor estrangeiro

Serão considerados os dados de liquidação das operações realizadas no mercado primário nos sistemas da B3

Fitch eleva rating do Banco Sicoob para AA (bra)

Houve melhora do perfil de negócios e de risco da instituição

Petrobras Conexões para Inovação cria robô de combate a incêndio

Estatal: Primeiro no mundo adaptado para a indústria de óleo e gás

Brasil tenta ampliar diálogo com a UE

Debate da recuperação econômica nas duas regiões e discussão sobre as perspectivas das políticas fiscais