Céu

     
          A TAP comemora os resultados do ano passado: transportou 9,75 milhões de passageiros e registrou uma taxa de ocupação em seus vôos de 76,3%, o que fez de 2011 o melhor ano da história da companhia aérea portuguesa. Houve um crescimento superior a 660 mil passageiros transportados em relação a 2010. Na taxa de ocupação, a evolução foi de 1,8 ponto percentual.

Inferno
Mas o recorde da TAP não repercute nos ganhos da companhia. No final do ano passado, o diretor executivo da empresa, o brasileiro Fernando Pinto, em conversa com a imprensa portuguesa, disse esperar resultados piores do que em 2010. Ele atribui esta queda ao preço do combustível. “Temos crescido em várias áreas, mas não temos conseguido atingir níveis que nos permitam pagar a conta do combustível”, explica, acrescentando que os preços subiram 40%, ou 170 milhões de euros a mais do que no ano anterior.
Em 2010, a TAP amargou prejuízo de 57,1 milhões de euros. A companhia aérea deve ser privatizada, no lucrativo – para os compradores – saldão que o governo português implementa nas estatais.

Mais sujeira
“Nunca tivemos tantos empregadores irregulares ao mesmo tempo”, desabafou o chefe da Divisão de Fiscalização para Erradicação do Trabalho Escravo do Ministério do Trabalho, Alexandre Rodrigo Teixeira da Cunha Lyra, ao comentar o recorde de ocorrências de trabalho escravo no país. O Cadastro de Empregadores flagrados explorando mão-de-obra análoga à escrava no país, conhecido como Lista Suja, apresenta 52 inclusões e passa a conter 294 infratores, entre pessoas físicas e jurídicas, número recorde. Apenas dois nomes foram retirados da lista.

Evolução
O economista Luiz Carlos Bresser-Pereira, professor emérito da Fundação Getulio Vargas e ex-ministro da Fazenda, receberá, neste sábado, em Chicago, o Prêmio James Street da Association for Evolutionary Economics (AEE) pelo conjunto da obra de um economista estadunidense ou estrangeiro. A AEE reúne os economistas evolucionários ou institucionalistas estadunidenses que usam o método empírico e histórico para desenvolver a teoria econômica. Depois de, como ministro de dois governos (Sarney e FH), aplicar políticas neoliberais, Bresser, fora do poder, tem defendido um limite para o déficit em transações correntes, para evitar a dependência de poupança externa, algo que o jornalista Barbosa Lima Sobrinho já sentenciara há décadas: “Capital se faz em casa”.

Macro
Ha-Joon Chang, de Cambridge; Jan Kregel, da University of Missouri; Yoshiaki Nakano e Luiz Carlos Bresser-Pereira, da EESP-FGV; além do secretario executivo do Ministério da Fazenda, Nelson Barbosa, estão entre os palestrantes do seminário internacional Laporde – Latin America Advanced Programe on Rethinking Macro and Development Economics, de 9 a 13 de janeiro, em São Paulo.

Lavagem
As agências bancárias no Rio de Janeiro somam-se a bares, restaurantes e hotéis e terão que fornecer álcool em gel ao público, determina a Lei 6.143, do deputado Chiquinho da Mangueira (PMDB), que destaca que o manuseio de alimentos e dinheiro torna a higienização das mãos imprescindível. Deve fazer companhia à lei que proíbe uso de celulares nos bancos, e que é ignorada por clientes e bancários.

Onde está Wally?
A salvo, tanto das chuvas torrenciais, quanto das críticas da imprensa amiga, o governador do Rio, Sérgio Cabral (PMDB), continua ausente de primeiras páginas que o liguem, ainda que vagamente, às consequências das enchentes que infelicitam, por mais um ano, os moradores do estado.

Onde está Wally 2?
Também o senador Aécio Neves (PSDB-MG), mentor do governador do seu estado, Antônio Anastasia (PSDB), e habituê do noticiário carioca, continua a salvo de qualquer pergunta embaraçosa sobre a relação entre sua política de déficit zero e a ausência de obras de prevenção contra as enchentes que, por mais um ano, impõem nova tragédia aos mineiros.
     
     

Artigo anteriorEstalido
Próximo artigoBatchmann Sarney
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Desigualdade, Big Tech e EUA são maiores ameaças à democracia

7 em 10 chineses avaliam que seu país vai bem na questão.

O poder do monopólio em rebaixar os salários

Um tributo a Joan Robinson, ‘uma das economistas mais importantes do século 20’.

Ricos querem pagar só 10% do imposto de Biden

Elisão fiscal ameaça levar US$ 900 bi do pacote para as famílias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Em cinco anos, SP reduziu em 32%, mortes no trânsito

Só Região Metropolitana reduziu em 29%; queda nas fatalidades em nível nacional foi de 22%.

Mercado reage em dia pós-Copom

Destaque para os pedidos por seguro-desemprego nos EUA.

Boas expectativas para o dia

Hoje, mercados começando aparentemente com realizações de lucros recentes e aguardando a decisão do Banco Central inglês sobre política monetária.

Mesmo com perdas de 75%, empresas em favelas mantêm 80% dos empregos

São mais 289 mil comércios registrados nas cerca de 6 mil comunidades em todo o Brasil.

OMS pede redução de desigualdades no acesso à higiene das mãos

Organização destaca que pandemia mostrou dramaticamente a importância da prática na redução do risco de transmissão.