CVG-RJ presente na posse de Alexandre Camillo na Susep

O economista e ex-presidente do Sincor-SP, Alexandre Camillo, tomou posse como o novo superintendente da Superintendência de Seguros Privados (Susep) nesta quinta-feira. O presidente do CVG-RJ, Octávio Perissé, que esteve na solenidade, afirmou que “o CVG-RJ estará pronto para ser parceiro nesta jornada deste grande líder, cuja formação de corretor de seguros irá proporcionar benefícios no desenvolvimento do bom relacionamento com a categoria e com todas as entidades e profissionais do mercado de seguros”.
Camillo relacionou metas do seu trabalho no comando da Autarquia Federal no Rio de Janeiro: Investir na consolidação e crescimento do mercado securitário; reforçar a atenção da Susep para os consumidores e para o aumento do acesso dos produtos de seguros aos brasileiros de todas as classes econômicas e sociais. “Entendo que devemos ampliar a percepção e reconhecimento dos efeitos e ganhos do seguro junto ao poder público, poder político e especialmente junto a sociedade”, afirmou.
Ao ser questionado sobre o funcionamento das Sociedades Iniciadoras de Serviço de Seguro (SISS) no âmbito do Sistema de Seguros Aberto, o open insurance. disse que a nova figura do mercado ainda não está completamente compreendida e que, mesmo sendo uma realidade do mercado, existem alguns pontos que necessitam de melhor compreensão.
Camillo é corretor de seguros e atua no mercado há mais de quatro décadas. Além da presidência do Sincor-SP, função que exerceu até10 de novembro, ocupava, desde 2015, o cargo de vice-presidente da Federação Nacional dos Corretores de Seguros Privados e de Resseguros, de Capitalização, de Previdência Privada, das Empresas Corretoras de Seguros e Resseguros (Fenacor) na região Sudeste.
Camillo é economista com especialização em gestão para administradores e especialização em gerência de negócios de seguros, corretor de seguros, presidente da Camillo Corretora de Seguros e autor dos livros “Venda Evolutiva” e “Vendas Progressivas”, voltados para a distribuição de seguros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Carga tributária brasileira já corresponde a 35% do PIB

Mais de R$ 1 tri de impostos arrecadados só neste ano

Setor de telecom investiu R$ 35,6 bi em 2021

Com as licenças do 5G, valor chega a R$ 38,5 bi

Indonésia retomará semana que vem exportação de óleo

Suspensão da venda permitiu recompor oferta interna.

Últimas Notícias

População mais pobre está bastante pessimista em relação ao Brasil

Em contrapartida, segundo a Associação Comercial de São Paulo, classes AB e C mostram cada vez mais confiança na economia do país.

Saques extraordinários já somam 20% do patrimônio do FGTS

Para deputado, 'a nobreza do gasto não justifica o desvio do seu uso'.

Bolsas globais sobem após movimento do BC chinês

Corte de juros na China é um sinal positivo para Brasil, de modo que a Bolsa local possa acompanhar o bom humor global.

Leega lança solução de inteligência de dados marketing das empresas

Marketing Analytics combina arquitetura Cloud, engenharia de dados e machine learning.

Qyon Tecnologia planeja crescer 65% em 2022

Marca deve fechar ano com cerca de 100 franquias.