CVM de Beijing faz consulta pública sobre primeiros pilotos de fintech

Beijing começou a solicitar a opinião pública para uma lista de 16 projetos admitidos no primeiro lote de pilotos inovadores de tecnologia financeira (fintech), disse o regulador de valores mobiliários de Beijing na sexta-feira.

Foto tirada em 24 de setembro de 2020, mostra a zona de exposição de inovação da Conferência INCLUSION Fintech realizada em Xangai, no leste da China. (Xinhua / Fang Zhe)

Xinhua - Silk Road

 

BEIJING, 19 Nov (Xinhua) – Beijing começou a solicitar a opinião pública para uma lista de 16 projetos admitidos no primeiro lote de pilotos inovadores de tecnologia financeira (fintech), disse o regulador de valores mobiliários de Beijing na sexta-feira.

De acordo com o anúncio, as instituições financeiras e empresas de tecnologia são os principais contribuintes dos projetos-piloto, nos quais a nova geração de tecnologias da informação, como big data, computação em nuvem, inteligência artificial (IA) e blockchain, será aplicada para tornar cenários de negócios mais inteligentes, incluindo consultoria de investimento, operação, comércio e controle de risco.

O primeiro lote de 16 projetos foi destaque em uma competição entre 51 projetos candidatos apresentados por 26 instituições.

De acordo com Yi Huiman, presidente da Comissão Reguladora de Valores Mobiliários da China, no Financial Street Forum 2021, a China apoiará seu capital para o primeiro lançamento dos programas pilotos inovadores de fintech, com o objetivo de construir o quadro regulatório nacional de desenvolvimento na área de fintech, impulsionando ainda mais suas aplicações concretas e realizando a integração com maior profundidade e um desenvolvimento mais coordenado entre tecnologia e finanças. Fim

Leia também:

China aprova seguradoras a investirem em REITs de infraestrutura

Xinhua Silk Road
Agência de notícias oficial do governo da República Popular da China.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Brilhante comércio de cerejas entre a China e o Chile

Um total de 356.000 toneladas de cerejas foram exportadas do Chile durante a temporada 2021-2022, com 88% do total indo para a China, de acordo com a iQonsulting, uma empresa de consultoria, com sede em Santiago, capital do Chile.

Empresa chinesa construirá parque de ciências agrícolas em Paracatu

A Prefeitura de Paracatu, no estado brasileiro de Minas Gerais, assinou um acordo com uma empresa chinesa para abrigar um parque de ciências agrícolas, visando construir o maior centro sul-americano de pesquisa e desenvolvimento de sementes de soja e milho e da cadeia de suprimentos.

FMI Eleva pesos de renminbi e dólar na cesta de SDR

O Fundo Monetário Internacional anunciou no sábado um aumento no peso do renminbi chinês e do dólar americano na cesta de Direitos Especiais de Saque (SDR) após concluir a revisão quinquenal.

Últimas Notícias

Previdência privada é pouco usada; 92% dependem de recursos do INSS

Mais da metade dos brasileiros gostaria de parar de trabalhar com 60 anos, mas só 28% acham que vão conseguir.

Brilhante comércio de cerejas entre a China e o Chile

Um total de 356.000 toneladas de cerejas foram exportadas do Chile durante a temporada 2021-2022, com 88% do total indo para a China, de acordo com a iQonsulting, uma empresa de consultoria, com sede em Santiago, capital do Chile.

Empresa chinesa construirá parque de ciências agrícolas em Paracatu

A Prefeitura de Paracatu, no estado brasileiro de Minas Gerais, assinou um acordo com uma empresa chinesa para abrigar um parque de ciências agrícolas, visando construir o maior centro sul-americano de pesquisa e desenvolvimento de sementes de soja e milho e da cadeia de suprimentos.

Criação de mais um monopólio privado regional

Recurso de petroleiros contra decisão do Cade sobre venda da Reman

Restrição do Fed pode impulsionar a saída de capital dos países da AL

Sinalizou uma política monetária mais restritiva em meio às expectativas de inflações mais altas