Da revogação do Acordo Ortográfico ao som alto

Iniciativas importantes do Congresso se perdem em meio a inutilidades e falta de prioridade.

Foi cancelado debate da Comissão de Educação da Câmara, previsto para esta quinta-feira, sobre a possibilidade de revogação do Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa, que está em vigor há dez anos. O debate foi pedido pelo deputado Dr. Jaziel (PL-CE), que assim o justificou. “No Brasil, aproximadamente 0,4% das palavras sofreram modificações. Após uma década de efetividade, o presidente Jair Bolsonaro expressou a possibilidade de revogação desse acordo. Antecipando o debate, sugiro essa discussão para elaboramos uma proposta de lei que altere esse decreto”, justificou o deputado.

Longe da coluna querer menosprezar o Congresso, mas o debate sobre a revogação do Acordo Ortográfico é um exemplo da falta de prioridade dos parlamentares. Como se a Comissão de Educação, diante dos cortes de verbas para universidades e cancelamento de bolsas, não tivesse assuntos mais urgentes.

Vejamos outros temas da pauta da Câmara desta semana: debate da implantação da avaliação biopsicossocial da deficiência; prioridade para crianças e idosos em consulta oftalmológica no SUS; couvert artístico opcional em bares e restaurantes; criação do Dia Nacional da Natação; proposta que cria laboratório de inovação do Ministério Público; sinalização refletiva em caçambas de entulhos; pré-requisitos para a profissão de turismólogo; nível superior para intérprete de Libras; e projeto que proíbe som alto no transporte coletivo e nos prédios públicos.

Por outro lado, há questões fundamentais na pauta da Câmara: seminário debate questões relacionadas a soberania nacional e privatizações; comissão sobre saneamento básico realiza audiência nesta quinta; e debate sobre produção audiovisual. A questão é priorizar o essencial, conseguindo maior velocidade na tramitação, e evitar os projetos que só servem para constar nos currículos dos proponentes.

 

Reconhecimento de fora

A Petrobras – esta empresa que acusam de ter sido quebrada pela corrupção e incapaz de desenvolver o pré-sal – recebeu um dos prêmios mais importantes da indústria de petróleo e gás, concedido pelo capítulo brasileiro da Offshore Technology Conference (OTC Brazil), pela série de inovações desenvolvidas durante o Teste de Longa Duração do campo de Libra (TLD), na Bacia de Santos.

 

Questão de prioridades

O procurador-geral da Fazenda Nacional, José Levi Mello do Amaral Júnior, diz que o estoque total da dívida ativa da União está em R$ 2,2 trilhões, devidos por 4,5 milhões de pessoas físicas e jurídicas; 2/3 desse montante são classificados como C/D (difíceis de serem recuperados).

Assim, algo em torno de R$ 730 bilhões estão na classificação A/B, as dívidas mais prováveis de serem recuperadas. O montante equivale ao quanto o governo espera tungar da Previdência nos próximos dez anos com a reforma.

 

Fator Globo

Apesar de não ter time do Rio ou SP, a audiência dos jogos das quartas de final da Copa do Brasil manteve a média dos anos anteriores nas duas maiores metrópoles do país (dado Kantar-Ibope Media). Então, por que Flamengo e Corinthians recebem cotas 9 vezes maiores?

 

Rápidas

Paulo Guedes faz palestra para empresários em Fortaleza, nesta quinta, às 13h, no Espaço Coco Bambu por Toca. O ministro falará sobre “A Nova Economia do Brasil – O Impacto para a Região Nordeste” *** A procuradora de Justiça do Rio de Janeiro Cristina Costa lança, neste sábado, em sessão de autógrafos na Bienal do Livro, a obra Encruzilhadas (Chiado Books) *** A educadora Andrea Ramal, doutora pela PUC-Rio, faz tarde de autógrafos da terceira edição do livro Redação Excelente! Para Enem e Vestibulares nesta quinta-feira, no pavilhão 4 da Bienal, a partir das 15h30 *** Carlos Ribas e Chico Araújo cantam sucessos do Roupa Nova sexta-feira, 19h30, no Caxias Shopping *** Prossegue nesta quarta a Bio Latin America Conference 2019, no Grand Hyatt Hotel (SP). Gabriel Di Blasi, da Di Blasi, Parente & Associados, mediará o painel “Track Perspectivas – Propriedade intelectual como motorista para o crescimento econômico e empreendedorismo” *** Nesta sexta-feira, a partir das 12h, Prislla DJ apresenta Jazz & Bossa Nova no Yndú Beach Lounge *** A Academia Juvenil da Orquestra Petrobras Sinfônica se apresentará domingo, às 17h, no Carioca Shopping, com regência do maestro Felipe Prazeres.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Petrobras também foi ao mercado em Londres

Estatal criou subsidiária na década de 80 para atuar nas Bolsas.

Petroleiras ganham dinheiro no mercado, não com produção

Desde a década de 1980, companhias viraram empresas financeiras.

‘EUA do Mar’ seria considerado crime de lesa-pátria

Na terra de Biden, entregar navegação a estrangeiros é impensável.

Últimas Notícias

Senado só votará a reforma tributária em 2022

Relator da PEC, Roberto Rocha, cobra a leitura de seu relatório antes do fim do ano.

África tem potencial inexplorado de exportação de US$ 21,9 bilhões

Área de livre comércio da África pode proporcionar um crescimento econômico inclusivo considerável.

Prédio da Editora Três vai a leilão

Com quase 130 mil m², lance mínimo é de R$ 40 milhões.

Diálogo entre China e Reino Unido fortalece cooperação bilateral

O vice-primeiro ministro chinês Hu Chunhua realizou um diálogo via telefone nesta terça-feira, com o chanceler do tesouro britânico Rishi Sunak, sobre o avanço da cooperação prática bilateral.

TingHua cria experiência de degustação multissensorial de baijiu

A produtora de cachaças chinesas TingHua, localizada na cidade de Yibin na Província de Sichuan no sudoeste da China, lançou recentemente seu produto novo TingHua baijiu (um tipo de cachaça chinesa), que é caracterizada pela sua experiência única de degustação de cinco etapas.