Decreto tenta dar aparência legal a vendas de Temer

O Decreto 9.188, editado por Michel Temer em 1º de novembro, estabelece regras para desinvestimento de ativos pelas sociedades de economia mista...

O Decreto 9.188, editado por Michel Temer em 1º de novembro, estabelece regras para desinvestimento de ativos pelas sociedades de economia mista federais. “Desinvestimento de ativos é privatização. É a venda da Caixa Econômica, Banco do Brasil, Petrobras, Eletrobras, Correios e outras sociedades de economia mista. Tudo de valor da empresa poderá ser vendido sem autorização legislativa: de um prédio até as ações. Já os passivos, que são as dívidas por exemplo, não entram no negócio. Ou seja, só a parte boa será entregue. É mais uma forte investida contra o povo brasileiro”, explica a deputada federal Margarida Salomão (PT-MG), que protocolou nesta semana o Projeto de Decreto Legislativo 833/17, que susta o decreto presidencial.

O projeto da deputada denuncia a inconstitucionalidade da medida que, para ela, é a mais grave de todas já tomadas por Temer, pois entrega por nada a soberania do país e os bens construídos ao longo de décadas. “Não se desmancha só a herança dos governos petistas, mas o que foi feito pela sociedade brasileira desde Getúlio Vargas”, diz a deputada. “O Brasil corre o risco de, por uma canetada, entregar na bacia das almas a riqueza nacional”, acrescenta.

O decreto de Temer parece ter ainda uma intenção retroativa: dar uma aparência legal aos “desinvestimentos” que estão sendo feitos em sua gestão. O ex-ministro Ciro Gomes, possível candidato a presidente ano que vem, já avisou que vai cancelar as vendas danosas feitas por Temer. O senador Roberto Requião, outro presidenciável, avisou aos compradores que as privatizações são feitas ao arrepio da lei e que um novo governo vai anulá-las. Lula anunciou que convocará uma consulta popular para cancelar as privatizações de Temer. Assim o grupo que tomou o poder no Brasil tenta evitar, ou ao menos dificultar, que seus atos sejam questionados.

 

Liquidação – 1

O Governo Temer quer privatizar seis distribuidoras da Eletrobras por R$ 50 mil cada. Antes, a estatal assumirá R$ 11 bilhões em dívidas de suas subsidiárias. Alegam que as empresas dão prejuízo. Como companhia privada não é instituição de caridade, os compradores ou exigirão aumento das tarifas, ou subsídios da União.

 

Liquidação – 2

A quarta rodada de leilões de áreas do pré-sal foi marcada para junho do ano que vem, quatro meses antes de as urnas decidirem o destino do país.

 

Ativos

A gestora de ativos na área de logística LOGZ está à procura de investidores/compradores. Um de seus principais investimentos é uma participação no Porto Itapoá (SC). A empresa tinha um grande projeto em parceria com a Odebrecht (Arco Norte de exportações), o qual deixou de lado quando veio à tona o escândalo da Lava Jato.

 

Se colar…

A Sem Parar informa que o aumento na mensalidade de seu tag eletrônico, que permite passagem por pedágios e estacionamentos de shoppings, ocorreu porque o plano clássico foi extinto. Em seu lugar, criou um mais caro, com alguns direitos extras. Mas o cliente que preferir não migrar pode ficar no plano básico, sem aumento.

 

Rápidas

Presidente do Conselho da Anahp e recém-empossado como presidente da International Hospital Federation (IHF), Francisco Balestrin recebe Eric de Roodenbeke, CEO da IHF, em São Paulo no próximo dia 22. Roodenbeke vai comandar a plenária “O Executivo de Saúde no Futuro: O Futuro do Executivo de Saúde” durante o 5º Congresso Nacional de Hospitais Privados (Conahp), que acontecerá no WTC de 22 a 24 de novembro *** A Agência Espacial Brasileira (AEB) inaugura terça-feira, às 15h30, em Parnamirim (RN), o primeiro Centro Vocacional Tecnológico Espacial do Brasil. O objetivo do centro é incentivar estudantes a atuarem nas áreas espacial e de ciência e tecnologia *** Papai Noel chega ao Carioca Shopping no feriado, dia 15. E no Shopping Grande Rio, o Bom Velinho chega após um show gratuito de Patati e Patatá, neste sábado *** O IAG – Escola de Negócios da PUC-Rio realiza dia 27, a partir das 14h30, a primeira edição do evento Universidia PMI Rio, em parceria com o Project Management Institute. O objetivo é levar conhecimento sobre gerenciamento de projetos a profissionais juniores e estudantes universitários. Inscrições gratuitas em www.eventbrite.com.br/e/universidia-tickets-39659722297 *** CineBrasilTV e Globosat no 13º Ciclo de Como Apresentar seu Projeto para TV. Será dias 11, 12, 13 e 14 de dezembro. Informações pelos telefones (21) 3497-7620 ou 3497-7621.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Bolsonaro invade TV Brasil

Programação foi interrompida 208 vezes em 1 ano para transmissão ao vivo com o presidente.

FMI: 4 fatores ameaçam inflação

Fundo acredita que preços deem uma trégua no primeiro semestre de 2022, mas...

Pandora Papers: novos atores nos mesmos papéis

Investigação mostra que pouco – ou nada – mudou desde 2016.

Últimas Notícias

TSE forma maioria contra cassação da chapa Bolsonaro-Mourão

PT, PCdoB e PROS pedem cassação da chapa por cometimento de abuso de poder econômico e uso indevido dos meios de comunicação.

IGP-M acumula inflação de 21,73% em 12 meses

Alta da taxa de setembro para outubro foi puxada pelos preços no atacado.

Mirando agora na PEC dos Precatórios

Ultrapassada a decisão do Copom, investidores vão mirar na avaliação da PEC cheia de 'jabutis' que ainda não foram retirados.

Funcionalismo público: críticas e realidade da categoria

Por Relly Amaral Ribeiro.

Scheer Churrasqueiras dobra vendas na pandemia

Empresa lançou 25 itens em sua linha residencial.