Defenda a democracia no Brasil

A democracia está sob ataque no Brasil, sustenta a poderosa International Trade Union Confederation (Ituc), a Confederação...

A democracia está sob ataque no Brasil, sustenta a poderosa International Trade Union Confederation (Ituc), a Confederação Sindical Internacional, maior união de sindicatos do planeta. A entidade entrou de cabeça na campanha em apoio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que será julgado nesta quarta-feira pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), em Porto Alegre. Sharan Burrow, secretária-geral da Ituc, sustenta que a corte de apelação vai decidir sobre acusações falsas e com motivação política. “Eles desejam um veredito de culpado para impedi-lo de participar das eleições novamente, destruir sua reputação e remover sua influência”, acusa a sindicalista.

A entidade lidera a campanha “Stand with Lula. Stand up for democracy in Brazil” (Fique com Lula. Defenda a democracia no Brasil, que recebe adesões em www.standwithlula.org/). A Ituc afirma que a deposição de Dilma Rousseff foi um golpe parlamentar em que um grupo de políticos corruptos tomou o poder para implementar uma agenda de medidas contra a população, inclusive a tentativa de mudar o conceito de trabalho escravo, destruindo o que foi feito pelo ex-presidente em seus dois governos. “Os opositores a Lula estão engajados em um julgamento pela mídia, na mais extraordinária campanha de difamação contra uma figura pública na história do país” (pequeno exagero: ignoram a campanha contra Getúlio Vargas).

O povo brasileiro viu que é possível. Sob a liderança de Lula, o gosto da prosperidade compartilhada deu a todos a esperança. Desde que os colegas de negócio de Temer tomaram as rédeas, 22 milhões de pessoas estão agora abaixo da linha de pobreza, e uma em cada cinco famílias não tem renda alguma! Isto é inacreditável em um país rico”, criticou Sharan Burrow. A Ituc representa 202 milhões de trabalhadores em 163 países e territórios. Conta entre seus filiados com a poderosa AFL-CIO norte-americana. CUT, Nova Central, UGT e CNPL são as entidades brasileiras que integram a Confederação Internacional, cujo presidente é João Antonio Felicio, ex-presidente da CUT.

 

Burocracia

O ano mal começou e as micro, pequenas e médias empresas brasileiras já perderam mais de um dia de trabalho dedicado com tarefas administrativas, gerando um prejuízo de R$ 4,6 milhões em produtividade. As tarefas administrativas chegam a custar mais de R$ 79 bilhões por ano às pequenas empresas do Brasil. A informação é do Termômetro de Produtividade da Sage para MPMEs, lançado pela multinacional britânica de software de gestão.

A ferramenta online calcula o custo do tempo alocado pelos donos de pequenos negócios de 11 países com afazeres como emissão de notas, pagamentos, recrutamento e RH e contabilidade ao longo do ano. A cada segundo, o Brasil desperdiça R$ 2.518; o mundo, US$ 19.292; por ano, são US$ 607 bilhões em perda de produtividade.

No Brasil, as pequenas empresas gastam mais de 20% das horas de trabalho de seus funcionários exclusivamente com atividades ligadas à área administrativa.

A entrada do eSocial – novo sistema de envio de informações de folha de pagamento e encargos trabalhistas – além das novas regras do Simples Nacional, que passaram a valer desde o início do ano, tendem a burocratizar ainda mais a gestão das empresas em 2018.

 

Rápidas

O Almoço do Empresário da Associação Comercial do Rio de Janeiro (ACRJ) no próximo dia 2 será com palestra do ministro da Fazenda, Henrique Meirelles *** Rafa Prado é o primeiro patrocinador pessoa física da Camarote Bar Brahma, no Carnaval de São Paulo, em 18 anos que o espaço existe. Ele divulgará sua marca pessoal *** Nesta sexta-feira, a happy hour do Caxias Shopping (RJ) será ao som de sucessos da Black Music nacional e internacional com o cantor Josh Mille. A partir das 19h30 *** A posse de Flavio Amary, que foi reconduzido à presidência do Secovi-SP (Sindicato da Habitação) para o seu segundo mandato (biênio 2018/2020), será no dia 31, com as presenças do governador Geraldo Alckmin e do prefeito João Doria Jr. *** Daniel Scuzzarello assume como diretor de Portfólio da Siemens PLM, com atuação na América do Sul *** Em entrevista a uma rede de televisão norte-americana, o ministro Meirelles disse que Lula lidera as intenções de voto porque as pessoas “têm boa lembrança de seu governo”. Só faltou completar: “Eu fiz parte dele, eu fiz parte dele!”

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Estaleiros darão a volta por cima

Indústria naval brasileira sofre com política do Governo Bolsonaro.

‘Empreendedores’ fecham suas empresas

Aumentou 35% número de negócios fechados em 2021.

Por que mexer no ICMS e manter dividendos elevados?

Acionistas ganham em dividendos tanto quanto toda a população perderia com corte no imposto.

Últimas Notícias

Clorin ganha destaque nos lares e empresas brasileiras

A empresa amplia distribuição da marca Milton no Brasil.

Tokenização: conceitos e casos de uso dessa tecnologia

BC e CVM acompanharão ao longo deste ano as operações dos projetos aprovados nos respectivos sandboxes regulatórios

Sim Pro Samba homenageia Lula Gigante

O Sim Pro Samba começa às 18h30, na Praça dos Professores. Gratuito!

Solução para o investidor no cálculo e declaração do IR

Usufruir de serviços automatizados para o cálculo e o pagamento de DARFs,

CVM divulga estudo sobre ESG e o mercado de capitais

Relação entre o mercado de capitais e o tema sustentabilidade,