Definições de Dilma

A alegação do ministro da Articulação Política, Luiz Sérgio, de que a não concessão de aumento real ao salário mínimo este ano seria uma espécie de garantia aos trabalhadores de que, quando o índice fosse favorável aos beneficiários, as regras poderiam ser mudadas, além de revelar um estilo burocrático de fazer política, lança uma insegurança sobre as relações do Governo Dilma com o mundo do trabalho. Aumento de salário não é um problema apenas sindical ou dos trabalhadores. É, antes de tudo, uma definição de modelo econômico e desejo de coesão social. Se o novo governo trata a questão como concessão, isso não só contraria o discurso de campanha, como aponta para a continuidade de um modelo que, ao deprimir o mercado interno, limita o crescimento do Brasil

Disparada
O fenômeno das corridas de rua cresce a galope. Segundo levantamento da Federação Paulista de Atletismo (FPA), ano passado, 374 provas foram realizadas no Estado de São Paulo em 2010, contra 301 em 2009, crescimento de 24,3%, o maior avanço dos últimos quatro anos. Das 374 provas identificadas, a FPA oficializou e regulamentou 287 (76,74%), enquanto 87 (23,26%) foram consideradas irregulares por não cumprirem todas as recomendações da entidade. Participaram dos eventos oficiais 416.210 corredores, 3,67% mais sobre o ano anterior: “Mesmo com essas dificuldades, o crescimento de 2010 foi espantoso”, afirmou o presidente da FPA, José Antonio Martins Fernandes, o Toninho.

Segurança
A meta da FPA é aumentar o número de provas regulares a cada ano, para garantir a segurança do corredor: “O objetivo é que se cumpra a Lei Federal (Código Nacional de Trânsito), em que os departamentos de trânsito, federações estaduais ou confederações emitam o alvará da competição em conjunto, para que os itens de segurança e saúde sejam cumpridos. O problema maior é que muitos secretários de esportes, prefeituras e organizadores não seguem a lei, quando deveriam ser os primeiros a cumprir”, destacou Toninho.

Corrida ao interior
Das 287 corridas consideradas oficiais, 117 aconteceram na capital e 170 no interior do estado. As provas na cidade de São Paulo cresceram 23% na comparação com o ano anterior (de 94 para 117). Já no interior, a evolução alcançou 16,5% (de 146 para 170).
A primeira metade da década passada foi marcada por elevado número de novas corridas de rua no estado. Em 2001, apenas 11 provas eram oficialmente reconhecidas pela FPA. Esse número saltou para 168 em 2005, pulando para 287 oficiais da atualidade.

Chance única
Apesar dos problemas na relação com o Detran-RJ – os donos foram denunciados pelo Ministério Público por crime contra a ordem econômica – o grupo Facility se prepara para disputar a privatização dos serviços de vistoria feitos pelo órgão de trânsito fluminense. A licitação ainda não está pronta, mas quem se prepara com mais afinco, sai na frente.

“Pool”
Os donos do Facility – maior fornecedor de mão-de-obra do Governo do Estado do Rio -são acusados de usar um pool de 15 empresas para ganhar licitações fraudulentas no Detran de 2003 a 2009. Só em 2009, os contratos chegaram a R$ 701 milhões, equivalentes a 42,33% das contratações.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anterior2011 já era
Próximo artigoRisco zodiacal

Artigos Relacionados

Brics+ será gigante em alimentos e energia

Bloco ampliado desafia EUA rumo a nova ordem mundial.

Para combater Putin, adeus livre mercado

Teto para preço do petróleo é nova sanção desesperada do G7.

Inflação engorda lucros de bilionários de energia e alimentos

Fortunas dos ricaços desses 2 setores aumentaram US$ 1 bilhão a cada 2 dias desde 2020.

Últimas Notícias

Triste realidade

Em cada 4 bairros do Rio, 1 tem milicianos ou traficantes

Pré-candidatura de Ceciliano ao Senado ganha apoio na Região Serrana

Prefeito do PSB vira as costas para candidato do partido.

Informalidade atinge 40,1% da população ocupada

Segundo IBGE, desemprego caiu para 9,8%; rendimento fica estável.

Empresas buscam alternativas para captar recursos

Por Luciano Camargo Neves.

Bacen chinês enfatiza importância de apoio financeiro à economia real

O banco central da China disse nesta quarta-feira que irá construir um mecanismo eficaz para fornecer apoio financeiro à economia real.