Deletado

A adesão às teses do tucanato continua provocando estragos na base social do PT. A chapa 1, ligada à Articulação, corrente majoritária no partido, acaba de ser derrotada na eleição para o sindicato dos trabalhadores em informática do Rio de Janeiro (Sindpd-RJ). A Chapa 2, da oposição, teve 1.210 votos contra 1.132 para a situação, numa eleição quem teve 2.455 votantes.

Desprezo&semente
A culpa pela frieza que marca as eleições deste fim de semana em todo o Brasil não deve ser atribuída ao eleitorado. Os brasileiros, que há dois anos acorreram com entusiasmo às urnas com o objetivo de retomar o controle sobre os destinos do seu país, não merecem tal acusação. A abulia que predominou durante a campanha se assenta na pasteurização da maioria dos candidatos, que se permitiram ser rebaixados a produtos de consumo, transferindo para marqueteiros a tarefa de “mexer” com o eleitor.
Se diante de uma das maiores crises sociais vividas pelo país, com o desemprego efetivo atingindo um quarto da população, a saúde aos pedaços, a educação reduzida às estatísticas sobre o número de crianças matriculadas e a violência cada vez mais ocupando o papel do verdadeiro risco Brasil, candidatos preferem se apresentar como habitantes do mesmo país governado pelos doutores pangloss, cabe ao eleitor apenas respondê-los com o desprezo. E, no nível em que for possível em cada cidade, garimpar com as lupas da esperança aqueles que, ainda que não vencendo em 2004, plantem a semente que permita resgatar mudanças efetivas em 2006.

Emprego
As tendências do emprego no Brasil serão objeto de debate durante o 10º Congresso do Coppead, que se realizará de 7 a 8 de outubro no Jóquei Club do Rio. José Pastore (USP), José Márcio Camargo (Tendências) e João Roberto Lopes (Ibase) confrontam, no último painel do evento, suas projeções sobre o tema.

Quatro a um
O Brasil consome cerca de 400 milhões de toneladas de agregados para construção (areia e pedra britada) por ano. Os Estados Unidos, mais de 2 bilhões de toneladas. Isto dá um consumo anual por habitante de duas toneladas para o brasileiro e de oito toneladas para o norte-americano. “O consumo de agregados é medida de desenvolvimento econômico de uma nação”, explica Fernando Mendes Valverde, diretor-executivo da Anepac, entidade do setor que realiza o II Seminário Internacional sobre Agregados para Construção Civil, de 25 a 28 de outubro, no Royal Palm Plaza Hotel em Campinas (SP).

Barrados
O Mercedes Classe A mudou totalmente, mas só na Europa. A exemplo de modelos de outros fabricantes – como o Golf, da Volkswagen, e o Astra, da General Motors – as novas versões não vão chegar ao Brasil. A alegação é de que o mercado brasileiro de veículos de porte médio está fraco e não traria retorno aos investimentos necessários para a atualização dos modelos. O Classe A foi “totalmente reprojetado”, segundo a diretoria da Daimler Chrysler: é 23cm mais comprido, 5cm mais largo e terá opção de câmbio automático de velocidade variável, semelhante ao que equipa o Honda Fit no Brasil. Na Europa os preços variarão de 18 mil euros a 26 mil euros  (de R$ 63 mil a R$ 91 mil) – longe dos padrões dos bolsos brasileiros.

Top
Foi prorrogado até 16 de outubro o prazo de entrega dos casos que irão concorrer ao Prêmio Top Social 2004 da Associação dos Dirigentes de Marketing e Vendas do Brasil (ADVB). As empresas vencedoras serão conhecidas no dia 30 de novembro junto com o Prêmio Personalidade Política 2004, que teve como vencedor o ministro da Casa Civil, José Dirceu.

Sol
Será instalado na Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC-MG) o primeiro simulador solar da América Latina. O investimento, de R$ 2,5 milhões, será custeado pela Eletrobrás, com recursos doados pelo Banco Mundial (Bird), por meio do Fundo Mundial para o Meio Ambiente (GEF). O equipamento simula as condições climáticas ideais para a realização de testes em coletores solares para aquecimento de água. Os testes são necessários para que os produtos recebam o Selo Procel e a etiqueta do Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro).

Por impulso
Cerca de 80% dos consumidores experimentam novos produtos por causa de ações promocionais e demonstração de produtos em super e hipermercados. Os dados constam de pesquisa realizada, em 2003, pela Popai Brasil, com 1.860 consumidores em 31 lojas de Rio, São Paulo, Belo Horizonte e Porto Alegre.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorDigas-me quanto gastas
Próximo artigoCastigo

Artigos Relacionados

Brics+ será gigante em alimentos e energia

Bloco ampliado desafia EUA rumo a nova ordem mundial.

Para combater Putin, adeus livre mercado

Teto para preço do petróleo é nova sanção desesperada do G7.

Inflação engorda lucros de bilionários de energia e alimentos

Fortunas dos ricaços desses 2 setores aumentaram US$ 1 bilhão a cada 2 dias desde 2020.

Últimas Notícias

Pré-candidatura de Ceciliano ao Senado ganha apoio na Região Serrana

Prefeito do PSB vira as costas para candidato do partido.

Informalidade atinge 40,1% da população ocupada

Segundo IBGE, desemprego caiu para 9,8%; rendimento fica estável.

Empresas buscam alternativas para captar recursos

Por Luciano Camargo Neves.

Bacen chinês enfatiza importância de apoio financeiro à economia real

O banco central da China disse nesta quarta-feira que irá construir um mecanismo eficaz para fornecer apoio financeiro à economia real.

Ambiente de negócios chinês aumenta confiança de empresas estrangeiras

Os esforços da China no aprimoramento do ambiente de negócios aumentaram a confiança das empresas estrangeiras, fortalecendo as suas determinações em expandir o investimento na China, segundo o Conselho Chinês para Promoção do Comércio Internacional (CCPIT).