Depósitos elegíveis à garantia chegaram a R$ 3,3 tri em novembro

Volume total de depósitos cobertos pela garantia, teve variação positiva de 0,27%.

De acordo com o Censo Mensal de novembro, publicação do Fundo Garantidor de Créditos (FGC), entidade que administra o mecanismo de proteção aos depositantes e investidores de instituições financeiras associadas, os depósitos elegíveis à garantia totalizavam em novembro quase R$ 3,3 trilhões. Com a limitação da garantia ordinária em até R$ 250 mil, a cobertura do FGC alcançava, no mesmo período, R$ 1,7 trilhão, sendo aproximadamente R$ 97,1 bilhões de produtos totalmente garantidos distribuídos via corretoras.

Ainda de acordo com o Censo Mensal do FGC, os depósitos em CDB, RDB e outros tiveram um aumento de 7,44% em novembro em comparação com o mesmo período do ano anterior. O volume total de depósitos cobertos – fechou o mês com variação mensal positiva de 0,27%, o que representa um acréscimo de R$ 4,6 bilhões de depósitos e investimentos cobertos pela garantia – ordinária e especial – prestada pela entidade. Em comparação com o mesmo período de 2020, houve um aumento de 5,78%, o que representa um incremento de mais de R$ 95 bilhões no total de depósitos cobertos.

As instituições financeiras identificam seus clientes pelo Cadastro de Pessoa Física (CPF) e, as empresas, pelo Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ), sendo este código utilizado para abertura de contas de depósitos ou investimentos.

Para o Censo, cada instituição associada consolida os dados de seus clientes por meio do CPF e do CNPJ, e enviam ao FGC sem a identificação do cliente. O FGC agrupa as informações de todas as instituições, assim, se uma pessoa possuir mais de uma conta corrente ou investimentos em mais de uma instituição financeira, ela pode ser contada mais de uma vez. Neste cenário, em números absolutos, 417 milhões de contas se encontravam 100% cobertas, correspondentes a 99,7% do total de quase 418 milhões de contas existentes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Safra de soja 2021/22 tem previsão de 126,18 mi de t

Estudo projeta 116,10 mi de t para as duas safras de milho.

Reservatórios fecham junho com o melhor índice em 10 anos

Período seco está iniciando o seu terceiro mês e afluências devem ficar abaixo da média na primeira semana de julho.

Semana promete com agenda econômica importante lá fora

No Brasil, os destaques ficam com a percepção de que as rachaduras no Teto de Gastos são irrecuperáveis.

Últimas Notícias

Safra de soja 2021/22 tem previsão de 126,18 mi de t

Estudo projeta 116,10 mi de t para as duas safras de milho.

China intensifica esforços para aliviar carga tributária das empresas

Os ministérios da China lançaram uma série de políticas de apoio, com o objetivo de manter as empresas e os negócios autônomos à tona, em meio à epidemia de COVID-19, com foco no corte de taxas e impostos.

Reservatórios fecham junho com o melhor índice em 10 anos

Período seco está iniciando o seu terceiro mês e afluências devem ficar abaixo da média na primeira semana de julho.

China lançará esquema de conexão de swap de juros Continente-HK

O banco central chinês, o Banco Popular da China (PBOC), anunciou na segunda-feira a aprovação de três instituições de infraestrutura financeira para desenvolver um esquema de acesso mútuo conectando os mercados de swap de taxas de juros do continente chinês e da Região Administrativa Especial de Hong Kong (HKSAR), informou Xinhua Finance nesta segunda-feira.

Presidente do Egito inaugura teste de VLT fabricado na China

O primeiro sistema de transporte Veículo Leve sobre Trilhos Eletrificados (VLT) do Egito, construído em conjunto por empresas chinesas e egípcias, começou seu teste no domingo.