27.9 C
Rio de Janeiro
quinta-feira, janeiro 21, 2021

Deputado defende redução no pedágio na Via Lagos

Anderson Moraes

O deputado estadual Anderson Moraes (PSL) é um dos autores da indicação, aprovada na Alerj nesta quinta-feira, que autoriza o Governo do Estado a encampar a Via Lagos. A proposta, segundo ele, tem o objetivo de reduzir o valor cobrado hoje pelo pedágio na via, o mais caro do Brasil. O deputado argumenta ainda que os investimentos feitos pela concessionária que administra a Via Lagos não justificam o alto custo do pedágio, que fica mais caro ainda nos finais de semana.

 

Atendimento bancário para surdos

Projeto de lei assinado pelo presidente da Alerj, deputado André Ceciliano (PT), pede a criação de um sistema de mensagens eletrônicas de texto para o cancelamento de serviços bancários por parte de usuário com deficiência auditiva. Segundo o parlamentar, pessoas com deficiência auditivas estão enfrentando dificuldades junto aos bancos para encerrar conta, cancelar e bloquear cartões e ter acesso a serviços de atendimento ao consumidor. Esse novo canal, defende, vai minimizar essa dificuldade.

 

Punição para maus-tratos a animais

O Governo Federal sancionou lei que torna crime os maus-tratos a animais, com pena de prisão, inclusive. Mas o deputado estadual Marcelo Cabeleireiro (DC) quer uma punição ainda maior. Ele apresentou projeto de lei na Alerj obrigando que toda pessoa ou entidade praticante de crime caracterizado como maus-tratos a animais tenham que arcar com os custos do tratamento veterinário e recuperação do animal.

 

Distribuição gratuita de absorventes

O deputado Jair Bittencourt (PP) é o autor do projeto de lei, em tramitação na Alerj, que assegura a distribuição gratuita de absorventes às mulheres carentes. Pela proposta, o Governo do Estado deverá promover parcerias entre órgãos públicos, sociedade civil e a iniciativa privada para garantir a distribuição gratuita de absorventes higiênicos às mulheres em locais de fácil acesso.

 

Câmara prorroga vigência do app Táxi.Rio

A Câmara Municipal do Rio aprovou a proposta do presidente da Casa, vereador Jorge Felippe (DEM), para a continuidade da plataforma Taxi.Rio, já em operação. Segundo o vereador, o aplicativo trouxe diversos benefícios para a cidade, motoristas e passageiros, como a estimativa de preço para o usuário, a avaliação do profissional e a coleta de informações para nortear políticas públicas.

 

Batismo com olho nas eleições

De olho na reeleição, o vereador carioca Willian Coelho (DC) apresentou projetos de lei batizando 12 ruas de um loteamento em Paciência, na Zona Oeste do Rio. Quer fazer média com familiares e amigos dos homenageados. E ganhar uns votinhos também.

Artigos Relacionados

Deputadas querem evitar reajuste nos trens

Aumento previsto de 25% a partir de 2 de fevereiro no Rio.

Alerj: novos deputados mudam composição da Mesa

Houve mudança na representatividade dos partidos.

Alerj com vaga garantida para André Ceciliano

Eleição da Mesa Diretora ocorrerá no primeiro dia de fevereiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Mercado reagirá ao Copom e problemas internos

Na Europa, Londres teve alta de 0,41%. Frankfurt teve elevação de 0,77%. Paris teve ganhos de 0,53%.

EUA: expectativa por novos estímulos fiscais traz bom humor

Futuros dos índices de NY estão subindo, mesmo após terem atingidos novos recordes históricos no fechamento do pregão anterior.

Ajustando as expectativas

Bovespa andou na quarta-feira na contramão dos principais mercados da Europa e também dos EUA.

Sudeste produz 87,5% dos cafés do Brasil em 2020

Com mais de 55 milhões de sacas a região é a principal responsável pela maior safra brasileira da história.

Exportação de cachaça para mercado europeu cresceu em 2020

Investimentos será de R$ 3,4 milhões em promoção; no Brasil, já cerveja deve ficar entre 10 e 15% mais cara em 2021.