Deputado pede tombamento para evitar venda

Paes quer fim de escola na orla de Copacabana.

O prefeito Eduardo Paes resolveu desapropriar o prédio da Escola Municipal Doutor Cícero Penna, na Avenida Atlântica, 1.976, esquina com a Rua República do Peru, ponto nobre de Copacabana. Assim que soube disso, o deputado estadual Dionísio Lins (PP) entrou com projeto na Alerj pedindo o tombamento do imóvel para evitar a sua demolição. Na Câmara Municipal do Rio também já há um movimento para impedir o fechamento da escola, que foi inaugurada no governo de Carlos Lacerda e ainda conserva boas instalações para os alunos, além da vista privilegiada.

 

Procurador da Lava Jato na mira

O deputado estadual Marcos Abrahão (Avante) diz ter recebido com estranheza a informação de que o procurador Deltan Dallagnol, que atuou na Lava Jato ao lado do juiz Sérgio Moro, teria comprado um apartamento por R$ 1,8 milhão, dando R$ 900 mil de entrada. O deputado entrou com requerimento na Alerj para saber a origem do dinheiro usado pelo procurador. Na época da Lava Jato, o contracheque de Dallalgnol foi divulgado. Ele recebia R$ 33,6 mil mensais mais R$ 910 de auxílio-alimentação e R$ 2.158 de auxílio-pré-escolar.

 

Auxílio para guia de turismo

Em tempos de pandemia e distanciamento social, um dos setores mais atingidos foi o do turismo. Depois de muito insistir, a presidente da comissão de Turismo da Alerj, deputada Alana Passos (PSL), conseguiu uma sinalização do Governo do Estado para incluir os guias de turismo na lista dos profissionais com direito ao pagamento de auxílio emergencial.

 

Márcio Santos
Márcio Santos

Transparência nos postos de combustíveis

Com o preço dos combustíveis nas alturas e muita desconfiança dos consumidores na hora do reabastecimento, o vereador carioca Márcio Santos (PTB) está propondo, através de projeto de lei, que as mangueiras utilizadas no abastecimento dos veículos sejam constituídas de material transparente. Assim, o motorista poderá conferir o que está indo para o tanque.

 

Aberto processo de cassação do doutor

O relator do processo de cassação do vereador Dr. Jairinho no Conselho de Ética da Câmara Municipal do Rio, vereador Luiz Ramos Filho (PMN), descarta a ida ao presídio para colher depoimento do acusado. Ele abriu, como determina o Regimento Interno da Casa, prazo de dez dias para o Dr. Jairinho apresentar defesa escrita e provas. Aliás, Jairinho, quando foi eleito vereador pela primeira vez, ainda era estudante de Medicina e adotou o “Dr.” como prenome antes mesmo de colocar a mão no diploma.

Artigos Relacionados

Deputado pede isenção de ICMS para botijão de gás

Luz, combustíveis e cesta básica também têm alíquotas muito superiores às dos outros estados brasileiros.

Finlândia quer atrair imigrantes

Com preços altos e clima frio, missão não é das mais fáceis.

Indústria do Brasil cai menos que mundial na pandemia

‘Soluço’ não detém trajetória de queda iniciada no final dos anos 1980.

1 COMENTÁRIO

  1. SERÁ QUE ESSE DEPUTADO NÃO TEM OUTRA COISA MAIS IM PORTANTE PARA FAZER, COMO POR EXEMPLO SE PREOCUPAR COM A SAÚDE DOS HABITANTES DESTA CIDADE QUE MORREM NAS FILAS DOS HOSPITAIS POR FALTA DE RECURSO?
    O PROCURADOR COM O SALÁRIO QUEM GANHA PODERIA COMPRAR ATÉ POR MAIS DESDE QUE FIZESSE ECONOMIA. E O DEPUTADO O QUE TEM COMPRADO NOS ÚLTIMOS ANOS COM O QUE GANHA? SERÁ QUE A RECEITA FEDERAL PODERIA INVESTIGÁ-LO? SERÁ QUE ELE ESTÁ TÃO CERTINHO?
    ?????????.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

LDZ Escola abre curso de animação digital 2D da ToonBoom Animation

Arte digital e cultura nerd beneficiam saúde e qualidade de vida.

Vendas Club traz conteúdo exclusivo para todo o Brasil

Propósito é prestar serviço para profissionais se manterem atualizados sobre o cenário de vendas.

Imóveis comerciais: segmento deve reaquecer de forma gradual

Desaquecimento por imóveis comerciais ocorreu por causa do home office imposto pelas restrições sanitárias.

PADTEC HOLDING S.A. – FATO RELEVANTE – 24 de junho de 2021

Padtec apresenta informações adicionais sobre atraso na divulgação dos resultados do 1T21.

Juros em alta atrairão US$ 21 bilhões de capital especulativo

Banco Central melhora projeção de crescimento e ingresso de investimentos estrangeiros.