Deputado quer um novo hino para o Rio de Janeiro

Deputados da Alerj propõem mudanças no Rio de Janeiro: novo hino, combate à desordem urbana e separação das tarifas de água e esgoto.

329
deputado Átila Nunes

Você conhece a letra do Hino do Estado do Rio de Janeiro? O deputado Átila Nunes (PSD) acredita que não. Ele apresentou um projeto de lei na Alerj para que um novo hino seja adotado, por licitação. O deputado argumenta que a população fluminense não se identifica com o atual hino, composto em 1889.


Comissão terá mais 90 dias

O plenário da Alerj decidiu esta semana prorrogar por mais 90 dias o funcionamento da Comissão Especial de Combate à Desordem Urbana, presidida pelo deputado Alan Lopes (PL). Os deputados Rodrigo Amorim (União) e Fillippe Poubel (PL) também fazem parte da comissão. Eles apuram denúncias sobre abusos na atuação de reboques, blitzes e agentes de trânsito nos municípios fluminenses.


Olho nos prazos

Quem pretende se candidatar nas eleições municipais de outubro tem que ficar de olho nos prazos determinados pelo TSE. Até o dia 5 de abril, parlamentares podem mudar de partido sem perder os mandatos. O dia 6 de abril é o último dia para os pré-candidatos se filiarem a um partido e para mudança de domicílio eleitoral.


Separando água potável do esgoto

deputado Carlinhos BNH

O deputado Carlinhos BNH (PP) é o autor do projeto de lei, apresentado na Alerj, que proíbe a cobrança unificada da tarifa de água e de esgoto. O objetivo, segundo o parlamentar, é que na conta venha discriminado o valor exato de cada serviço. Segundo ele, em muitos municípios, especialmente na Baixada Fluminense, o fornecimento de água é deficiente, e o tratamento de esgoto reduzido ou inexistente, ainda assim os serviços são cobrados sem que o consumidor saiba exatamente o preço de cada um deles.

Espaço Publicitáriocnseg

Dia do artesão

O Dia do Artesão foi comemorado na última terça-feira, 19 de março. Na Alerj, a deputada Célia Jordão (PL) conseguiu a aprovação do projeto de lei que declara a feira Rio Artes Manuais como Patrimônio Histórico, Cultural e Imaterial do Estado do Rio de Janeiro. Maior feira de capacitação em artesanato do país, com espaço também para exposição e negócios, a Rio Artes Manuais faz parte do calendário oficial de eventos da cidade do Rio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui