27.9 C
Rio de Janeiro
quinta-feira, janeiro 21, 2021

Descompasso

É cada vez maior o descolamento entre as exigências que o FMI e os Estados Unidos querem impor ao governo Eduardo Duhalde e a opinião pública argentina. Pesquisa da consultoria Hugo Haime e Associados indica que 65% dos argentinos são favoráveis à reestatização das empresas privatizadas. Além disso, 60% dos argentinos defendem que o país deve cancelar definitivamente o pagamento da dívida externa. Somente 34% são favoráveis à retomada do pagamento. As negociações de novo acordo com o FMI são repudiadas por 37%.

Negócios da China
Depois de 18 anos ausente do maior mercado do mundo, o Brasil participa, entre os próximos dias 2 e 5,  da Brazil Trade Fair 2002, em Xangai, na China. A última exposição de produtos brasileiros na China foi, em 1984, em Pequim. Organizada pela Câmara de Comércio e Indústria Brasil-China, a feira vai reunir, durante quatro dias, 57 empresas de agrobusiness, biotecnologia, construção civil, telecomunicações, informática, mineração e siderurgia. Entre as presenças confirmadas, Petrobras, Embraer e Souza Cruz.

Máquina
Em entrevista à rádio CBN, quinta-feira, o governador do Rio e provável candidato do PSB à Presidência da República, Anthony Garotinho, se queixou de que seus futuros adversários podem se dedicar integralmente à campanha. Chegou a dizer que Lula é um “desocupado”. Explicou que enquanto não deixa o governo, no próximo dia 5, acumula a pré-candidatura com a tarefa de administrar o estado e exemplificou: estava inaugurando diversas obras em Campos, Macaé e outras cidades do Norte fluminense. Antes de ser um problema, a queixa de Garotinho é quase uma confissão do uso da máquina do estado na campanha.

Investimentos
Circula na Internet interessante história sobre perdas no mercado acionário: se uma pessoa tivesse comprado, em janeiro de 2000, US$ 1 mil em ações da Nortel Networks, um dos gigantes da área de telecomunicações, hoje teria US$ 59; se tivesse aplicado em ações da Lucent Technologys, outro gigante do setor, hoje teria US$ 79. Agora, se tivesse comprado, há um ano, US$ 1 mil em Skol (em cerveja, não em ações), bebido tudo e vendido as latinhas vazias, hoje teria US$ 80. Conclusão da mensagem internauta: “No cenário econômico atual, você perde menos dinheiro ficando sentado e bebendo cerveja o dia inteiro…”
Barriga
Como histórias circulam na Internet sem data fixada, a reproduzida acima merece reparação nos números: as ações da Nortel Networks valeriam ontem US$ 44; as da Lucent, US$ 90. Já as latinhas vazias, vendidas a peso (60 latinhas formam um quilo), valeriam cerca de US$ 41 – além do prazer da bebida e, efeito colateral, da barriga. Mesmo com as correções, vale como exemplo de a quanto foi parar a “exuberância irracional” do mercado de ações norte-americano.

Oráculos
A financeirização da economia e os surtos adivinhatórios sobre o próximo governo contaminam de tal forma a economia que até evento de setores ligados à economia real, como o 4º Fórum Internacional da Alimentação Fora do Lar, que começa em São Paulo, no início do mês que vem, optou por convidar um especialista do “mercado”, o economista chefe do Lloyds TSB, Odair Abate, para abrir o evento. Abate vai analisar “as perspectivas e a evolução da economia nacional no contexto das eleições do final do ano”. Estarão presentes representantes de restaurantes, padarias, lanchonetes, redes de fast food, lojas de conveniência, hotéis e motéis.

À míngua
Pesquisa entre os mestres e os doutores formados no Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa), em Manaus, revelou que 43% gostariam de se fixar na Amazônia, região que tem o maior instituto de pesquisas em biologia tropical do mundo. A maioria, porém, não o faz por falta de incentivo. Embora o curso de mestrado e doutorado de Ecologia seja considerado de excelência pela Capes, somente tem direito a cinco bolsas de estudo. Além disso, algumas das bolsas concedidas em 2001 não foram renovadas.

Artigo anteriorPúblico & privado
Próximo artigoKafkaniano
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

É hora de radicalizar

Oposição prioriza impeachment, mas sabe aonde quer chegar?.

Soja ameaça futuro do Porto do Açu

Opção por commodities sobrecarrega infraestrutura do país.

Grande produtor rural não paga impostos

Agronegócio alia força política a interesses do mercado financeiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Exportação de cachaça para mercado europeu cresceu em 2020

Investimentos será de R$ 3,4 milhões em promoção; no Brasil, já cerveja deve ficar entre 10 e 15% mais cara em 2021.

UE planeja iniciar gastos de grande fundo de recuperação em meses

Incerteza econômica na Alemanha continua em 2021; economista mantém previsão de crescimento do PIB do país em +3,5%.

Exterior abre positivo e Copom no radar interno

Na Ásia, Bolsas fecharam sem sinal único; Hong Kong registrou avanço de 1,08%.

Índice Ibovespa futuro opera entre perdas e ganhos

No momento, o futuro do índice Ibovespa está em alta de 0,03% e o futuro do dólar está em queda de -0,34%.

Comportamento indefinido

Ontem, logo cedo, Europa seguia a trilha de alta dos mercados da Ásia, o mesmo acontecendo com o mercado americano.