27.6 C
Rio de Janeiro
sexta-feira, janeiro 15, 2021

Desculpas

O pedido de desculpas feito pelos EUA à China comprova que uma posição soberana pode levar até mesmo a maior potência do mundo a abrir mão da arrogância e adotar as boas regras da diplomacia e da convivência internacional. A China exigia desculpas oficiais após um avião espião norte-americano ter colidido e provocado a queda de um jato chinês, com a morte do piloto – segundo a China, a aeronave dos EUA estava em espaço aéreo chinês. A tripulação do avião espião, detida na ilha de Hainan, poderá deixar o país, informou a televisão estatal chinesa. “Depois de cumprir as formalidades necessárias, podem partir do país”, afirmou o ministro de Relações Exteriores, Tang Jiaxuan, ao embaixador norte-americano Joseph Prueher.
Por baixo
A posição chinesa contrasta com a notícia de que o Itamaraty demitiu do Instituto de Pesquisas de Relações Internacionais o embaixador Samuel Pinheiro Guimarães. Ele é uma da vozes mais lúcidas contra a criação da Alca, área de livre comércio das Américas desejada pelos Estados Unidos. Para Pinheiro Guimarães, a Alca representa o fim do Mercosul e é uma ameaça à economia brasileira. Ao demitir o embaixador, o Itamaraty mostra em que posição vai negociar a adesão do Brasil à área de livre comércio.

Feriadão
O Detran do Rio de Janeiro informou – apenas ontem – que não irá funcionar hoje. A alegação é de necessidade de manutenção e realização de novo cabeamento do sistema de informática. Coincidência ou não, a parada será feita na véspera do feriado de Sexta-feira da Paixão. Mas segunda-feira o órgão informa que estará de volta a suas atividades normais.

Fator verde
Apesar da posição pública e firme da entidade contra a implantação da Alca, nos bastidores da CUT são férteis os boatos de que a central sindical norte-americana AFL-CIOS, à qual a organização brasileira é filiada, estaria firmemente empenhada em seduzir a cúpula cutista, com argumentos irrecusáveis para rever sua posição.

Direção
O diretor de Assuntos Corporativos da Ford, Célio de Freitas Batalha, assume no próximo dia 16 a presidência da Anfavea, entidade que reúne as montadoras de veículos instaladas no Brasil. José Pinheiro Neto, da GM, fará a transmissão do cargo em cerimônia às 15h no Clube Monte Líbano (SP).

Round
Na briga que trava contra o prefeito José Camilo Zito, de Caxias, o Governo do Estado do Rio de Janeiro divulgou nota informando que “Justiça garante retomada das obras de restaurante popular” naquela cidade da Baixada Fluminense. A história é um pouco mais complexa. A juíza da 6ª Vara Cível de Duque de Caxias concedeu liminar de imissão de posse de terreno desapropriado pelo estado, faltando definir o valor que será pago. Nesta área o governo estadual pretende construir o Restaurante Popular Betinho. Para isso, terá antes que conseguir a revogação de liminar concedida à Prefeitura de Caxias que determina a suspensão das obras. A disputa entre Zito e Garotinho tem como pano de fundo a sucessão no estado em 2002. O prefeito tucano não esconde que quer disputar o governo fluminense.

Efeito tequila
Desde a vigência da Nafta, em 1994, o número de mexicanos que ganham menos de um salário mínimo aumentou em 1 milhão e 8 milhões de famílias ingressaram na pobreza. Os dados são do Comitê Argentino contra a Alca, que teme conseqüências similares em seu país, caso a área de livre comércio cobiçada pelos Estados Unidos seja de fato implantada. O comitê cita ainda estudo projetando em 4% a queda das exportações da indústria alimentícia da Argentina e um aumento das importações entre 30% e 35% na América da Alca.

Artigo anteriorParanóia?
Próximo artigoHood Robin
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Grande produtor rural não paga impostos

Agronegócio alia força política a interesses do mercado financeiro.

Não foi a disrupção que derrotou a Ford

Mercado de automóveis está mudando, mas montadora sucumbiu aos próprios erros e à estagnação que já dura 6 anos.

Quantas mortes pode-se debitar na conta de Bolsonaro?

Se índice de óbitos por Covid-19 no Brasil seguisse a média mundial, teriam sido poupadas 154 mil vidas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Varejo sente redução no auxílio e alta da inflação

Comércio ficou estável em novembro e quebrou sequência de recuperação.

Senado quer que Pazuello se explique

Pedido de convocação para cobrar ação do Ministério da Saúde no Amazonas.

Lenta recuperação na produção industrial dos EUA

Setor ainda está 3,6% abaixo do nível anterior à pandemia.

Realização de lucros em âmbito global

Bolsas europeias e os índices futuros de NY operam em baixa nesta manhã de sexta-feira.

Desaceleração deve vir no começo do primeiro trimestre

Novo pacote de estímulo fiscal, bem como o avanço da imunização, deve garantir reaceleração em direção ao final do período.