Desde 2015 houve queda de 1.383 óbitos no trânsito paulista

Reduções de mortes mais expressivas registradas durante esse período aconteceram entre pedestres e ocupantes de automóveis.

Entre janeiro de 2015, quando o Programa Respeito à Vida lançou o sistema Infosiga, e agosto de 2021, houve uma redução de 1383 mortes no trânsito paulista. Os dados são do Detran-SP. No ranking das vidas que não foram perdidas durante esse período destaca-se a queda de óbitos entre os pedestres, que foi de 651. Na sequência estão acidentes cujas causas não são especificadas no momento da ocorrência, com uma redução de mortes de 488.

Outro destaque positivo nessa estatística é a diminuição de mortes de ocupantes de automóveis, que foi de 321. Entre outros modais (que incluem veículos como patinete, skate e trator) houve uma queda de 47 óbitos entre janeiro de 2015 e agosto de 2021.

Os modais que registraram maior aumento de vítimas fatais nesse período foram o de bicicletas, que teve um crescimento de 62 casos, e o de motocicletas, com um acréscimo de 30 óbitos. Entre os ocupantes de ônibus o crescimento de mortes foi de 21 casos e entre os de caminhão, 11.

Os números mais recentes do Infosiga apontam uma redução de 6,5% nos óbitos no trânsito paulista no comparativo entre agosto de 2020 e agosto de 2021. No mês passado foram registradas 419 mortes, contra 448 no mesmo mês do ano passado, uma queda de 29 casos.

Entre os modais, o que teve maior queda na comparação entre agosto de 2020 e agosto de 2021 foi o de automóveis, com uma redução de 16,8% de mortes, seguido de motocicletas (queda de 12,9%) e bicicletas (queda de 7,7%). O único modal que registrou aumento de óbitos no período foi o de pedestres: acréscimo de 11,2%.

No acumulado entre janeiro e agosto de 2020 e 2021, houve um acréscimo de 2,4% de óbitos de trânsito no estado, de 3.121 para 3197 casos, em especial como consequência dos altos índices de isolamento social verificados ano passado.

Leia também:

Sete em 10 postos de trabalho criados são por conta própria

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Vendas do Tesouro Direto superam resgates em R$ 1,238 bi

Títulos mais procurados foram os vinculados à taxa Selic

Mais de 62 milhões de brasileiros possuem compras parceladas

Cartão de crédito foi a principal modalidade de crédito utilizada nos últimos 12 meses; 52% admitem não controlar gastos de compras parceladas.

Covid pode ter matado de 80 mil a 180 mil profissionais de saúde

Para OMS, categoria deve ter prioridade na imunização em todo o mundo.

Últimas Notícias

Guedes fica mesmo avaliado com nota baixa

Apesar de abrir a possibilidade de aumentar a crise econômica e do desrespeito ao teto de gastos ou outras regras fiscais para bancar medidas...

Ex-ministro de Temer substituirá Funchal

O ex-ministro do Planejamento Esteves Colnago assumirá o comando da Secretaria Especial de Tesouro e Orçamento da pasta. A nomeação foi confirmada nesta sexta-feira...

Receita Federal abre consulta a lote residual de Imposto de Renda

A Receita Federal abriu nesta última sexta-feira consulta a lote residual de restituição do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) relativo ao mês...

Vendas do Tesouro Direto superam resgates em R$ 1,238 bi em setembro

As vendas de títulos do Tesouro Direto superaram os resgates em R$ 1,238 bilhão em setembro deste ano. De acordo com os dados do...

81% dos brasileiros têm contas em mais de uma instituição financeira

Oito em cada dez brasileiros têm conta em mais de uma instituição financeira, ou seja, controla suas finanças de força desagregada. É o que...