Desemprego foi de 11,6% nos três meses terminados em fevereiro

Fazendo-se o ajuste sazonal, taxa caiu de 11,5% para 11,4%, diz analista.

Opinião do Analista / 10:47 - 31 de mar de 2020

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

A taxa de desemprego foi de 11,6% nos três meses terminados em fevereiro, desempenho em linha com a mediana das projeções Bloomberg. Fazendo-se o ajuste sazonal, a taxa de desemprego caiu de 11,5% para 11,4%.

Na parte dos rendimentos, houve recuo da taxa interanual pelo terceiro mês seguido, atingindo patamar agora negativo. Ainda assim, graças ao crescimento da população ocupada, a taxa de crescimento da massa de rendimentos tem se mantido relativamente constante em torno de 2,5%.

Ressalta-se, como em todos os outros relatórios de dados, que esta divulgação ainda não contempla o real impacto da crise da Covid-19. Seu efeito será visto a partir da próxima divulgação da PNAD, que contemplará os dados de março.

Ante a expectativa de contração do PIB, espera-se um aumento da taxa de desemprego para pelo menos 15%, sendo que os riscos estão claramente para cima. Destaca-se ainda que todo a estimação perde em precisão ante as poucas referências de sudden-stop na economia para auxiliar a modelagem.

.

Felipe Sichel

Estrategista-chefe do Banco Digital Modalmais

Fonte: www.modalmais.com.br

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor