Desigualdade e violência que vêm do céu

Cerco aos refugiados, enquanto as causas da imigração seguem intocáveis.

Airbus e duas companhias israelenses ganharam um contrato de 100 milhões da União Europeia para operar drones não tripulados no Mediterrâneo. O objetivo é identificar embarcações com refugiados e imigrantes com destino à Europa. Em 2005, o orçamento da guarda costeira europeia se limitava a 6 milhões; pulou para 460 milhões este ano.

Tanto dinheiro para conter a imigração para a Europa. Quem são os alvos? Centenas de milhares de pessoas fugindo de guerras, conflitos étnicos e desastre econômico. Quase todos os problemas criados pelos europeus e norte-americanos, através da ação direta ou indiretamente. No ano passado, 110 mil imigrantes e refugiados chegaram à Europa pelo Mar Mediterrâneo. A estimativa da Organização Internacional para Migrações (OIM) é que 1 a cada 33 pessoas que tentaram cruzar a região central do mar que separa a Europa da África e da Ásia morreram na travessia.

Paralelo e indiferente a tudo isso, o capital financeiro atravessa fronteiras sem limites, com direito a paraísos fiscais e movimentação de lucros para pagar menos impostos.

 

Quem tem, tem

No dia em que o Departamento de Justiça dos Estados Unidos entrou com uma ação antitruste contra o Google, a Amazon, outra gigante da internet investigada por práticas anticompetitivas, anunciou que doará milhões de itens e dinheiro através de entidades de caridade.

 

Lições da História

A sabedoria antiga ensina que a razão se perde quando as paredes do estômago se encontram. Mais vetusta ainda é a conclusão bimilenar do poeta latino Virgílio (70-19 a.C.): ‘A fome é má conselheira’.” A lembrança é de José de Paiva Netto, da LBV.

O jornalista e radialista continua: “Porém, tanto essa admoestação quanto a que foi feita por Cícero (106-43 a.C.) – outro erudito de Roma e contemporâneo do autor de Eneida – muita gente não aprendeu até agora. Dizia o eloquente cônsul: ‘A História é a mestra da Vida’. Esse é um dos motivos pelos quais, de vez em quando, pipocam pela existência dos povos menosprezados revoltas e sublevações, a exemplo da Revolução Francesa (1789) e da Revolução Russa (1917).”

 

Cidade Imperial

A cidade de Petrópolis, no Estado do Rio de Janeiro, será palco de um tour virtual gratuito, 27 de outubro, promovido pela Associação dos Embaixadores de Turismo do RJ e pelo Portal Consultoria em Turismo. Guiado pela professora de história Priscilla Monteiro, com duração de duas horas, levará o participante a conhecer a cultura, a história e os principais atrativos turísticos de uma das cidades mais visitadas no Rio. A atividade tem o apoio da Escola Técnica de Turismo Cieth, da Fundação Cesgranrio, da Nice Via Apia Turismo, do HCTUR e da Sérgio Castro Imóveis. Inscrições: [email protected]

 

Trocou de canal

Hoje tuíta “GloboLixo”, mas até ontem via o “Jornal Nacional” e lia o Merval. Tamos de olho.

 

Rápidas

O antropólogo Luiz Eduardo Soares será o palestrante do Foro Inteligência no próximo dia 28, às 19h, com o tema “Milícias e Captura Eleitoral”. Soares analisará a genealogia das milícias e os riscos envolvidos para o futuro do Estado democrático de direito *** A Korsa fortalece o seu setor comercial com a contratação de dois profissionais do mercado de logística, Emanuel Vergani e Sochenes Galindo, que cuidarão da região Sul do país, que representa 40% da receita da empresa *** O Instituto dos Advogados Brasileiros (IAB) fará nesta quinta-feira, 17h, o lançamento virtual do livro Pareceres da Comissão Permanente de Direito Penal do IAB (abril de 2018 a março de 2020). Será pelo canal TVIAB no YouTube *** O Grupo de Competição e Estudos em Direito Tributário (GETri) da UFRJ promoverá live para debater a reforma tributária e a possível volta da CPMF, dia 26, 20h, no Facebook *** O Conselho Regional de Administração do Rio (CRA-RJ) ganhou parecer favorável do juiz federal Elmo Gomes de Souza contra um pedido de anulação do auto de infração movido por uma prestadora de serviços de consultoria e assessoria voltada para empresas. A sentença confirma a legitimidade do CRA-RJ em exigir o registro na instituição.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

‘EUA do Mar’ seria considerado crime de lesa-pátria

Na terra de Biden, entregar navegação a estrangeiros é impensável.

Governo Bolsonaro não dá a mínima para a indústria

País perde empregos de qualidade e prejudica desenvolvimento.

Taxa sobre exportação de petróleo renderia R$ 38 bi

Imposto aumentaria participação do Estado nos resultados do pré-sal.

Últimas Notícias

Fundos de investimento poderão atuar como formadores de mercado na B3

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) autorizou os fundos de investimento a atuarem como formadores de mercado na B3, a bolsa do Brasil. A...

ABBC: Selic deve subir 1,50 ponto percentual

O Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom) se reúne na próxima terça-feira (7) para decidir sobre a nova Selic, a taxa básica...

Ibovespa fecha a semana em alta

(alta de 0,013%). O volume representou uma extensão do movimento positivo registrado na quinta-feira (2), quando o índice fechou com forte alta de 3,66%,...

China: Incentivos fiscais para investidores estrangeiros

A China anunciou que estendeu suas políticas fiscais preferenciais para investidores estrangeiros que investem no mercado de títulos da parte continental do país. A...

Brasileiro teria renda 6 vezes maior com indústria forte

Entre 1950–70, PIB do País foi multiplicado por 10.