Desigualdade

Os Investimentos Externos Diretos (IED) não contribuíram para reduzir a desigualdade de renda na América Latina, conclui estudo do International Economic Development Group, instituto de pesquisas independente britânico. Ao contrário, os IED podem ter contribuído para piorar a situação da distribuição de renda, afirmação que precisaria de estudos empíricos para ser comprovada. No Chile e na Bolívia, possivelmente, o fluxo de IED aumentou a diferença salarial entre trabalhadores com mais educação e treinamento e os demais. O estudo completo pode ser acessado em www.odi.org.uk/iedg/Meetings/FDI feb2003/fdi la dwtv.pdf

Pan federal
O prefeito do Rio de Janeiro, César Maia, não vai ficar por muito tempo capitalizando sozinho o Pan de 2007. O governo federal vai entrar pesado no apoio ao evento. A organização dos jogos fica a cargo do Comitê Olímpico Brasileiro (COB).

Preferência jovem
A Internet ocupa mais tempo de adolescentes e jovens adultos norte-americanos do que os demais tipos de mídia. Segundo pesquisa da Carat North America (da Harris Interactive) e da Teenage Research Unlimited com 2.500 pessoas entre 13 e 24 anos, o uso da Internet por esse tipo de público atinge, em média, 16,7 horas por mês. Esse total não contabiliza o tempo gasto com mensagens eletrônicas. Os jovens dedicam 13,6 horas mensais à TV; 12 horas ao rádio; 7,7 horas para falar ao telefone; e apenas seis horas à leitura de livros e revistas (sem contar o material escolar). Em tempo: o resultado também foi divulgada por uma das partes interessadas no tema: o portal Yahoo!

Auto-explicativo
A eleição de Antônio Palocci como melhor ministro do governo Lula numa enquete realizada entre jornalistas explica, em grande medida, o tom da cobertura da política econômica.

Negócios do além
Sempre de olho em clientes potenciais, a V Funexpo, maior Feira de Produtos e Serviços para Funerárias e Cemitérios da América Latina, reúne de 5 a 7 de setembro, no Centro de Exposições de Imigrantes, em São Paulo, cerca de 30 expositores do setor funerário do Brasil e exterior (Uruguai, Argentina, Holanda e Itália). Os organizadores esperam atrair cerca de 6 mil visitantes, entre proprietários de empresas funerárias e cemitérios, do Brasil e do resto da América Latina.

Negócios do além II
Para tratar de assunto ainda considerado tabu por muito, os promotores apelaram para o humor, a começar pelo título do material de divulgação: “É de Morte!” Apesar da brincadeira, o setor cresce a todo vapor, prevendo incremento de 60% a 70% até a metade da década. O setor no Brasil é um negócio do tamanho do mercado de pneus. Apenas na V Funexpo, a previsão é de que, entre urnas funerárias, copos plásticos personalizados, veículos, flores, prestação de serviços do marketing ao gerenciamento informatizado, sejam gerados negócios de cerca de R$ 1,5 milhão.

Mil e uma noites
Estudo da Câmara de Comércio Árabe-Brasileira (CCAB) aponta que o comércio entre o Brasil e os países árabes pode saltar para US$ 7 bilhões, em 2007, contra os US$ 2,6 bilhões registrados em 2002. Para incrementar as relações comercial entre as duas partes, a CCAB) inaugura no próximo dia 17 a Agência de Notícias Brasil-Árabe (Anba), que divulgará notícias sobre economia e oportunidades de negócios no Brasil entre os 22 países árabes representados pela CCAB.

Herança
Estranho o critério de eficiência de certos colunistas dos “jornalões”: criticam a atual diretoria do BNDES por mudar os integrantes da antiga administração, como superintendentes e chefes de departamento. A “eficiente” gestão anterior deixou de presente para a atual um prejuízo que deve chegar a R$ 2 bilhões no primeiro semestre. A dívida da AES, com garantias de difícil execução, é responsável pela maior parte do estrago.

Artigo anteriorPalpite
Próximo artigoSabor carioca
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Bolsonaro comanda pior resposta à pandemia da AL

Para formadores de opinião, Brasil foi pior até que a estigmatizada Venezuela.

Cem anos de Celso Furtado

A atualidade de um dos mais importantes intelectuais do planeta.

A Disneylândia espacial dos trilionários

Jornada nas estrelas escancara a desigualdade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Taxar dividendos aumentou investimentos na França

Redução, nos EUA e na Suécia, só elevou distribuição de lucros.

Petroleiro tem maior produtividade da indústria no Brasil

Mesmo com setor extrativista, participação industrial no PIB caiu de 25% para 20%.

Exportação cresce, mas só com produtos pouco elaborados

Superávit de quase US$ 7 bilhões até a quarta semana de julho.

Bolsonaro comanda pior resposta à pandemia da AL

Para formadores de opinião, Brasil foi pior até que a estigmatizada Venezuela.