Desmonte naval

O Polo Naval do Rio Grande chegou a ter 23 mil trabalhadores diretos no auge das construções de plataformas para a Petrobras. Hoje, tem...

O Polo Naval do Rio Grande chegou a ter 23 mil trabalhadores diretos no auge das construções de plataformas para a Petrobras. Hoje, tem cerca de 15% daquele número, com viés de baixa, já que o Governo Temer optou por gerar empregos em outros países. Mas outros setores são atingidos pelo desmonte – nesse caso, literalmente. Denuncia a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Transporte Aquaviário (Conttmaf) que armadores do Brasil, dentre elas a estatal Transpetro, têm assumido a prática “mundialmente condenada” de enviar embarcações para desmantelamento no Sul da Ásia, principalmente nas praias de Bangladesh, Paquistão e Índia. “Este tipo de operação é responsável por um alto índice de mutilação e morte de trabalhadores, além da destruição acelerada do meio ambiente, acabando com áreas pesqueiras”, denuncia a entidade, que representa também os trabalhadores na pesca.

Segundo a Conttmaf, o Sistema Petrobras é o maior frequentador da lista suja das empresas brasileiras que dão essa destinação final aos seus navios, após 20 ou 30 anos de uso, tendo enviado nos últimos quatro anos mais de 20 embarcações para desmanche na costa asiática. “Também causa indignação o fato de tal prática contradizer o compromisso adotado pela estatal como exigência internacional para que atue na navegação de nível global. O compromisso estabelece padrões de Segurança, Saúde, proteção do Meio Ambiente e uma política de Responsabilidade Social, que nem de longe são respeitados nas situações de desmanche”, critica a Confederação.

 

Cabeça de tucano

O senador Roberto Requião (PMDB-PR) alfinetou: “Nunca vi cabeça de bacalhau, enterro de anão e tucano preso. Sou extremamente cético quanto ao futuro da justiça no Brasil. Corporativismo”

O fato é que as pessoas que antipatizam com o Partido dos Trabalhadores foram às redes, em maio, para desafiar os que afirmavam que a Lava Jato só prendia os graúdos do PT. O afastamento de Aécio e a prisão do operador de Michel Temer seriam a prova de que a operação pega a todos, doa a quem doer.

Os antipetistas perderam um argumento na última “Sexta-feira Gorda”.

 

Cinco por cem

O Hospital Federal do Andaraí, na Zona Norte do Rio, que acabou de perder um mastologista, ficará sem mais dois médicos do câncer em breve. Sobrará apenas um especializado para cuidar de 50 mulheres em tratamento. Sem renovação de contratos profissionais, segundo norma do Ministério da Saúde, a vida dessas mulheres corre sério risco, acusa a Comissão Externa da Câmara dos Deputados que investiga a crise nos hospitais federais no Rio.

Nesta segunda-feira, em inspeção junto do Cremerj e Coren, os deputados Jandira Feghali (PCdoB-RJ), Chico D’Angelo (PT-RJ), Celso Pansera (PMDB-RJ) e Rosangela Gomes (PRB-RJ) verificaram que o Hospital do Andaraí apresenta problemas similares ao Cardoso Fontes e o de Bonsucesso, vistoriados no final de semana.

A principal queixa é a falta de profissionais. Uma enfermaria inteira do setor de cardiologia do Andaraí está fechada por falta de funcionários. De acordo com a comissão, a cada 100 contratos encerrados, apenas cinco profissionais são repostos.

 

Rápidas

Nesta quinta-feira, às 19h30, o Comitê de Educação da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) lançará, no Teatro Cetip (Rua Coropé, 88 – Pinheiros, São Paulo – SP), o IV Livro TOP sobre Análise de Investimentos *** O Carioquíssima, no Lagoon, recebe escritora Patrícia Morais, autora da biografia de Thalita Rebouças, também neste final de semana, das 12h às 21h *** O Ibef-Rio realiza o curso Redação Empresarial, de 25 a 27 de julho, à noite, na Av. Rio Branco 156 / 4º andar, ALA C, Centro, Rio de Janeiro *** O VIII Congresso Nacional de Administração e Ciências Contábeis – AdCont 2017, organizado pelo Programa de Pós-Graduação de Ciências Contábeis da Universidade Federal do Rio de Janeiro (PPGCC/UFRJ), e realizado em parceira com o IAG – Escola de Negócios da PUC-Rio, está com inscrições abertas para a submissão de trabalhos acadêmicos. O prazo vai até 28 de julho. O Congresso acontece em outubro. Detalhes em www.adcont.net/index.php/adcont/AdCont2017 *** Foi inaugurado sexta-feira passada, na Barra da Tijuca, o Centro de Treinamento Edson Bueno, investimento de R$ 32 milhões do UnitedHealth Group Brasil *** A Atento anunciou a nomeação de David Cardoso como diretor global da recém-criada unidade digital da companhia *** O acidente com o avião da TAM em 17 de julho de 2007, com 199 mortos, é o tema de A História Não Contada do Maior Acidente Aéreo da Aviação Brasileira (Editora Manole), escrito por Eduardo Lemos Barbosa, advogado de algumas famílias. O lançamento acontecerá exatamente dez anos após o desastre, às 18h30, na Livraria da Vila do Shopping Pátio Higienópolis (Av. Higienópolis, 618, Higienópolis, São Paulo/SP).

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Alta dos preços leva a aumento de protestos

Agitação em países onde manifestações eram raras preocupa FMI.

Montadoras não vieram; demissões, sim

Promessas de Doria e Bolsonaro para fábrica da Ford não passaram de conversa para gado dormir.

Ganhos de motoristas de app desabam

Renda média é de pouco mais de 1,5 salário mínimo.

Últimas Notícias

Câmara deve colocar em votação PL que desonera tarifas de energia

Em 2021, o Brasil passou pela pior crise hídrica em mais de 90 anos

Metodologia para participação de investidor estrangeiro

Serão considerados os dados de liquidação das operações realizadas no mercado primário nos sistemas da B3

Fitch eleva rating do Banco Sicoob para AA (bra)

Houve melhora do perfil de negócios e de risco da instituição

Petrobras Conexões para Inovação cria robô de combate a incêndio

Estatal: Primeiro no mundo adaptado para a indústria de óleo e gás

Brasil tenta ampliar diálogo com a UE

Debate da recuperação econômica nas duas regiões e discussão sobre as perspectivas das políticas fiscais