‘Diáspora venezuelana’: como nasce uma ‘fake news’ – final

O crescimento em número e intensidade das fake news sobre a situação da Venezuela acompanha o fechamento do cerco em torno do...

O crescimento em número e intensidade das fake news sobre a situação da Venezuela acompanha o fechamento do cerco em torno do país. Como a tentativa de superar o governo chavista nas urnas parece descartada, a ideia é reforçar a campanha midiática para asfixiar Nicolás Maduro. Os erros cometidos pelo regime bolivariano – entre eles, a dependência excessiva do petróleo – com certeza, contribuíram para o quadro, que, porém, não guarda semelhança real com o que é pintado pela mídia norte-americana, imitada pelos jornalões latinos, como mostraram as duas últimas colunas.

Tudo o que acontece na Venezuela é cercado de desinformação e enevoado pelas fake news espalhadas por apoiadores do governo e da oposição. Na política venezuelana, tudo é espetáculo. Por isso, esqueça muito do que você leu por aí: a Venezuela não está vivendo uma catástrofe humanitária pela falta generalizada de alimentos; o governo de Nicolás Maduro não vai cair amanhã; a polícia nacional não está massacrando manifestantes a rodo nas ruas. Mas também não é verdade que tudo está bem, e que as manifestações e a violência em torno delas são fruto de ‘terroristas’ armados, como dizem os apoiadores do governo.” O texto é da Pública, agência de notícias que busca fazer o bom jornalismo: investe na apuração, confere o que dizem as fontes, vai até o local. A reportagem passou três semanas na Venezuela, em meados de junho do ano passado. A matéria pode ser conferida em https://apublica.org/2017/06/venezuela-sem-fake-news/

 

Pateta

Entra na categoria factoides ideológicos a “notícia” de que líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, quando jovem, usou passaporte brasileiro falso para ir brincar na Disneylândia do Japão.

 

Dois quilos de filé

A Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan) protesta contra o reajuste dos pisos salariais no estado, sancionado nesta quinta-feira. O índice de 5% é “mais que o dobro da inflação” (o INPC vaiou 2,07%), e a Firjan estima que o novo mínimo levará ao corte de 25 mil empregos este ano.

Para empregados domésticos, o piso passou de R$ 1.136,53 para R$ 1.193,36. Aumento de impressionantes R$ 56,83, o que dá para comprar dois quilos de carne de primeira – claro, isto se os trabalhadores esbanjarem, em vez de colocar a fortuna na poupança.

 

Medo do Leão

Há mais de R$ 9,5 bilhões do Reintegra esperando as empresas requererem o benefício. Mas a complexidade do processo e, em boa parte dos casos, receio da exposição junto ao Fisco, deixa essa montanha de dinheiro parada nos cofres do governo, avalia a consultoria especializada na área tributária e operações internacionais Becomex.

Em vigor desde 2011, o Reintegra é um mecanismo para devolver uma parcela dos impostos pagos na cadeia produtiva às empresas exportadoras de bens manufaturados no Brasil.

 

Rápidas

No dia 23, das 14h30 às 17h30, o Preservale, o Portal Consultoria em Turismo Bayard Boiteux e a Fundação Cesgranrio promovem no Hotel Copacabana Praia (Rua Francisco Otaviano,38), a oficina internacional “O turismo de habitação em Portugal e o case Solares/Casas de campo como modelo de gestão”, com o Conde Francisco de Calheiros, presidente da Associação de Turismo de Habitação de Portugal. O evento tem o apoio da Associação dos Embaixadores de Turismo do RJ e da Sergio Castro Imóveis, com coordenação de Sonia Mattos e Bayard Boiteux. Inscrições gratuitas pelo e-mail [email protected] *** A 24ª edição da Intermodal South America começa na próxima terça, em São Paulo *** Jana Figarella canta rock em show gratuito neste domingo, no Carioca Shopping, às 17h. E no Américas Shopping, haverá a apresentação da adaptação A Sereiazinha, a partir de 17h *** O Circuito Time Brasil ficará no Caxias Shopping até dia 1º de abril. O público poderá testar suas habilidades em modalidades esportivas como golfe, tênis de mesa, hóquei sobre a grama e tiro com arco *** Até 17 de abril, a Loja do Bem do West Shopping, em Campo Grande (RJ), arrecadará alimentos não perecíveis que serão doados à Associação Cultural Grupo Nosso Ritmo *** A ESPM realiza dias 23 e 24 o módulo “Social Media Planning Innovation”, com o professor Gabriel Rossi. Inscrições pelo site: http://www2.espm.br/cursos/espm-sao-paulo/social-media-planning-innovation

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Plano B dos bilionários dos EUA

Fuga dos impostos, de Trump e dos bloqueios levam a dupla cidadania.

É a inflação, estúpido

Preços não dão trégua a Bolsonaro em ano de eleição.

Brasil: 3% da população, 6% dos desempregados do mundo

Pode colocar na conta de Bolsonaro–Guedes.

Últimas Notícias

Inadimplência cresce e atinge 61,94 milhões de brasileiros

Número de inadimplentes no país teve crescimento de 5,59% em comparação a abril de 2021; média das dívidas é de R$ 3.518,84.

Inflação permaneceu elevada em todas as faixas de renda em abril

Variação foi entre 1% para famílias de renda mais alta e 1,06% para mais baixas; dinheiro é maior preocupação de três em quatro brasileiros.

Mercados globais operam no negativo com dados decepcionantes de China

Notícias de Xangai e IBC-Br também ficam no radar.

Tome cuidado com a moda das criptomoedas

Por Florêncio Ponte Cabral Jr.

B3 lança primeiro índice de empresas do agronegócio

Carteira reúne ações e units de companhias do setor