Dia de alta para Petrobras e Braskem

A quinta-feira foi um dia de propensão a risco. “Tivemos uma alta bastante expressiva de alguns papéis na bolsa como Petrobras e Braskem. A Braskem, principalmente, pelo pagamento de dividendos. Petrobras devido ao preço que a companhia se encontra frente ao dividendo que será pago e por se tratar de uma estatal que efetivamente, com a diminuição do risco político, tende a andar um pouco mais”, informou Jansen Costa, sócio-fundador da Fatorial Investimentos.
Às 17h15, a PETR4 (da Petrobras) valia R$ 28,23, aumento de 1,72%. E o papel da Braskem era cotado a R$ 57,64, aumento de 4,86%. (BRKM5) Segundo Costa, empresas que têm menores capitalizações como as small caps estão subindo bem. “Mas o grande destaque do pregão de hoje foi o índice financeiro subindo 3% e índice de engenharia elétrica também subindo 3%. O que menos acelerou foi o índice imobiliário”, ressaltou.
A bolsa lá fora também subiu apesar do dólar ter caído. Ele destacou que houve queda forte dos DIs que chegaram a bater 12,30 em janeiro 2023 operando agora com 11,60. “As pessoas que aplicaram em prefixados em momentos de maior stress estão agora garantindo um ganho no fechamento dessa curva”.
Na avaliação de Jansen Costa, estamos em um momento de melhora de risco no Brasil, apesar de estamos muito atrasados frente a outros países. “Estamos vendo pessoas físicas machucadas com relação ao ano de 2021 e risco. E a percepção é que as pessoas nunca viveram cenário tão complicado com a bolsa caindo nem viveram uma categoria de produtos multimercados sem performar”, destaca.
Na sua opinião, o número de saques está muito alto e a insatisfação é grande. No momento em que as pessoas deveriam estar mais otimistas e comprar ações mais baratas, elas estão querendo tirar dinheiro da renda variável. “A percepção é de muitos clientes se sentindo frustrados com essas perdas olhando muito para renda fixa em vez de aproveitar o momento para comprar em renda variável. Pessoas físicas continuam, ainda, fazendo o processo inverso de alocação de risco”, concluiu.

Leia também:

Regras para gestão de liquidez dos fundos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Títulos públicos prefixados: maiores rentabilidades de julho

Destaque ficou com os prefixados de vencimentos mais longos, representados pelo IRF-M1+

Economia prepara projeto para abrir fundos de pensão ao mercado

Em jogo, patrimônio de R$ 1 trilhão acumulado pelos fundos fechados de previdência.

Últimas Notícias

BNDES: R$ 6,9 bi para construção da linha 6 do metrô de SP

Total previsto de R$ 17 bilhões financiados por um consórcio de 11 bancos

Área de oncologia movimenta R$ 50 bilhões no Brasil

Cerca de 625 mil novos casos de câncer são diagnosticados por ano

Títulos públicos prefixados: maiores rentabilidades de julho

Destaque ficou com os prefixados de vencimentos mais longos, representados pelo IRF-M1+

Economia prepara projeto para abrir fundos de pensão ao mercado

Em jogo, patrimônio de R$ 1 trilhão acumulado pelos fundos fechados de previdência.