30 C
Rio de Janeiro
sexta-feira, janeiro 15, 2021

Dinastia afegã

Nem só a indústria bélica estadunidense tem razões para celebrar quando o assunto é a ocupação do Afeganistão. Com a intervenção decretada esta segunda-feira pelo Banco Central do Afeganistão no Kabul Bank – maior banco privado do país – descobriu-se que apenas o chairman do Kabul, Sherkhan Farnood, tem, pelo menos, US$ 160 milhões em casas de luxo e outras propriedades em Dubai. Entre os principais acionistas do Kabul Bank estão Mahmoud Karzai, irmão do presidente Hamid Karzai, e Haseen Fahim, irmão do vice-presidente Qasim Fahim.

Sete de Setembro
O orgulho de ser brasileiro está em alta. De acordo com dados do Projeto Brasilidade, 78% dos entrevistados se mostram orgulhosos; 57% responderam que têm sempre orgulho de ser brasileiro; e 21,4% demonstram que na maior parte do tempo têm orgulho. O levantamento mostra, ainda, que 61,9‰ dos brasileiros estão otimistas com o futuro; destes, 8,6% revelam estar “muito otimistas”. Desenvolvido pela República Opinião dos Brasileiros, empresa de pesquisa de opinião, o Projeto Brasilidade analisa como o brasileiro se vê hoje. A pesquisa foi conduzida com 1.272 pessoas de todas as classes sociais, em todo o Brasil.

Ricos e sem escola
Os brasileiros da classe A (86%) são os que se mostram mais orgulhosos – assim como a faixa etária de 65 a 70 anos (83%) e os com menor escolaridade.

À mesa
A Câmara Brasil-Alemanha do Rio promove nesta quinta-feira almoço do governador Sergio Cabral com empresários alemães.

Concorrido
O Instituto Brasileiro de Executivos de Finanças (Ibef-Rio) também realiza, dia 8, das 12h30 às 14h, almoço-palestra com o governador do Estado do Rio de Janeiro, candidato à reeleição, Sérgio Cabral, que falará sobre “Rio de Janeiro – Realizações e Futuros Projetos”.

Açúcar amargo
Com uma fila de mais de 116 navios ancorados, o Porto de Santos congestionado está provocando prejuízo diário de US$ 20 mil (para navios de transporte de açúcar em sacos) até US$ 90 mil (para as grandes embarcações que levam o produto a granel) por navio. Para Olavo Henrique Furtado, coordenador de pós-graduação e MBA da Trevisan Escola de Negócios, “este problema com o escoamento da produção de açúcar pode ser o começo de um apagão logístico sem precedentes na história do Brasil contemporâneo”.

Braços abertos
O Rio de Janeiro recebe bem o turista idoso, mostra pesquisa feita com 800 viajantes nacionais que visitaram o estado em julho e agosto. Coordenada pelos professores Bayard Boiteux e Mauricio Werner, a pesquisa revela que os principais pontos positivos destacados pelos turista da terceira idade foram a atenção dos prestadores de serviços com a população idosa (40% das respostas) e preços diferenciados para melhor idade (25%). De negativo, a segurança foi quase uma unanimidade (45%); em seguida veio sujeira (30%) e transporte urbano (20%).

Te esconjuro
Privatização continua a ser um anátema para o tucanato. Em entrevista, terça-feira à noite, ao Jornal da Globo, ao ser indagado se tinha “vergonha” das privatizações promovidas no governo FH, o candidato do PSDB a presidente da República, José Serra, depois de elogiar a venda do setor de telecomunicação, misturou transferência de patrimônio público para mãos privadas com nomeações políticas. Segundo Serra, esta última prática, que ele apontou existir nos Correios, é “uma privatização ainda pior”. Faltou dizer: pior do que o quê?

Droga grátis
Na mesma entrevista, Serra, pouco após assegurar que, durante sua passagem pelo Congresso Nacional, era “o parlamentar mais ligado à economia”, afirmou que as drogas custam, atualmente, “50 vezes menos” do que há algumas décadas. Como uma vez menos é zero, pela contabilidade do maior especialista em economia do Parlamento, os traficantes do país trabalham de graça. E como, para muitos, de graça até injeção na testa…

Artigo anteriorMelhor procurar o agiota
Próximo artigoPropaganda&realidade
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Grande produtor rural não paga impostos

Agronegócio alia força política a interesses do mercado financeiro.

Não foi a disrupção que derrotou a Ford

Mercado de automóveis está mudando, mas montadora sucumbiu aos próprios erros e à estagnação que já dura 6 anos.

Quantas mortes pode-se debitar na conta de Bolsonaro?

Se índice de óbitos por Covid-19 no Brasil seguisse a média mundial, teriam sido poupadas 154 mil vidas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Realização de lucros em âmbito global

Bolsas europeias e os índices futuros de NY operam em baixa nesta manhã de sexta-feira.

Desaceleração deve vir no começo do primeiro trimestre

Novo pacote de estímulo fiscal, bem como o avanço da imunização, deve garantir reaceleração em direção ao final do período.

Vendas no varejo surpreenderam negativamente

Surpresa foi tanto no quesito restrito (-0,1%) e no quesito ampliado (+0,6%).

Freio de arrumação

Sabe quando o ônibus está lotado e o motorista pisa fundo no freio? Logo abre espaço para mais gente entrar.

Lewandowski assume tarefa do ministro da Saúde

Supremo quer saber dos estados estoque real de agulhas e seringas.