Dinheiro para salários, não para a guerra

Manifestações se espalham pelo mundo contra alta dos preços.

Protestos na Argentina e no Equador por conta dos combustíveis; no Reino Unido, greve nos trens; na Bélgica, cerca de 80 mil trabalhadores marcharam em Bruxelas na terça-feira; na Indonésia, em abril, revolta levou governo a suspender temporariamente a exportação de óleo de palma.

As manifestações estão se espalhando mundo afora. O estrago causado pela inflação cobra seu preço, crise agravada pelo desemprego e achatamento salarial. Há uma disputa pelos recursos, que por enquanto tem levado a maior concentração de renda.

A crise na Ucrânia, especialmente a imposição de sanções que afetam essencialmente os mais pobres, só piora o quadro. Em Bruxelas, os manifestantes, em frente a sede da Otan, pediram dinheiro para os salários, não para a guerra.

É apenas o começo.

 

Lei dos 2,2 trilhões

O deputado Nereu Crispim (PSD-RS) deu entrada nesta terça-feira de projeto para revogar a Lei 13.586/2017, que concedeu tratamento tributário favorecido (vulgo renúncia fiscal) para as atividades de exploração e de desenvolvimento de petróleo e gás natural.

Cláudio da Costa Oliveira, economista aposentado da Petrobras, lembra que esta é uma das providências sugeridas no site Soberano Brasil. “Somente neste item mais de R$ 100 bilhões/ano poderão ser arrecadados pelo Estado brasileiro”, calcula.

Em matéria no Monitor Mercantil em 2019, o especialista Paulo César Ribeiro Lima afirmou que as benesses concedidas às petroleiras estrangeiras pela conhecida Lei do Trilhão provocariam uma perda de arrecadação em valor ainda maior do que a levou a ganhar este nome. Calculava Ribeiro que as renúncias chegariam a R$ 1,8 trilhão (valores de 3 anos atrás; hoje, mais de R$ 2,2 trilhões).

 

Coincidência

A prisão do ex-ministro da Educação de Bolsonaro pela PF ocorreu no primeiro dia de entrevistas da nova pesquisa Datafolha sobre a corrida presidencial. O levantamento termina nesta quinta-feira; os resultados serão divulgados à noite.

 

Rápidas

O Sesc RJ recebe até 8 de julho inscrições de propostas artísticas no âmbito do Edital de Cultura Sesc RJ Pulsar 2022/2023 *** “Reflexões sobre a cobrança pelo uso da faixa de domínio no setor elétrico: uma visão dos tribunais” é o tema do webinário que o Instituto dos Advogados Brasileiros (IAB) realizará nesta quinta-feira, às 17h, pelo Zoom *** O Trio Debrian se apresenta nesta quinta, às 19h, no projeto Palco Américas, no Américas Shopping (RJ) *** Nesta sexta-feira, o Fashion Mall, em parceria com o Hemorio, realiza campanha de doação de sangue, das 10h às 15h *** Para debater a Sudene, o Seminário de Tropicologia, da Fundação Joaquim Nabuco, traz o tema “Sudene: Passado e Futuro”, na próxima terça-feira (28), na Sala Gilberto Freyre, no campus de Casa Forte, Recife *** Será nesta sexta-feira, às 9h30, o webinário “Perspectivas do Mercado de Energia Eólica no Brasil”, realizado pelo Ibef-Rio, com Magda Chambriard, ex-diretora-geral da ANP, entre outros. Detalhes aqui.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

SUS poderia ter salvado 338 mil norte-americanos

Assistência à saúde universal pouparia 1/3 das vidas na pandemia.

Ricaços da indústria foram poupados de perdas

Ações de empresas de tecnologia derreteram.

1984

LGPD: a polêmica entre responsabilidade civil objetiva ou subjetiva

Últimas Notícias

BNDES: R$ 317,2 milhões nos aeroportos de Mato Grosso

Ao todo serão investidos R$ 500 milhões nos quatro aeroportos, com participação de 65% do BNDES

Fintechs emprestaram mais de R$ 12 bi em 2021

Crédito é quase o dobro do ano anterior, diz pesquisa da ABCD e PwC Brasil

Regulador divulga primeiro balanço sobre o 5G em Portugal

No final do primeiro trimestre, já havia 2.918 estações de rede 5G espalhadas por 198 cidades (64% das cidades)

Está mais fácil comprar carro na China

Vendas no varejo de veículos de passageiros atingiram 1,42 milhão de unidades durante o período de 1 a 26 de junho

Adquirir conhecimento é a chave para investir melhor

Para economista, medo é o mesmo sentimento que se tem do desconhecido