Dívida pública leva quase 60% do valor pago do Orçamento

'O Brasil está quebrado ou prioriza o grande capital financeiro?', questiona especialista.

Na Lei Orçamentária Anual – LOA/2021, a dotação inicial da Despesa Geral da União, enviada pelo Governo Bolsonaro e aprovada pelo Congresso Nacional, foi R$ 4,371 trilhões. O Sistema Integrado de Orçamento Público (Siop) mostra que o Valor Empenhado até o início de outubro foi de R$ 3,658 trilhões, e o Valor Pago somou R$ 3,350 trilhões.

A dívida pública levou mais da metade os valores. A dotação inicial ao serviço da dívida pública federal era de R$ 2,236 trilhões. O Valor Empenhado até outubro alcançou a marca de R$ 1,947 trilhão, e o Valor Pago ficou muito próximo disso: R$ 1,916 trilhão, mostra Paulo Lindesay, coordenador do Núcleo da Auditoria Cidadã RJ.

Do valor total pago ao serviço da dívida pública federal até outubro de 2021, temos os seguintes dados, os juros consumiram, até outubro, R$ 226 bilhões; a amortização somou R$ 1,689 trilhão.

“Diante dessas cifras, como o Governo Bolsonaro afirma estar quebrado e não tem condições de aumentar o auxílio emergencial para população mais carente e não tem dinheiro financiar absorventes para as mulheres mais necessitadas, vetando o decreto?”, questiona Lindesay.

“O Brasil verdadeiramente está quebrado ou o pagamento ao serviço da dívida pública federal, ratifica a posição do governo no destino da execução do fundo público em benefício do grande capital financeiro rentista, em detrimento da população brasileira em geral?”, complementa

Leia também:

Congresso aprova crédito de R$ 690 milhões para vários ministérios

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Fed lista prós e contras da moeda digital do Banco Central

Meio de pagamento seguro para empresas e famílias, mas pode representar ameaça à estabilidade financeira.

Criptomoedas derretem; para FMI, ameaça à estabilidade financeira

Bitcoin negociado abaixo de US$ 40 mil; após pandemia, criptos acompanham movimento de ações.

Consultoria em que Moro trabalhou ganhou 75% com empresas da Lava Jato

Segundo revista, Alvarez & Marsal faturou R$ 42,5 milhões com honorários de companhias investigadas.

Últimas Notícias

Electrolux lança desafio para arquitetos e designers de interiores

A Archademy, primeiro Market Network de Arquitetura e Design de Interiores do Brasil, abre inscrições para a edição do seu Archathon Electrolux 2022. O...

Gestão do Hopi Hari ganha na justiça e se mantém no parque

A gestão do Parque Temático Parque Hopi Hari acaba de obter decisão favorável, proferida pelo Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, para...

Bancos chineses registram compra líquida de divisas em 2021

Os bancos chineses registraram uma compra líquida de divisas em 2021, pois a taxa de câmbio do iuan permaneceu geralmente estável e os fluxos...

RNI: Plano de negócio tem o melhor resultado dos últimos 7 anos

Prévia do 4T21 da construtora e incorporadora RNI, do grupo Empresas Rodobens, indica resultados superiores aos últimos sete anos. A empresa, que completou 30...

Chile quer renacionalizar cobre e bens públicos estratégicos

A campanha pela renacionalização do cobre e dos bens públicos estratégicos entregues às transnacionais durante o governo de Augusto Pinochet (1973-1990) tem sido impulsionada...