Doa a quem doer

A nova crise nos aeroportos confirma não passar de má vontade da oposição a insistência em criar a CPI do Apagão Aéreo. Afinal, a exemplo das quatro ou cinco vezes em que isso aconteceu, a bagunça generalizada nos aeroportos foi respondida pelo presidente Lula com a mesma firmeza das outras vezes: se reuniu com os responsáveis.

Nota vermelha
Pesquisa GPP na capital do Rio de Janeiro perguntou que nota (de zero a dez) o carioca dá à administração do prefeito Cesar Maia: 38% escolheram entre sete e dez; 39%, entre quatro e seis; e 20%, entre três e zero. Ou seja, quase 60% dos cariocas acham a gestão Maia ruim ou medíocre.

Zebra
A mesma pesquisa, feita entre 10 e 11 de março, mostra o carioca dividido quanto à legalização do Jogo do Bicho (40% totalmente a favor, 39% radicalmente contra), mas decididamente discorda da liberação de drogas leves (59% contra, 16% a favor), tese defendida pelo governador fluminense, Sérgio Cabral.

Combustível
O Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (Ibre/FGV) realiza, nesta terça, a partir das 9h, no auditório da Bolsa de Valores do Rio de Janeiro, o 3º Seminário de Petróleo e Gás no Brasil.

Freud explica
Por que homens e mulheres estão cada vez mais obsessivos em relação ao corpo, sujeito a experimentações e intervenções de todo o tipo? Essa pergunta inicia o debate que o cirurgião Ivo Pitanguy e o professor Sérgio Rouanet terão com uma platéia cerca de 300 psicanalistas da América Latina, na próxima sexta-feira, no Instituto de Psquiatria da UFRJ. O evento é promovido pela Associação Brasileira de Psicanálise (ABP) e pela IPA.

Solidariedade
Chega a Brasília, nesta terça, Michele Billant-Fedoroff, representante oficial do Departamento de Assuntos Econômicos e Sociais da sede da ONU (UN/Desa) em Nova York (EUA). Ela virá ao Brasil para participar da 1ª Feira de Inovações Sociedade Solidária, uma série de encontros promovida pela Legião da Boa Vontade (LBV) na capital federal, em São Paulo/SP e no Rio de Janeiro/RJ. Mais informações em www.redesociedadesolidaria.org.br

“Au revoir”
Na França, o overbooking (venda de mais passagens que lugares) atinge até o setor rodoviário. A empresa France Tourisme deixou cinco casais de turistas, um deles brasileiro, sem embarcar.

Cadeira
Ainda nesta terça, o economista Marcelo Henriques de Brito toma posse na Academia Luso-Brasileira de Letras, na cadeira 50, cujo patrono é Silvio Romero.

Combate na Colômbia
As estratégias de combate à fraude na Colômbia serão apresentadas por Jorge Cabrera Jaramillo, do Instituto Nacional de Investigação e Prevenção de Fraude daquele país, durante o Seminário Internacional sobre Programas de Combate à Fraude contra o Seguro, promovido pelo Grupo Negrini e Iasiu, no dia 29 de março, no auditório da Firjan, Rio de Janeiro.

Reforma é cultura
Depois de permitir ao país saber que seu futuro ex-ministro da Agricultura Odílio Balbinotti utilizava empregados como laranjas em empréstimos no Banco do Brasil, o presidente Lula poderia aproveitar a continuidade da sua reforma ministerial para matar outra antiga curiosidade dos brasileiros. Caso Reinhold Stephanes se torne ministro da Agricultura, irá abrir mão da aposentadoria que conquistou no esplendor dos seus 47 anos de idade e com teto bem superior ao do INSS?
Como ministro da Previdência de FH, Stephanes costumava classificar tal situação de “abuso adquirido”. No entanto, em conversa da sua assessoria com esta coluna, há 11 anos, ficou sem resposta a pergunta se o então ministro voltaria a trabalhar para completar o tempo de serviço e idade que queria impor aos outros.

Artigo anteriorBC é intocável
Próximo artigoBóia-fria
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Empresa pode dar justa causa a quem não se vacinar?

Advogado afirma que companhias são responsáveis pela saúde no ambiente de trabalho.

No privatizado Texas, falta luz no inverno e no verão

Apagões servem de alerta para quem insistem em privatizar a Eletrobras.

A rota do ‘Titanic’: ameaça de apagão não é de agora

‘Por incrível que pareça, no Brasil, térmicas caras esvaziam reservatórios!’

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

A cabeça do dragão

Por Gustavo Miotti.

Portugueses pedem extensão das moratórias bancárias

A Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) está pleiteando a prorrogação das moratórias bancárias até 31 de março de 2022”. O...

China libera reservas de metais não ferrosos para reduzir custos

A China disse que continuará a liberar suas reservas estatais de cobre, alumínio e zinco para garantir preços estáveis para as commodities e aliviar...