Dólar ganha força ante moedas emergentes e pode pressionar real

Contrato futuro da moeda americana segue operando entre as médias de preços de fechamento dos últimos 20 e 200 dias

54
Dólar (Foto: divulgação)
Dólar (Foto: divulgação)

Nesta terça-feira, os mercados estão com as atenções direcionadas para a divulgação do PIB do terceiro trimestre, bem como para as falas de Roberto Campos Neto, presidente do Banco Central, em eventos abertos. Nos EUA tem-se destaque para o relatório de abertura de vagas Jolts e para os índices de gerentes de compras (PMIs) composto pela S&P e ISM.

Nos mercados locais, a divulgação do PIB pode movimentar os negócios, sendo esperada uma queda de 0,2% no terceiro trimestre. O dólar opera em alta ante moedas emergentes e ligadas à commodities, o que pode sinalizar uma pressão também contra o real.

Lá fora, os contratos futuros de petróleo exibem alta, enquanto o dólar fica sem direção única ante moedas fortes. Em Nova Iorque, os índices futuros acionários ficam no vermelho nesta manhã, assim como o fechamento das Bolsas asiáticas. Já na Europa, o sinal é misto entre as principais Bolsas do continente.

O contrato futuro de dólar fechou ontem em forte alta, porém com volume de negociação reduzido se comparado à sessão anterior. Dessa forma, a moeda americana segue operando entre as médias de preços de fechamento dos últimos 20 e 200 dias.

Espaço Publicitáriocnseg

.

Travelex

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui