Dólar sobe e Bolsas caem em meio a ata do Fed

211
Dólar (Foto: divulgação)
Dólar (Foto: divulgação)

O dólar subiu modestamente no final do pregão de quarta-feira, com participantes do mercado analisando as últimas atas da reunião do Federal Reserve.

A ata da reunião de julho do Fed, divulgada nesta quarta-feira, mostrou que os formuladores de política monetária viram a necessidade de aumentos contínuos das taxas de juros para domar a inflação, ao mesmo tempo em que sinalizam maior cautela com o ritmo dos próximos aumentos.

O índice do dólar, que mede o dólar em relação aos seis principais pares, subiu 0,07%, para 106,5760. No final do pregão de Nova York, o euro subiu para US$ 1,0185, de US$ 1,0172 na sessão anterior. A libra esterlina caiu para US$ 1,2064, de US$ 1,2090 na sessão anterior.

As Bolsas de Valores fecharam em baixa. O Dow caiu 0,5%, o S&P 500 caiu 0,72%, e o Nasdaq recuou 1,25%.

Espaço Publicitáriocnseg

Os futuros de ouro na divisão Comex da Bolsa Mercantil de Nova York caíram na quarta-feira, com o aumento dos rendimentos do Tesouro dos EUA. O contrato de ouro mais ativo para entrega em dezembro caiu US$ 13 dólares, ou 0,73%, para fechar em US$ 1.776,7 por onça.

A ata do Fed foi divulgada logo após o fechamento do pregão de ouro. Nas negociações eletrônicas após a divulgação, o ouro se recuperou um pouco.

Muitos integrantes do Federal Reserve também estavam preocupados com o aperto excessivo na economia. O Departamento de Comércio dos EUA informou na quarta-feira que as vendas no varejo dos EUA ficaram inesperadamente inalteradas em julho, como resultado da queda nos preços da gasolina melhor do que o esperado.

Leia também:

Argentina: reduzir procura por dólar liquidando divisas de exportações

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui