Dollarization

A dolarização preocupa – ou agrada – os financistas lá de cima. O Federal Reserve (Fed) de Dallas patrocinará a conferência “Dollarization: A Common Currency for the Americas?” (“Dolarizacao: Uma moeda comum para as Américas?”) em março. A conferência de um dia e meio, em Dallas, se concentrará nos riscos e vantagens da proposta de moeda única para a região. O principal discurso do jantar de abertura, dia 6, ficará a cargo de Carlos Menem, ex-presidente da Argentina, que deixou o País com o peso atrelado ao dólar e com recorde de desemprego. Outros oradores: Guillermo Ortiz Martinez, diretor do Banco do México; e Pedro Pou, presidente do Banco Central da Argentina.

Alternativa
Cerca de 1.800 empresas do País ofereciam a seus funcionários, no início de 1997, a possibilidade de participar de fundos de pensão. Os dados, que integram levantamento da Boucinhas & Camps Consultores, estão na última edição da Fenae Agora, órgão dos empregados da Caixa Econômica Federal. Com o desmonte da previdência pública, cada vez mais trabalhadores devem se ver empurrados para essa alternativa, que pelo passado de fraudes e impunidade no País, deve ser examinada com lupa de primeira geração.

Mãos ao alto
O Banco GM está tentando convencer donos de carro usado que vale a pena vender o veículo e comprar um novo através de leasing. Com a diferença entre o valor da venda e o da entrada, o futuro motorista de um zero poderá pagar o IPVA e, quem sabe, o IPTU de seu imóvel, sem precisar recorrer ao cheque especial e seus escorchantes juros (de até 225% ao ano, segundo o banco da montadora norte-americana). A única coisa que atrapalha esse raciocínio é a taxa de juros cobrada no leasing: 2,39% ao mês, no prazo de 36 meses, ou seja, quase 33% ao ano. Resta ao consumidor decidir se prefere ser baleado ou esfaqueado.

Fatal
Além de prejuízos econômicos, a queda de raios causa entre 100 e 200 mortes todos os anos no Brasil. Para estudar o fenômeno, o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, a Universidade de Campinas, a Universidade de Tolouse, o Centro de Pesquisas de Grenoble e a Indelec, da França, em cooperação com a empresa canadense Hydro-Quebec, investiram cerca de US$ 500 mil para montar o Centro Internacional para Pesquisas e Testes sobre Relâmpagos, instalado em Cachoeira Paulista, interior de São Paulo. A localização poderia ter sido mais caprichada: em Bauru, por exemplo…

Ibope
Partidários do pré-candidato à presidência dos Estados Unidos pelo Partido Democrata Lyndon LaRouche se queixam de que o nome dele vem sendo excluído das cédulas das primárias por um critério pouco partidário. Os responsáveis pelas prévias do partido nos estados estariam se baseando na ausência de LaRouche no noticiário das mídias locais para impedi-lo de inscrever seu nome nas cédulas. Se a moda pega no Brasil…

Lições
O MST está construindo uma unidade de ensino em Guararema, São Paulo. Localizada num terreno de 30 mil m², o estabelecimento será batizado de Escola Nacional Florestan Fernandes. Florestan, que lecionou durante longos anos na Universidade de São Paulo (USP), influenciou mais de uma geração de alunos e foi um dos principais professores do hoje presidente FH. O MST, no entanto, promete fazer melhor proveito dos ensinamentos e dos ideais do saudoso mestre.

“Union labor”
Quem acessa a página do Sindicato dos Jornalistas do Município do Rio de Janeiro na Internet para saber os novos valores das tabelas e contratos para free-lancer não pode ser monoglota. Os interessados em baixar o programa têm de, antes, clicar em maiores informações….em inglês.

Brasil real
Dados do Fundo das Nações Unida para a Infância e a Adolescência (Unicef) revelam que o trabalho infantil no Brasil vitima 3,7 milhões de crianças até 14 anos. Desse total, 80% trabalham em atividades agrícolas, muitas delas insalubres. A luta pela subsistência precoce é uma das principais causas de 1,3 milhão de crianças, entre 7 e 14 anos, estarem excluídos das salas de aula e que 6,6% dos adolescentes, entre 15 e 17 anos, totalizando 653 mil meninos e jovens, sejam analfabetos.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorDe olho
Próximo artigoInterditado

Artigos Relacionados

‘EUA do Mar’ seria considerado crime de lesa-pátria

Na terra de Biden, entregar navegação a estrangeiros é impensável.

Governo Bolsonaro não dá a mínima para a indústria

País perde empregos de qualidade e prejudica desenvolvimento.

Taxa sobre exportação de petróleo renderia R$ 38 bi

Imposto aumentaria participação do Estado nos resultados do pré-sal.

Últimas Notícias

Fundos de investimento poderão atuar como formadores de mercado na B3

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) autorizou os fundos de investimento a atuarem como formadores de mercado na B3, a bolsa do Brasil. A...

ABBC: Selic deve subir 1,50 ponto percentual

O Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom) se reúne na próxima terça-feira (7) para decidir sobre a nova Selic, a taxa básica...

Ibovespa fecha a semana em alta

(alta de 0,013%). O volume representou uma extensão do movimento positivo registrado na quinta-feira (2), quando o índice fechou com forte alta de 3,66%,...

China: Incentivos fiscais para investidores estrangeiros

A China anunciou que estendeu suas políticas fiscais preferenciais para investidores estrangeiros que investem no mercado de títulos da parte continental do país. A...

Brasileiro teria renda 6 vezes maior com indústria forte

Entre 1950–70, PIB do País foi multiplicado por 10.