Dono da caneta

Denunciado pela PGR, se constitui em um desafio às instituições que Michel Temer nomeie o novo procurador-geral da...

Denunciado pela PGR, se constitui em um desafio às instituições que Michel Temer nomeie o novo procurador-geral da República, que poderá ter que apresentar novas denúncias contra o atual presidente. Raquel Dodge não tem nenhuma culpa nisso, mas a situação foge a qualquer padrão republicano. A nomeação do procurador – assim como a dos ministros do Supremo – pelo presidente da República representa a concessão de um poder pra lá de questionável. No caso do PT, que nomeou boa parte dos membros do STF, isto não representou benefício no julgamento do mensalão, nem tem significado alívio na Lava Jato.

Mas o Governo Temer tem um agravante: levado ao poder por uma manobra (ou golpe), Temer e associados se caracterizam pelas piores práticas na política. Nomeou para o Supremo um ministro de seu próprio governo. E agora optou pelo nome do segundo colocado na lista escolhida pelos procuradores (noves fora as críticas a este tipo de corporativismo), em um momento em que é acusado de corrupção. Raquel Dodge manterá sua independência. Mas isto é suficiente?

 

Crime

Comissão externa instaurada nesta quarta-feira pela Câmara dos Deputados vai fiscalizar a rede federal hospitalar do Rio de Janeiro. O pedido da criação partiu da deputada federal Jandira Feghali (PCdoB-RJ), médica de carreira do Hospital Geral de Bonsucesso, um dos mais prejudicados. O grupo inicia a primeira visita às unidades médicas nestes sábado e domingo.

Na última semana, a parlamentar entrou com uma representação no Ministério Público Federal contra o ministro da saúde, Ricardo Barros, por culpa direta nas mortes por falta de socorro ou negativa de atendimento em emergências fechadas. Segundo levantamento do gabinete da deputada, o Ministério da Saúde investiu menos de 30% do orçamento liberado para os hospitais no primeiro semestre de 2017 e deixou de repor os médicos que faltam para manter setores e emergências em pleno funcionamento.

 

Ralo

Em 2016, São Paulo perdeu em evasão fiscal R$ 3,13 bilhões. Os setores mais prejudicados são tabaco (45% dos cigarros vendidos no estado seriam contrabandeados), autopeças, eletroeletrônicos, itens de confecção, bebidas e combustíveis, comenta o deputado estadual Jorge Caruso (PMDB), que comandou o lançamento da Frente Parlamentar Estadual de Combate ao Contrabando.

Mas a Frente começou devagar: o primeiro ato foi a criação do Dia Estadual de Combate ao Contrabando (3 de agosto).

 

Amigo do Rio

A Associação dos Embaixadores de Turismo do RJ, presidida pelo empresário Claudio Castro, reúne seus associados em café da manhã neste domingo, no Hotel Sofitel Ipanema, para apresentar os novos projetos da entidade, entre eles o selo Amigo do Rio, que será concedido anualmente para empresas que primem pela excelência na gestão e na prestação de serviço.

O vice-presidente executivo da Associação, professor Bayard Boiteux, apresentará pesquisa com o turista português que visita o Rio, que vai auxiliar no programa Rio, Capital do Turismo e da Cultura, que fará parte da campanha promocional que será desenvolvida na Europa e no Oriente Médio, na retomada dos encontros com o corpo consular e correspondentes estrangeiros e na realização de uma oficina sobre Turismo de Luxo, no Hotel Copacabana Praia, em agosto.

Serão homenageados com o título de Embaixador do Rio (que este colunista orgulhosamente ostenta), a atriz Angela Vieira, os jornalistas Yuri Antigo e Cleo Guimaraes e Washington Fajardo.

 

Rápidas

O Conselho Federal de Contabilidade (CFC) está com inscrições abertas, só até esta sexta-feira (30), para o 17.º Exame de Qualificação Técnica de Auditores e para a 1.ª edição do Exame de Qualificação Técnica para Peritos Contábeis.Mais informações pelo e-mail [email protected] *** Neste domingo, será realizada a primeira edição do mês da Feira Caxias Shopping, que reúne produtores familiares rurais de Duque de Caxias (RJ) *** A FGV realiza no Rio, na próxima quarta-feira, a partir das 19h, a palestra O Futuro do Trabalho. Inscrição: fgv.br/mgm-rio-eventos

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Bolsonaro invade TV Brasil

Programação foi interrompida 208 vezes em 1 ano para transmissão ao vivo com o presidente.

FMI: 4 fatores ameaçam inflação

Fundo acredita que preços deem uma trégua no primeiro semestre de 2022, mas...

Pandora Papers: novos atores nos mesmos papéis

Investigação mostra que pouco – ou nada – mudou desde 2016.

Últimas Notícias

Rio Indústria apoia lei que desburocratiza e facilita novos negócios

Em audiência pública realizada nesta quinta-feira (14), na Câmara Municipal do Rio, sobre o Projeto de Lei Complementar nº 43/2021 que regulamenta a Declaração...

Ciência: entidades pedem liberação de recursos

Organizações questionam redirecionamento para outras áreas de R$ 515 milhões, que eram do CNPq.

Rating da EDP BR não muda com aquisição da Celg-T

Para a Fitch Ratings, a qualidade de crédito da EDP Energias do Brasil S.A. (EDP BR, Rating Nacional de Longo Prazo ‘AAA (bra)’, Perspectiva...

Tesouro: Queda do investimento líquido em ativos não financeiros

O Tesouro Nacional informou nesta sexta-feira que no 2º trimestre de 2021, a necessidade líquida de financiamento do Governo Geral alcançou 7,1% do PIB,...

Leilão de Excedentes da Cessão Onerosa terá sucesso?

Após a realização da 17ª Rodada de Licitações de Blocos para exploração e produção de petróleo e gás natural no último dia 7, considerado...