Economia da China atrai mais investimentos e talentos estrangeiros

A economia robusta da China atrairá maiores fluxos de investimento e talentos estrangeiros para a China, disse Dan Wang, a Economista-Chefe do Heng Seng Bank (China).

Foto aérea tirada em 3 de novembro de 2020 mostra a doca de contêineres do porto de Yangshan em Xangai, no leste da China. (Xinhua / Wang Xiang)

Xinhua - Silk Road

 

“Não há dúvida de que o crescimento do PIB excederá a meta oficial de mais de 6% para este ano. Esperamos que o crescimento do ano todo possa ultrapassar 8%”, disse Dan Wang, a Economista-Chefe do Heng Seng Bank (China).

LONDRES, 24 Nov (Xinhua) – A economia robusta da China atrairá maiores fluxos de investimento e talentos estrangeiros para a China, disse Dan Wang, a Economista-Chefe do Heng Seng Bank (China).

“O principal atrativo da China para o investimento estrangeiro é seu forte desempenho econômico”, escreveu Wang em um artigo de opiniões recentemente publicado no Financial Times, observando que o desempenho da China contrasta fortemente com o do restante da economia mundial.

“Não há dúvida de que o crescimento do PIB excederá a meta oficial de mais de 6% neste ano. Esperamos que o crescimento no ano todo possa ultrapassar 8%”, disse ela.

As estatísticas mostram que o investimento estrangeiro não saiu da China e que a política chinesa de abertura de seu mercado doméstico também não foi revertida, de acordo com Wang.

Um membro da equipe exibe um espelho inteligente na China International Digital Economy Expo 2021 em Shijiazhuang, província de Hebei, no norte da China, 7 de setembro de 2021. (Xinhua / Wang Xiao)

O investimento estrangeiro direto (IED) global diminuiu em 2020, mas o IED na China continuou a crescer. Em 2020, o IED na China representou mais de um quinto do total mundial, quase dobrando sua parcela em comparação com os dados de antes da pandemia, e essa tendência continuará para este ano, disse ela.

As preocupações com o crescimento futuro da China derivam principalmente de uma desaceleração no setor imobiliário. No entanto, os investimentos em manufatura compensarão parcialmente as repercussões, disse Wang.

O PIB da China cresceu 4,9% com relação ao ano anterior no terceiro trimestre, mais lento do que seu crescimento de 18,3% no primeiro trimestre e 7,9% no segundo trimestre. Nos primeiros três trimestres, o país registrou um aumento de 9,8% do PIB, bem acima de sua meta de crescimento anual de mais de 6%, mostram dados oficiais. Fim

Leia também:

Empresa chinesa BYD desenvolve projeto sustentável&cultural no Brasil

Xinhua Silk Road
Agência de notícias oficial do governo da República Popular da China.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Votação aberta “Dê um Like para a minha marca chinesa favorita”

A votação para o evento “Dê um Like para a minhas marcas chinesas favoritas” (“Give a Like for My Favorite China’s Brands”, nome em inglês) iniciou oficialmente nesta quinta-feira, no Dia da Marca Chinesa 2022.

Experiência da China inspira desenvolvimento do e-commerce no Brasil

A China pode servir ao Brasil como inspiração para a melhoria da infraestrutura física e digital. Por outro lado, o Brasil pode auxiliar a China com experiências importantes na área de modernização do setor financeiro, agricultura e inovações de instrumentos de mercado no setor de serviços.

Natatório moderno argeliano construído pela MCC é finalizado

Construída pela China Metallurgical 22nd Group Corporation (MCC22 Group), a piscina externa e interna do Oran Multifunctional Sports Center foi aprovada por autoridades e especialistas argelianos em 18 de abril e 9 de maio, respectivamente.

Últimas Notícias

Mães: tentativas de fraudes caíram 4% de 2021 para 2022

Apesar da queda no volume, valor de fraudes evitadas foi 9,3% superior no período; já sexta-feira, 13 teve aumento de 120% no último ano.

Indústria deve qualificar 9,6 milhões de pessoas até 2025

Segundo a CNI, '79% da necessidade de formação nos próximos quatro anos serão em aperfeiçoamento.'

Gastos com delivery subiram 24% em 2021 ante 2020

Cada brasileiro gastou, em média, R$ 16,21 por refeição fora do lar.

Exportação de sucata ferrosa cresceu 43% em abril

Preços se acomodaram; após pressão forte no mercado em função da guerra e da China, tendência é de normalização no Brasil.

Correspondentes bancários são punidos por irregularidade em consignado

Sidney: 'assédio comercial leva ao superendividamento do consumidor; isso não interessa a ninguém, nem ao consumidor nem aos bancos'.