Economia dos EUA vai gerar superaquecimento e inflação?

Os planos de estímulo anunciados pelo governo norte-americano podem gerar inflação e aumentar impostos? Alguns economistas teme que sim. Desmond Lachman, pesquisador do American Enterprise Institute, disse à agência de notícias Xinhua que o plano do presidente Joe Biden “certamente gerará um superaquecimento da economia dos EUA e uma aceleração indesejada da inflação até o final do ano”.

“O risco real que Biden está assumindo é que suas políticas produzirão um boom muito forte este ano, que obrigará o Federal Reserve a suspender drasticamente a política monetária até o final do ano”, explicou.

Isso, por sua vez, elevaria o risco de uma explosão nos preços globais dos ativos e no atual mercado de crédito, o que poderia empurrar a economia dos EUA para outra recessão no próximo ano, continuou ele. O mesmo temor foi compartilhado pelo professor Nouriel Roubini, que ficou mundialmente famoso ao antever a crise financeira de 2007/2008.

Segundo Lachman, o projeto de Biden acontecerá em um momento em que o déficit orçamentário e o nível de endividamento público já estarão em níveis recordes.

Leia também:

Economia digital da China cresceu 3 vezes mais que o PIB

Artigos Relacionados

Produtos de consumo da China devem atrair marcas internacionais

A primeira Exposição Internacional de Produtos de Consumo da China, que começou nesta sexta-feira e termina no próximo dia 10, em Haikou, capital da...

China ampliou volume de exportações de serviços

A China registrou um déficit comercial de serviços de 66,69 bilhões de iuanes (US$ 10,3 bilhões) no primeiro trimestre deste ano, uma queda de...

De olho na Eletrobras, setor privado não investe

Ação da estatal vale quase metade do que valia há 11 anos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Estado do Rio registra 68,8 mil novos MEIs

Alimentação fora do lar foi o segmento com mais abertura de empresas, com 10,4 mil novos microempreendedores.

Volume de vendas do varejo restrito regrediu em março

'Recuo foi acima do esperado por nós (-3,4%) e pelo mercado (-5,1%)', diz Felipe Sichel.

Quase 80% não trabalham totalmente remoto na pandemia

Segundo levantamento sobre adaptação ao modelo de teletrabalho, 49,7% dos entrevistados estiveram na empresa semanalmente.

Tunísia pretende exportar 80 mil toneladas de frutas

País produz pêssegos, nectarinas, damasco, ameixa e estima aumento de 7% na safra de frutas em 2021; grandes importadores são Líbia, França e Itália.

Rio acaba com toque de recolher

Novas medidas têm validade até o dia 20 de maio; medidas podem ser revistas.