Economistas esperam EUA em recessão, mas não já

66
Preços em supermercado nos EUA
Preços em supermercado nos EUA (foto de Li Jianguo, Xinhua)

Mais de dois terços dos entrevistados pela Pesquisa de Políticas da Associação Nacional de Economia Empresarial (Nabe) preveem que a inflação permanecerá acima de 4% no final deste ano e que o Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) será capaz de reduzir a inflação para sua meta de 2% nos próximos dois anos sem induzir uma recessão.

A pesquisa bianual, realizada entre 2 e 10 de março, analisou as respostas de 217 membros da entidade. Em fevereiro, os aumentos de preços desaceleraram para um nível anual de 6 por cento, significativamente acima da meta de longo prazo do Fed, que é de 2%.

“Mais da metade dos painelistas da Pesquisa de Políticas da Nabe esperam uma recessão em algum momento de 2023”, disse a presidente da Associação, Julia Coronado. “No entanto, apenas 5% acreditam que os EUA estão atualmente em recessão, muito menos do que os 19% que sustentaram essa opinião na Pesquisa de Política de agosto”, acrescentou.

Leia também:

Espaço Publicitáriocnseg

Banco da Inglaterra sobe taxa de juros para 4,25%

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui