Efeito concreto

Cada vez mais frequentemente, bandidos fortemente armados bloqueiam ruas e avenidas de Novo León, capital de Monterrey (México), durante até três horas, sem reação da polícia. Foram 39 ações, chamadas lá de “narcobloqueios”, em um ano. No último domingo, a sede da Televisa foi atacada com uma granada. Os ataques e bloqueios, que se repetem por todo país, são a face mais visível do crescimento do tráfico no México, crescimento que muitos atribuem ao desastre econômico e social que foi a “anexação” do país aos Estados Unidos, via Nafta.

“Moderadamente favorável”
Análise feita por um conjunto de entidades internacionais, como embaixadas, câmaras de comércio e empresas multinacionais aponta avaliação positiva do Brasil. A pesquisa será divulgada nesta quinta-feira, em São Paulo, pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). O Monitor da Percepção Internacional avalia aspectos econômicos, sociais e político-institucionais.

Tranca
Cerca de 81% das lojas de material de construção do país vendem cadeados, mostra pesquisa Ibope/Anamanco, o que corresponde a um aumento de cinco pontos percentuais em relação à pesquisa anterior, ano passado. Em âmbito nacional, a marca de preferência do consumidor é a Pado, que também garante o primeiro lugar nos pontos de venda dos estados do Paraná (79%), Minas Gerais (78%), São Paulo (72%) e Santa Catarina (57%).

Concentração eterna
Ainda esta semana, o MST vai deflagrar campanha nas cidades do país para pedir apoio, mais uma vez, para a reforma agrária: “Queremos apresentar uma proposta de novo modelo para a agricultura brasileira, que, de fato, distribua a terra, ajude a gerar empregos, produzir alimentos de qualidade e a preços acessíveis aos brasileiros”, afirma o movimento.
Segundo o MST, o Brasil tem uma das maiores concentrações de terra do mundo: cerca de 43% das áreas agricultáveis do país estão nas mãos de 1% de latifundiários (cerca de 50 mil proprietários), enquanto 4 milhões de famílias não têm terra para trabalhar.

Causa quente
Cariocas pouco acostumados ao frio congelante que atinge o Rio de Janeiro nos últimos dias esperam obter o apoio do Greenpeace e ONGs equivalente à campanha “Volta aquecimento global”. Além da saudade do sol, os integrantes do movimento temem que alguns ongueiros fiquem sem bandeira, pelo menos até o próximo verão.

Xerife
É emblemático que, no mês em que a tragédia que se abateu sobre Hiroshima e Nagasaki completa 65 anos, o único país a ter arremessado bombas nucleares sobre outras nações continue a arvorar-se o direito moral de coordenar sanções econômicas contra aqueles que, segundo essa ótica de xerife do mundo, poderiam vir a tornarem-se “ameaças à humanidade”. Sobre o desarmamento das potências nucleares, previsto no Tratado de Não-Proliferação Nuclear (TNP) até, agora, só vagas promessas.

Coisas relevantes
O que os candidatos Dilma, Serra, Plínio e Marina acham da proposta defendida pelo PJA (Partido dos Juros Altos) de impedir o BNDES de fazer empréstimos a alguns setores produtivos com juros inferiores às salgadíssimas taxas praticadas pelo sistema financeiro tupiniquim?

Artigo anteriorGaroto antipropaganda
Próximo artigoPerversão
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Bolsonaro comanda pior resposta à pandemia da AL

Para formadores de opinião, Brasil foi pior até que a estigmatizada Venezuela.

Cem anos de Celso Furtado

A atualidade de um dos mais importantes intelectuais do planeta.

A Disneylândia espacial dos trilionários

Jornada nas estrelas escancara a desigualdade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

IPCA-15 apresentou alta de 0,72% em julho

Maiores contribuições vieram da categoria habitação (2,14%), que contribuiu com 0,32%, e de transporte (1,07%), que adicionou 0,22%.

Itaú Unibanco deixa administração da XP

Decisão foi tomada no último dia 23, após análise concorrencial e prudencial; cisão foi aprovada pelo Banco Central.

Abertura de mercado

Após fim de semana tenso, segunda é sempre de trégua, pela ausência de parlamentares em Brasília, quanto mais em período de recesso.

Covid: uma em cinco gestantes e puérperas mortas não tem acesso a UTI

Trabalhador que se recusa a tomar vacina contra a Covid-19 pode ser demitido por justa causa.

ENS abre inscrições de Curso para Habilitação de Corretores de Seguros

Inscrições começaram nesta segunda-feira.