Efeitos da greve

O presidente da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos, Luiz Carlos Delben Leite, enviou carta ao ministro da Previdência, Roberto Brant, e ao presidente do Instituto Nacional de Seguridade Social, Francisco Fernando Santana, solicitando a prorrogação automática e irrestrita dos prazos de validade da Certidão Negativa de Débitos (CND) emitidas após o início da greve dos funcionários do INSS. A Certidão Negativa, expedida pelo INSS, é exigida a todos os tomadores de financiamento do Sistema BNDES. Em razão da greve dos funcionários daquela instituição, está crescendo o número de processos de financiamento para aquisição de máquinas e equipamentos que não são concluídos por falta do documento ou vencimento do prazo de validade.
“No momento em que há uma preocupante redução da atividade econômica, com reflexos perversos de ordem social, não é aceitável que as iniciativas de investimentos que gerarão empregos e aumentarão a oferta de bens e serviços estejam sendo inviabilizadas porque as CNDs não podem ser obtidas ou revalidadas”, afirma Delben Leite.

Até ele
“A Argentina não tem outra saída da crise que enfrenta além da desvalorização da sua moeda”, afirmou o ex-ministro da Fazenda Maílson da Nóbrega, acrescentando que essa opção única implicará numa queda de 15% a 20% do Produto Interno Bruto daquele país. Na sua avaliação, é fundamental que a Argentina adote uma solução o mais rápido possível, fato que possibilitará ao Brasil antecipar o fim do que considera – numa linguagem típica de economista neoliberal – a segunda interrupção do processo de desenvolvimento do país. A primeira, explicou, foi a crise de energia, que considera quase ultrapassada.
Bin Lula
Um quadro pior do que se Bin Laden em pessoa resolvesse aportar no Brasil. É o que pinta o mercado financeiro internacional ante a possibilidade de o PT ganhar as eleições presidenciais no ano que vem. O porta-voz do temor foi o ex-ministro Maílson da Nóbrega, que participou do XII Congresso Brasileiro dos Corretores de Seguros, em Porto Alegre. Ao ser lembrado que estava em estado e cidade administrados há anos – e bem – pelo Partido dos Trabalhadores, o ex-ministro saiu pela tangente: “Não se pode comparar um estado com um país”. Em seus tempos de ministério, Maílson ficou marcado por ser um autêntico “campeão da inflação” – 84% em março de 90, recorde no Brasil.

Escândalos
O presidente FH disse considerar “um escândalo” o Banco Mundial (Bird) não ter um orçamento muito maior do que o BNDES para emprestar aos países em desenvolvimento. E o BNDES emprestar quase um Bird inteiro para bancos e grandes multinacionais abocanharem empresas brasileiras é o que? Boa ação?

Pré-Vargas
A reação dos ministros Pedro Malan e Pratini de Moraes às declarações de Lula sobre o direito de a França proteger sua agricultura é reveladora do papel que ambos defendem para o Brasil no mundo atual: a de mero exportador de produtos primários e que, em troca de alguns divisas, topa abrir, ainda mais, seu mercado para produtos de maior valor agregado. Mais ou menos a mesma situação da República Velha.

Corações & mentes
Os ataques dos Estados Unidos ao Afeganistão criaram um novo teatro de guerra inesperado para os norte-americanos, o da propaganda. A presença da emissora al-Jazeera, do Qatar, ao quebrar o monopólio da CNN e proporcionar um contraponto ao discurso único da Casa Branca, criou um front não programado pelos ideólogos de Washington. Ao mesmo tempo, porém, tornou menos maniqueísta e mais plural a construção do discurso sobre a guerra. Não por acaso, Bush e os seus apelaram para a censura interna.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCade financeiro
Próximo artigoO preço da mentira

Artigos Relacionados

Bolsonaro invade TV Brasil

Programação foi interrompida 208 vezes em 1 ano para transmissão ao vivo com o presidente.

FMI: 4 fatores ameaçam inflação

Fundo acredita que preços deem uma trégua no primeiro semestre de 2022, mas...

Pandora Papers: novos atores nos mesmos papéis

Investigação mostra que pouco – ou nada – mudou desde 2016.

Últimas Notícias

Rio Indústria apoia lei que desburocratiza e facilita novos negócios

Em audiência pública realizada nesta quinta-feira (14), na Câmara Municipal do Rio, sobre o Projeto de Lei Complementar nº 43/2021 que regulamenta a Declaração...

Ciência: entidades pedem liberação de recursos

Organizações questionam redirecionamento para outras áreas de R$ 515 milhões, que eram do CNPq.

Rating da EDP BR não muda com aquisição da Celg-T

Para a Fitch Ratings, a qualidade de crédito da EDP Energias do Brasil S.A. (EDP BR, Rating Nacional de Longo Prazo ‘AAA (bra)’, Perspectiva...

Tesouro: Queda do investimento líquido em ativos não financeiros

O Tesouro Nacional informou nesta sexta-feira que no 2º trimestre de 2021, a necessidade líquida de financiamento do Governo Geral alcançou 7,1% do PIB,...

Leilão de Excedentes da Cessão Onerosa terá sucesso?

Após a realização da 17ª Rodada de Licitações de Blocos para exploração e produção de petróleo e gás natural no último dia 7, considerado...