Efeitos de transbordamento da CIIE continuam a se expandir

Os efeitos de transbordamento da quarta Exposição de Importação Internacional da China (CIIE) realizada recentemente continuam a se expandir, informou Shanghai Securities News nesta segunda-feira.

Visitantes tiram fotos do pôster da quarta Exposição de Importação Internacional da China (CIIE), em Shanghai, leste da China, 10 Nov, 2021. (Xinhua/Lu Peng)

Xinhua - Silk Road
Xinhua – Silk Road

Beijing, 16 Nov (Xinhua) — Os efeitos de transbordamento da quarta Exposição de Importação Internacional da China (CIIE) realizada recentemente continuam a se expandir, informou Shanghai Securities News nesta segunda-feira.

O Greenland Global Commodity Trading Hub, que está localizado no outro lado da rua do Centro Nacional de Exibições e Convenções de Shanghai, o sítio principal da quarta CIIE, está ainda lotado esses dias, visto que muitos expositores da CIIE vêm para comprar mercadorias aqui.

Dados mostram que 164 dos 180 comerciantes no Hub receberam pedidos de intenção de compra de mais de 20 províncias e municípios da China desde a abertura da quarta CIIE, com o valor total somando 530 milhões yuans, um crescimento de 12,8% anualmente.

Com a ampliação dos efeitos de transbordamento da CIIE graças a exposição perene de “6 dias mais 365 dias” e a plataforma de negócios do Shanghai, o Centro de Exposição e Comércio de Produtos Importados Hongqiao também tem estado ocupado esses dias.

Durante a quarta CIIE, o Edifício A do projeto fase II do Centro foi oficialmente colocado em operação. Com esta operação, uma série de projetos importantes foram assinados, com um grande número de primeiros lançamentos e muitas lojas e exposições sendo criadas, injetando uma vitalidade inovadora para a expansão dos efeitos de transbordamento da CIIE.

Como o local perene da CIIE e a principal área de sustentação dos efeitos de transbordamento da CIIE, o Distrito Comercial Hongqiao se atualizou para Distrito Comercial Central Internacional Hongqiao de Shanghai, observou Bao Bingzhang, chefe e vice-diretor executivo do comitê de administração do Distrito.

O Distrito Comercial Central Internacional Hongqiao de Shanghai ostenta políticas comerciais mais abertas, ambiente de negócio mais livre, funções de apoio mais convenientes e várias outras vantagens, trazendo novas oportunidades na construção de um centro de coleção e distribuição de produtos importados conectando o Delta do Rio Yangtze, atendendo o país como todo, irradiando também a região Ásia-Pacífico, uma área de demonstração centralizada dos resultados da CIIE e zona de demonstração de inovação de promoção comercial de importação nacional, acrescentou Bao.

Foi proposto em um plano lançado no abril deste ano para intensificar a função de Shanghai como um centro comercial internacional durante o período do décimo quarto Plano Quinquenal, em que Shanghai irá aumentar sua influência global e competitividade da CIIE e se tornar firmemente em uma cidade expositora internacional.

Uma das principais medidas listadas no plano é continuar a ampliar os efeitos de transbordamento da CIIE e aprimorar o comércio, a indústria, o consumo e a abertura.

Medidas relacionadas estão sendo implementadas em uma velocidade mais rápida. A partir deste ano, o Distrito Qingpu de Shanghai vem construindo ativamente o Parque Industrial de Exposições Internacional de Hongqiao, que atraiu empresas líderes como Informa e Digital Expo a se estabelecerem. Fim

Xinhua Silk Road
Agência de notícias oficial do governo da República Popular da China.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

China toma medida para lidar com a inadimplência da Evergrande

Um passo crucial foi dado para abordar a recente inadimplência da incorporadora imobiliária China Evergrande Group, depois que o governo provincial de Guangdong realizou uma conversa regulatória com seu presidente e concordou em enviar um grupo de trabalho à empresa.

Indústria florestal floresce em Baise de Guangxi excedendo 15 bi yuans

A cidade de Baise, localizada na Região Autônoma Zhuang de Guangxi no sul da China, testemunhou a prosperidade da indústria florestal da cidade desde quando foi aprovada pelo Conselho do Estado para estabelecer uma zona piloto de desenvolvimento crítico e abertura em 2020, resultando em uma produção anual de mais de 15 bilhões de yuans no setor.

Cooperação China-Cingapura cria palcos para talentosos na China

Graças ao aprofundamento da cooperação entre China e Cingapura ao longo dos anos, a metrópole de Chongqing no sudoeste da China atraiu cada vez mais talentosos interdisciplinares a trabalharem juntos por um futuro melhor para os dois países.

Últimas Notícias

Lendas das small caps – market timing, recuperação e liquidez

O Monitor Mercantil publica a segunda parte do trabalho, iniciado no dia 18 de novembro, feito pela Trígono Capital sobre as sete lendas das...

Pesquisa mostra saúde financeira dos brasileiros

O brasileiro está “mais apertado” por conta da pandemia de Covid-19, com 6 em cada 10 pessoas reduzindo gastos neste período. E mais: 66%...

Recorde de retiradas líquidas da poupança: R$ 12,37 bi

O Banco Central (BC) informou, nesta segunda-feira, que as retiradas da caderneta de poupança superaram os depósitos em R$ 12,377 bilhões, em novembro. Essa...

Petrobras poderá se tornar uma empresa suja

A Petrobras anunciou no último dia 24 de novembro seu plano estratégico 2022-2026, com investimentos previstos de US$ 68 bilhões nos próximos 5 anos....

Empresas abertas na pandemia são 452% mais vulneráveis a fraudes

Com a chegada da pandemia e o aumento do desemprego, muitos brasileiros viram no empreendedorismo a oportunidade de conseguir uma renda mensal. A criação...