Eles acreditam no Saci Pererê

Diz o noticiário que a Moody”s decidiu rebaixar a classificação de risco da Caixa Econômica Federal e do BNDES. O que ninguém diz, no entanto, é quem melhorou o rating para a Moody”s continuar a dar palpites sobre a capacidade de pagamento de bancos e empresas.

Exemplo de Dumont
Segunda-feira não é só Dia do Comércio e do Securitário; é também o Dia Nacional da Inovação – ou será, em breve, após aprovação no Senado (já foi aprovado na Câmara). A proposta dessa data comemorativa foi uma iniciativa da Protec e a escolha do dia foi uma homenagem a Alberto Santos Dumont, que em 19 de outubro de 1901 ganhou o prêmio Deutsch ao contornar a Torre Eiffel a bordo do seu balão n° 6.
A Protec – que inicia na segunda, em São Paulo, o VIII Encontro Nacional de Inovação Tecnológica – lamenta que o exemplo de Santos Dumont não seja seguido hoje pelo Brasil. A falta de inovação é um dos fatores que fazem com que o PIB brasileiro cresça sempre abaixo da maioria dos países emergentes. “Despontamos como um dos países que melhor reagiram à crise, mas continuamos como meros exportadores de commodities”, afirma o diretor geral da Protec, Roberto Nicolsky.
No VIII Encontro, duas empresas serão premiadas com a quinta edição do prêmio Inovar para Crescer: a Cristalia e a Combustol & Metalpó.

Privatizar é…
Mais do que uma luta pelo poder, a tentativa tortuosa do governo de retomar algum tipo de controle sobre uma empresa estratégica como a Vale expõe as vísceras da privatização à la tucanato. Aquela na qual o patrimônio público é vendido na bacia das almas, com financiamento público a juros camaradas, e na qual, apesar de a presença do Estado ser fundamental para viabilizar o bom negócio para os eleitos, aquele tem seu poder reduzido ao papel de pagador de contas.

Suplicy pisou na bola
Com todo respeito e simpatia que desperta, desta vez, o senador Eduardo Suplicy (PT-SP) extrapolou no factóide. E, mais grave: quando alguém com a trajetória de Suplicy concorda em adotar o espetáculo midiático de quinta categoria como substituto da política, ajuda a espalhar o ceticismo e a fazer o padrão civilizatório descer mais alguns degraus rumo à degradação social.

Urticária
Do secretário geral do PMDB do Paraná, João Arruda, ironizando crítica de correntes do PT à relação entre os partidos do presidente Lula e do governador Roberto Requião naquele estado: “O PMDB comanda o Paraná de uma forma absolutamente transparente com programas, projetos e políticas públicas voltados preferencialmente aos pobres e na defesa do Estado como indutor do desenvolvimento e da proteção do patrimônio público. A defesa das empresas públicas chegou a causar urticária até em dirigentes petistas que sentenciaram o perigo do “risco Requião” ao país.”

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorTarifas 10 x 0 Educação
Próximo artigoMata

Artigos Relacionados

Qual a parcela de culpa da Ericsson no terrorismo?

Multi sueca é processada por pagar propina no Iraque que teria chegado ao Estado Islâmico.

BC eleva juros, mas inflação segue disseminada

Remédio errado a partir de diagnóstico equivocado.

Ainda é a economia

Redução dos preços coloca algum combustível na campanha de Bolsonaro.

Últimas Notícias

Seis milhões de empresas inadimplentes e o custo da dívida sobe 391%

Alta da Selic coloca empresas que possuem financiamentos e empréstimos em situação crítica.

Burocracia bancária faz sete em cada 10 brasileiros perderem dinheiro

Já Pix alcança o segundo lugar no ranking de meios de pagamento aceitos pelo comércio eletrônico.

‘Americano’?

Por Eduardo Marinho.

Jô Soares, eterno em nossos corações e mentes

Por Paulo Alonso.

Microcrédito para taxistas será votado na terça

Projeto de André Ceciliano abre linha de até R$ 80 mil para renovar frota.